07
Fev
09

A angustia de um Capitalista na hora da derrocada

basilio-horta-o-grito
É uma crise gravíssima, quase como um abalo de terra, que está a gerar uma angústia profunda, porque não sabemos o que havemos de fazer mais“, disse o presidente da Agência Portuguesa para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), Basílio Horta

Não entendi bem se a angustia do Basílio Horta é por todos aqueles que estão a cair na miséria do desemprego ou pelo estado de saúde da economia, mas entendi que ele, o homem do Investimento e Comercio Externo do sistema confessa a derrota perante a crise; não sabe o que se pode fazer para parar esta queda. Entendi que esta gente, as sumidades que falavam de alto da sua cátedra e que nos lançavam as pérolas da sua sabedoria, na sua adoração ao Deus da globalização só olhavam o capital sem ver que caminhavam para um precipício. Nós, os terra a terra, os que não entendemos nada de economia há muito que lhes chamávamos a atenção para o buraco. Agora caiem e confessam que isto só parará no fundo e que eles não sabem muito bem se ainda estará longe.
Este sistema faliu, toma aspirinas para as dores mas não para a cura. Continuam a tentar curar a doença com os mesmos remédios que a causaram. Não estará na hora de esquecer a lógica capitalista e procurar outras vias?


0 Respostas to “A angustia de um Capitalista na hora da derrocada”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


Indignados Lisboa
Fevereiro 2009
S T Q Q S S D
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728  

Blog Stats

  • 722.993 hits


%d bloggers like this: