Arquivo de 4 de Janeiro, 2009

04
Jan
09

Pão – Uma iguaria só para alguns

Coitados

Coitados

«De acordo com o sector da panificação, o aumento do pão “nunca poderá ser inferior a 5 por cento“, valor bem acima da inflação. Carlos Alberto dos Santos, presidente da Associação de Comércio e Indústria da Panificação (ACIP), justificou à agência Lusa a subida com as despesas dos panificadores com os combustíveis e a energia.»

Eles dizem, dizem que a inflação vai ser só de 2,5%, que existe até o perigo de haver uma deflação, ou seja uma inflação negativa. Os preços vão ficar mais baratos. Não os impostos, mas os preços e tudo devido à crise. Se eu acreditasse neles e nos valores e na forma como medem a inflação, até dava vivas à crise. O que é que vai baixar? O caviar? Os carros de luxo ou os apartamentos do Belmiro em Tróia? É que naquilo que nos dói mais, naquilo que nem os reformados ou os mais pobres podem prescindir, a energia, a luz que nos ilumina e o calor que nos aquece vai subir 5%, o dobro da inflação prevista e também dos nossos aumentos, assim como no pão (da importância deste para os que menos têm nem vale a pena dizer nada).
Porque sobe o pão?
Lembro-me de no ano passado, quando no auge da crise especulativa, a gasolina chegou quase aos 150 dólares e os cereais bateram todos os recordes, a Industria de Panificação (ditos padeiros), vieram chorar baba e ranho que tinham de subir o preço do pão. Era incomportável. Resignados, pagámos e calámos o enorme aumento de então. Agora que os cereais baixaram 40% e os combustíveis ainda mais do que isso, em vez de proporem uma descida ainda o aumentam bem acima da inflação. Não há autoridade para verificar o que se passa? Ou será que como no caso da gasolineira ainda nos virão dizer que vão fazer um estudo para no fim usarem os dados fornecidos pela própria indústria para justificarem o aumento?

04
Jan
09

Vá à merda, Sr. Bush

bush-crime-palestina«O presidente americano, George W. Bush, pediu que a comunidade internacional pressione o grupo radical islâmico Hamas para que não lance mais foguetes contra o território de Israel, com o objectivo de alcançar um cessar-fogo duradouro, em seus primeiros comentários sobre os ataques aéreos na Faixa de Gaza.
Peço a todas as partes que pressionem o Hamas a se afastar do terrorismo e apoiar os líderes palestinos legítimos que estão trabalhando pela paz”. “A recente explosão de violência foi instigada pelo Hamas – um grupo terrorista palestino apoiado pelo Irão e pela Síria, que luta pela destruição de Israel“, continuou. Bush classificou os ataques do Hamas contra Israel como “um ato de terrorismo ao qual se opõe o líder legítimo do povo palestino, o presidente (Mahmud) Abbas“.»




Indignados Lisboa

Blog Stats

  • 716.829 hits


%d bloggers like this: