Arquivo de Setembro, 2008



24
Set
08

Eu não voto nesta gente

Socrates, Portas e Ferreira Leite

A importancia do Voto

Tenho recebido algumas “críticas” por perder tempo com o supérfluo, como é o caso da Manuela Ferreira Leite, quando o importante é atacar o Engenheiro e os seus socretinos. Compreendo que haja quem esteja muito zangado com o “menino doiro” e o queira ver perder as eleições, que o queira ver morder a poeira do chão nas próximas eleições, compreendo porque também eu o quero. Mas, isso é só um prazer de vingança pessoal, porque o que eu realmente quero é que seja o sistema onde se instalou que caia. Não quero deixar de ver a cara dele para ver a da Manuela ou a do Portas ou de outro do mesmo género. O que eu quero é ver perder o Balsemão e os seus Bilderbergs. Quero ver derrotada esta comunicação social que nos engana todos os dias, quero ver uma escola pública onde se ensine, um sistema de saúde que sirva as populações, um país que não seja o Inatel da Europa. Quero ver o Sr. Silva aflito a balbuciar disparates sem saber o que fazer, o João Jardim a dizer que vai invadir o “Contenente”. É por isso que, ao criticar toda esta corja que por aí anda, quero criticar o sistema que os segura e que defendem. Quero fazer tremer a Europa dos Sarkozis e dos Berlusconis, quero deixar de ser governado pelas suas leis e directrizes, quero voltar a ter esperança no meu país. Quero ver o nosso “Zé Povinho” voltar a fazer-lhes um manguito.
Por tudo isto irei votar quando chegar a hora e fiz esta imagem, (que coloquei também na coluna da direita) para apelar ao voto contra esta gente. A abstenção não é solução porque lhes garante o poleiro, só mesmo o voto contra os pode derrotar.

23
Set
08

O Magalhães da Interl

O Magalhães

O Magalhães

«Foi anunciado como o primeiro computador português, mas não é bem assim. O Magalhães é originalmente o Classmate PC, produto concebido pela Intel no sector dos NetBooks, que surge em reacção ao OLPC XO-1, que foi idealizado por Nicholas Negroponte.
Será, no fundo, um computador montado em Portugal, mais propriamente pela empresa JP Sá Couto, em Matosinhos. Tirando o nome, o logótipo e a capa exterior, tudo o resto é idêntico ao produto que a Intel tem estado a vender em várias partes do mundo desde 2006. Aliás, esta é já a segunda versão do produto.
Na Indonésia o «Magalhães» é conhecido pelo nome de «Anoa», na Índia é o Mileap-X series, na Itália é o Jumpc e o no Brasil é conhecido por Mobo Kids. O Governo do Vietname percebeu o sucesso da oferta e já o colocou nas escolas a preço reduzido. Uma ideia agora adoptada por José Sócrates.»
in “Portugal Diário

Hoje é dia de romaria governativa para “vender” o Magalhães um pouco por escolas de todo o país. Vendo a lista desta gente, o número que vai ser vendido em Portugal, não posso deixar de pensar no Engenheiro como o melhor vendedor no país, (terá certamente uma medalha de mérito da Associação Portuguesa de Vendedores de computadores), e no estrangeiro por convencer o Chavez a comprá-los também e o Mário Lino, sempre presente nestas alturas de distribuição como funcionário do serviço de entregas. A Ministra anda lá para nos convencer que tudo vai muito bem e o Silva, quando aparece, é sempre na sua função de “emplastro”.
Sei que os computadores são uma ferramenta indispensável no futuro dos nossos jovens, que a sua introdução na aprendizagem feita cedo para ao mais jovens é uma medida positiva, mas será que isso resolve os maiores problemas? Penso que não e custa-me ver a Escola e o Ministério não se preocuparem o mínimo com a presença de placas com amianto, como acontece na escola do meu filho, um produto altamente cancerígena e penso, proibido na construção, afirmando que o mesmo só é perigoso quando deteriorado ou for mexido o que libertaria fibras, essas sim cancerígenas. Mas, também que espectáculo mediático e que propaganda daria num telejornal a substituição de alguns tecto de pequenos ginásio escolares.
Fernando Magalhães deu a volta ao mundo, mas este Engenheiro não me parece que dê a volta a nada nem que este “Menino d’oiro” vá descobrir nenhum novo “El dourado” para salvar este país. Não é com bazófia que se resolvem as dificuldades, mas com uma prática voltada para os cidadãos.

23
Set
08

A Estratégia da Aranha

Santana Lopes  e Helena Lopes da Costa

Santana Lopes e Helena Lopes da Costa

«Santana Lopes, Helena Lopes da Costa e Miguel Almeida foram constituídos Arguidos por suspeita de corrupção e falsificação de assinatura, na atribuição de casas municipais em Lisboa Imunidade foi levantada aos deputados Helena Lopes da Costa e Miguel Almeida devendo o mesmo suceder a Santana Lopes na próxima semana.
Os deputados sociais-democratas Helena Lopes da Costa e Miguel Almeida, consideraram que, tanto a existência deste caso como a sua divulgação pública, “só pode ter a ver com o receio” de que Santana Lopes venha a ser de novo candidato à Câmara Municipal de Lisboa.»

Há já algum tempo publiquei aqui vários posts dedicados à “Estratégia da Aranha” e aquilo que se passava na CML. Todos sabemos o que aconteceu, os processos que foram abertos e as acusações feitas. A situação politica e económica chegou a um tal estado que obrigou a eleições para a Câmara e muito contribuiu para o descrédito do PSD e a queda do Marques Mendes.
Estranhei quando surgiram as notícias da possível escolha de Santana Lopes para se recandidatar a Lisboa depois do descalabro que a sua passagem pela autarquia representou. Mais estranhei ainda por a Manuela Ferreira Leite nos querer vender uma imagem de competência, rectidão e sobriedade (um Cavaco de saias). Esta escolha era o reconhecimento de que aceitava tudo e todos para acalmar as discordâncias internas do partido, que não olhava a meios para tentar ganhar a qualquer custo. Um exemplo que até nos pode fazer imaginar que poderia vir a considerar apoiar os Valentins e os Isaltinos das nossas autarquias. O desespero muitas vezes faz destas coisas.
Mas, o caricato desta situação atingiu o ridículo quando os dois deputados constituídos arguidos vêm acusar a justiça de actuar em benefício de alguns e por razões politicas, por recearem a candidatura do Santana Lopes. Se assim fosse este caso seria bem mais grave e pressupunha a corrupção na justiça e a sua total obediência ao poder vigente. Este sim seria um caso gravíssimo. Claro, que neste caso tudo indica que não é mais que uma desculpa esfarrapada de quem foi co-responsável por um dos mais negros períodos da Câmara Municipal de Lisboa.

22
Set
08

O mundo de pernas para o ar

O Mundo ao contrário

O Mundo ao contrário

Quando vejo o capitalismo a nacionalizar empresas, ou melhor o seu prejuízo e o Engenheiro a referir-se aos partidos à sua esquerda como conservadores, como se qualquer mudança, mesmo que mal feita e prejudicial para quem vive e trabalha neste país seja progressista só por ser mudança, só posso concluir que este nosso mundo está de pernas para o ar. Desculpem lá se não me ponho aqui a fazer o pino só para tentar fazer desse vosso mundo algo com sentido. Sempre gostei de andar direito e nunca fui muito bom a dar cambalhotas.

21
Set
08

As mascaras do cavaco

As Mascaras do Sr. Silva

As Mascaras do Sr. Silva

«Cavaco Silva, questionado sobre a disparidade entre a evolução do custo do petróleo nos mercados internacionais e os preços praticados do gasóleo e da gasolina no país, Cavaco Silva disse que a situação é complexa, exigindo reflexão. “A questão é complexa, principalmente porque se insere numa crise financeira internacional muito forte e também de grande complexidade, pelo que não se pode responder de forma apressada” “Mas, estou aqui para (desta vez foi um exercício militar mas podia ser outra coisa qualquer) pelo que não devo fazer declarações sobre a questão dos combustíveis ou da crise internacional”.»

Para o Sr. Silva quando não sabe o que dizer, quando sabe que não sabe o que dizer, basta-lhe falar de complexidade e sobretudo afirmar que ali não é o local para falar disso. Normalmente consegue ter um passeio pelo estrangeiro marcado para os momentos de crise e já todos sabemos que não fala de politica interna no estrangeiro. Este Sr. Silva não serve para nada e já todos vimos que coloca sempre a mascara que lhe dá mais jeito para nada ter de dizer ou fazer. Afinal, estando o país no estado em que está, carregado de problemas por todos os lados e a caminho de um abismo, o que realmente o parece preocupar, o que o faz dirigir-se ao país, é defender os seus pequenos poderes e a garantir a sua reeleição para mais um mandato. Portugal e os portugueses que se lixem.

21
Set
08

Que a força da mudança esteja connosco

Dark Socrates

Dark Socrates

O Engenheiro fez em Guimarães uma sessão de propaganda com gente vinda de todo o lado para encher uma sala festivamente engalanada, tecnologicamente equipada e onde nenhum detalhe publicitário foi descurado. O anúncio era “A força da mudança” a imagem a vender para as Eleições de 2009. Reconheça-se que foi bem escolhida, satisfaz os que aplaudem a acção deste governo pela ditas reformas estruturais e engana os que criticam com a ideia de mudança, coisa que necessitamos como de pão para a boca.
Claro que não há mudança é sempre para pior e a força é sempre a bruta e não a da razão e muito menos do coração. Correr com esta gente é necessário e imperioso, tão imperioso como não deixar que uma Manuela Ferreira Leite se sente no lugar do Engenheiro, que uma cara de pau laranja substitua um menino d’oiro pink.

21
Set
08

O Cambalhotas

Lei Laboral

Lei Laboral

Triplo Flick-flack para trás com mortal e meio encarpado com pirueta. Não foi este o salto com que foi “ilustrado” a reviravolta que este PS fez ao apresentar este código de trabalho e as acusações que fez, na altura, ao código do Bagão Félix, mas serve muito bem. Conseguiu ultrapassá-lo pela direita no liberalismo, desprotecção e roubo de direitos aos trabalhadores, apresentando uma proposta que a direita mais direitista deste país nunca tinha tido a coragem de apresentar. Por algum motivo os tenebrosos Bilderberg colocaram o Engenheiro no poder, um dito socialista, pois sabem que se estas propostas fossem apresentadas por um partido que se diga de direita, provocaria uma muito maior contestação social (está dito preto no branco nos documentos de estratégia da organização). Depois de ouvir as justificações do Vieira da Silva, fiquei convencido que a mentira é contagiosa, pois o Engenheiro parece estar a contaminar todos os seus ministros.

20
Set
08

O primeiro comando de Portugal

Primeiro Camando de Portugal

Primeiro Camando de Portugal

«Primeiro Comando de Portugal (PCP). O clone do Primeiro Comando da Capital, fundado nos anos noventa por um grupo de prisioneiros de São Paulo, instalou-se na margem sul de Lisboa. É composto por jovens provenientes das favelas brasileiras, para quem a violência é um modo de vida. Estes jovens têm cadastro e estão indocumentados. Moram com compatriotas nos bairros periféricos de Setúbal e são suspeitos de vários actos de violência.»

E eu a pensar que já cá tínhamos o primeiro comando há muito tempo, tantos têm sido os assaltos violentos que temos sido vítimas nos salários, nas reformas, nos impostos, na saúde e nos nossos direitos.

20
Set
08

O Divórcio

Divorciados

Divorciados

“A Assembleia da República debateu novamente e aprovou, com alterações pontuais, o novo regime jurídico do divórcio, depois de o diploma ter merecido o veto político do Presidente da República, Cavaco Silva.

Como não sou grande apologista do casamento, afinal o amor não é consequência do acto de assinar um papel mas simplesmente do acto de amar, acabo por passar um pouco ao lado desta controvérsia do divórcio. Ouvi que o veto do Sr. Silva passava por considerar que em certas circunstâncias o lado mais fraco da relação podia ficar desprotegido no acto do divórcio. Como disse não ouvi com muita atenção os argumentos de ambas as partes, mas não posso deixar de estranhar este veto politico do Silva, esta preocupação com os mais fracos, quando tem promulgado tantas leis certamente bem mais gravosas e injustas que esta. Basta pensar na nova lei laboral ou no Tratado de Lisboa. Será que o Sr. Silva só estará interessado em encontrar motivos para se poder divorciar do Engenheiro agora que a sua Manelinha anda a rondar por aí?

19
Set
08

Assalto à Bomba

Os ladrões da Galp

Os ladrões da Galp

«Sobre a correlação entre a variação dos preços do petróleo e a formação dos preços dos combustíveis, o presidente executivo da Galp Ferreira de Oliveira disse que “não é directa, nem óbvia, embora haja uma ligação entre ambas“. “Poder haver circunstâncias em que o crude sobe e os produtos [gasolina e gasóleo] descem e vice-versa e isso acontece muitas vezes“. “Essa variação não é definida pela empresa mas sim pelas forças competitivas do mercado“.Explicou ainda que existem várias variáveis na formação dos preços dos combustíveis, sendo uma delas o câmbio euro/dólar. “Neste momento, a subida do dólar está a neutralizar a descida do crude“, justificou. “O facto de o preço do petróleo baixar, cria condições para baixar os preços, mas não é uma consequência directa“, concluiu.»

Ainda hoje me senti assaltado quando me dirigi à Estação de Serviço para abastecer o carro. Todas as justificações dadas pelo Sr. Galp não fazem qualquer sentido, bastando comparar o discurso de hoje, em que a valorização do Dolar faz com que a queda de 30% no preço do barril de petróleo não tenha qualquer efeito, com o da altura em que todos os dias os combustiuveis subiam a cvada dolar de auemneto do barril, mesmo estando a moeda americana a perder valor todos os dias. Afinal em que ficamos? Afinal o que faz subir os combustiveis e o que os faz descer?
O Regulador, que devia fiscalizar a forma como são fixados os preços nada faz. Mais parece um boneco que ali está sem fazer nada que não seja receber o salário ao fim do mês enquanto espera que os protestos façam com que os politicos lhe venham pedir explicações. Só nessa altura diz que vai fazer aquilo que deveria fazer através de uam monotorização constante e lá esperamos uma semana que ele venha dizer aquilo que todos sabemos que virá dizer; que está tudo bem. Até o estado parece gostar disto pois recebe mais no IVA, tanto na venda dos combustiveis como na venda de todos os produtos que aumentaram com o seu aumento. Uma carrocel em que só nós, os consumidores perdemos.
Acabo como comecei. Hoje fui abastecer o carro e senti-me assaltado mesmo não andando lá nenhum encapuçado.

19
Set
08

Os cavaleiros do Apocalipse

Os cavaleiros laranja

Os cavaleiros laranja

Mais uma bela imagem, com os habituais agradecimentos ao amigo J.Lima, que aproveitei para fazer mais este filme. Este “Os 7 Cavaleiros do apocalipse” que tentam impingir-nos a bafienta Manuela Ferreira Leite. Cuidado, que se estamos mal com o Engenheiro nem quero imaginar como ficariamos com esta “Manada” a destruir o que ainda resta deste Jardim.




Indignados Lisboa
Setembro 2008
S T Q Q S S D
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Blog Stats

  • 716.658 hits


%d bloggers like this: