Arquivo de 9 de Outubro, 2008

09
Out
08

O descanso do Ministro

Manuel Pinho

Manuel Pinho

«O presidente da Autoridade da Concorrência afirmou que o estudo aprofundado ao mercado de combustíveis só ficará concluído em Março do próximo ano. A AdC optou por fazer um estudo que englobasse os anos de 2007 e 2008 e há dados que só estão disponíveis no próximo ano. Manuel Sebastião explicou que só dentro de cinco meses o estudo poderá ser concluído devido ‘à vastidão de dados que para serem bem trabalhados precisam de tempo‘. Este relatório será feito utilizando os dados fornecidos pelas petrolíferas.»

Todos temos visto o preço do petróleo continuar a descer mas isso parece não fazer baixar os combustíveis em Portugal. Estranhamente, nesta queda do petróleo que de 150 dólares passou para menos de 90, bastou um intervalo de dois ou três dias em que subiu 4 Dólares para logo vermos a Galp subir os preços. A queda de mais de 60 dólares pouco se reflectiu na baixa do petróleo. (E no gás subiu, subiu mas desce, zero). Vem agora autoridade da Concorrência dizer que só nos vai apresentar o relatório só em Março de 2008, que tem de esperar pela entrega dos dados pelas petrolíferas, ou seja vamos estar mais meio ano à mercê de quem acreditamos terem estado a assaltar-nos nas bombas de gasolina. Meio ano de espera para depois recebermos um relatório feito com dados fornecidos pelas próprias petrolíferas e que quase posso aqui apostar que vai dizer que não foram encontradas nenhuma ilegalidade e que tudo isto é natural. Até pode ser, mas para quem sabe somar dois mais dois custa a entender como a subida do petróleo faz subir a gasolina muito e imediatamente, mas a sua queda quase não se note no preço a pagar. Bem pode descansar o Manuel Pinho que até Março já tem desculpa quando o chatearem com os preços da gasolina.

09
Out
08

Põe-te lá a jeito

Põ-te mais a jeito

Põe-te mais a jeito

O mais importante nesta altura é ninguém confiar em rumores nem boatos. Confiem naquilo que eu e outros responsáveis disserem publicamente. Isto é muito importante em momentos de incerteza”.
Vítor Constâncio, Governador do Banco de Portugal

Está-se mesmo a ver que é no Constâncio que vou confiar. Uma tal personagem que representa muito daquilo que eu mais desprezo na politica, a soberba, a cegueira com a realidade de vida dos outros, a sua indiferença a tudo o que de mau lhes aconteça enquanto se paga a si próprio ordenados e benesses de um autentico nababo, quer que eu só acredite naquilo que ele e outros responsáveis pela crise nos diga. O Deus das finanças, a palavra séria e competente. Pois é mesmo em gente como ele que mais desconfio, que sei terem a cara de pau suficiente para nos dizerem amanhã exactamente o contrário do que dizem hoje e ainda nos atirarem com a culpa, mas sobretudo com o custo, para nos fazerem pagar a nós pelos seus erros enquanto eles nada sofrem. Quem fala de tempos de incerteza não nos pode vir querer vender certezas.




Indignados Lisboa

Blog Stats

  • 714.358 hits


%d bloggers like this: