15
Dez
08

Ditadores do Betão

Betão e alcatrão

Betão e alcatrão

Uma vez mais a corja que nos governa aposta no betão como forma de ultrapassar a crise em que vivemos. Um problema que existe há décadas e que o betão nunca resolveu. A solução mais fácil e que pretende estabilizar estatísticas mas nada de efectivo resolve. Ganham as empresas que mais contribuem para o orçamento das campanhas eleitorais e perdemos todos nós que vemos a nossa divida ao estrangeiro aumentar.
Porque não se investe esse dinheiro em sectores públicos produtivos que evitem a necessidade de gastarmos tanto em importações? Porque não pode o estado fazer aquilo que os privados não fazem, investir na produção? Assim, continua tudo na mesma e só fogem para a frente até ao dia em que todo este sistema capitalista vai rebentar, condenando-nos há miséria. Não estará na hora de pensarmos em novas soluções?

Anúncios

1 Response to “Ditadores do Betão”


  1. Dezembro 15, 2008 às 23:57

    A pouca coisa produtiva que ainda por cá temos está entregue às multinacionais estrangeiras que não interessa a muito boa gente correr daqui para fora.
    Quanto ao rebentamento do sistema capitalista, é disso mesmo que estamos à espera, e julgo que a melhor via será mesmo a de atingirmos o estado de miséria total, pois então aí a revolta será completa. Parece que é a única via com probablidades de sucesso, pelo menos a ver pelas opções existentes no momento cá pelo burgo…

    Saudações do Marreta.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


Indignados Lisboa

Blog Stats

  • 712.614 hits

Anúncios

%d bloggers like this: