Arquivo de 20 de Janeiro, 2009

20
Jan
09

O Obama está aí

obama-me-13-jan
Hoje o Barac Obama assume o cargo de Imperador da Terra. Vai mudar-se para a Casa Branca a dizer-nos “Yes we can”. O que podemos nós não sei, mas sei que nunca vi uma campanha tão grande e tão cara, só para nos venderem uma personagem. Não só na América, mas em todo o mundo é visto como a grande esperança, o salvador, o D. Sebastião universal. Como eu gostava que toda essa esperança se tornasse realidade, mas infelizmente, a minha vida já me mostrou que quando a esmola é muito grande o pobre desconfia. Eu não confio neste homem, vejo nele um Sócrates global e, quem me dera estar enganado, mas tanto dinheiro que jorrou na sua campanha e parece continuar a jorrar para o promover, só me faz suspeitar que quem está a puxar os fios são os mesmos de sempre, os “Iluminatis”, os Senhores da “Nova Ordem”, que das sombras tudo controlam.
Se assim não fosse, a esta hora já teríamos mais um Presidente Norte-americano assassinado.

20
Jan
09

De volta ao Futuro 2009

socrates-back-to-20091
«O secretário-geral do PS pediu a maioria absoluta nas legislativas e defendeu um novo referendo à regionalização. Na moção que vai levar ao congresso, José Sócrates inscreveu ainda como objectivo a redução da carga fiscal da classe média e a possibilidade de casamento entre homossexuais.»

Quando é que foi que eu ouvi isto? Há, já me lembro, foi nas promessas da última campanha eleitoral do Sócrates. Nessa altura também ia baixar os impostos mas, por azar, quando chegou ao governo a crise era tão grande, que há quatro anos que não faz outra coisa que não seja aumenta-los. Sabendo-se que a crise agora é muito maior, como ele mesmo o diz é o Cabo das Tormentas que aí vem, não virá ele dizer-nos que afinal é necessário aumentá-los ainda mais?
Que mais prometeu agora o Sócrates. Um referendo ao casamento entre homossexuais que acabou de chumbar ainda há poucos meses, assim como o prolongamento do ensino obrigatório até ao 12 ano, prolongamento esse, cuja necessidade e utilidade recentemente descartou publicamente. Aliás, continua a defender a sua politica de educação, que considera um enorme sucesso. Quem tem filhos na escola pública, quem lá ensina ou trabalha conhece bem esse sucesso. O sucesso da destruição da escola publico de qualidade e a sua transformação numa linha de montagem de baixos salários. Teremos certamente um novo plano tecnológico e lá mais para o calor da campanha não me admira que venha prometer, não 150 mil empregos, mas para aí uns 300 mil. Lata não lhe falta para isso.




Indignados Lisboa

Blog Stats

  • 714.616 hits


%d bloggers like this: