Arquivo de 28 de Janeiro, 2009

28
Jan
09

Os presos de Guantanamo

guantanamo-inocentes

«Falta consenso para receber prisioneiros de Guantánamo
União Europeia trabalha para criar enquadramento europeu, político e jurídico, do problema
Reunidos em Bruxelas a pedido de Portugal, os ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia concordam na necessidade de traçar uma posição comum quanto aos presos de Guantánamo, mas nem todos querem recebê-los.
Vai levar “muito tempo” para a União Europeia (UE) definir uma “posição comum” sobre a recepção de detidos provenientes de Guantánamo e o apoio que pretende dar aos Estados Unidos na decisão de encerrar a o centro de detenção em Cuba. Em causa estão cerca de 60 prisioneiros de um grupo de 245 que ainda estão em Guantánamo e que os EUA já ilibaram, mas que não podem regressar aos países de origem, porque correm o risco de enfrentar represálias, incluindo a pena de morte. A Áustria disse abertamente que não quer participar no processo e que não pretende receber detidos de Guantánamo. Justifica que este é um problema de índole interna dos EUA, cabendo aos próprios a resolução.»

Obama disse que dentro de um ano pretende fechar Guantanamo. Esperemos que sim. Cá por este lado do Oceano discute-se se devemos ou não receber alguns dos presos a quem ninguém parece saber o que fazer. Como diz na notícia, são 60 presos, inocentados mas que continuam presos. São gente que foi ilegalmente raptada dos seus países, ilegalmente transportada para Guantanamo, torturada, humilhada, mal tratada, que se provou serem inocentes mas que continuam presos. Por lá Obama fala de um ano e por cá decidimos avançar com calma, sem pressa que há problemas processuais a resolver.
E essa gente que continua presa e a sofrer?
Não mereciam que houvesse alguma urgência em terminar com a injustiça e a ilegalidade. São gente que ficou sem nada, sem país para voltar, sem casa, sem família, sem nada. São vítimas de um louco chamado Bush e do compadrio e apoio de Blairs, Aznars, Barrosos e outros paspalhos do mesmo género assim como do silêncio cúmplice de muitos mais. Está na hora de restituir a liberdade aos que estão presos e julgar e prender os que cometeram tanta ilegalidade e continuam calmamente a dormir nas suas camas.


28
Jan
09

O Primo, rico Primo

socrates-o-primo
Sócrates avisa primo e afasta-se da família

Ilegítima e inadmissível.” É assim que Sócrates considera a atitude alegadamente cometida por Hugo Monteiro, filho de Júlio Monteiro, que terá enviado um e-mail para a administração do Freeport, pedindo contrapartidas pelo encontro promovido pelo seu pai e José Sócrates, na altura ministro do ambiente. ‘Se existe, como dizem que existe – eu não conheço – um e-mail de um filho do meu tio para o Freeport, reclamando uma qualquer vantagem para si e invocando o meu nome, considero isso um abuso de confiança. E considero que essa invocação é completamente ilegítima e inadmissível‘, afirmou o primeiro-ministro, ontem de manhã, num dos dias mais difíceis da sua já longa carreira política.

Ora deixa cá ver, se é o filho do meu tio, então ele é…..é…o teu primo. Pois é Sócrates é o teu Primo. Vê lá a lata do puto que também queria ficar com uma fatia dos quatro milhões que andam desaparecidos pelas off-shores. Ele há cada marmanjo por aí.
– “Ele estava aflito. A empresa de marketing e publicidade que geria – a Neurónio Criativo – não conseguia facturar. Ele deve ter visto no projecto Freeport uma oportunidade para fazer um contrato, para facturar. E achou que falando no nome do primo poderia facilitar”, afirmou o pai do filho do tio do Sócrates, sobre as afirmações do primo do seu sobrinho.
Desculpa-o lá Sócrates, o gajo estava aflito, queria facturar e primo é primo.




Indignados Lisboa

Blog Stats

  • 718.195 hits


%d bloggers like this: