17
Fev
09

Guantanamo existe e resiste

obama-guantanamo-whkitg

Os documentos do tribunal descrevem tratamentos horrorosos nas prisões secretas. Mohamed afirmou que, durante a sua detenção em Marrocos, “foi agredido repetidas vezes, tendo partido vários ossos, e ocasionalmente, perdendo a consciência. As suas roupas foram cortadas com um bisturi que também serviu para lhe fazerem incisões no corpo, incluindo no pénis. Depois, deitavam-lhe um líquido quente por cima das feridas que tinham sido cortadas no seu pénis. Mohamed era frequentemente ameaçado com violações, electrocussão e morte.”
+ [AQUI]

O Obama foi eleito com “Pompa e circunstância” como sendo o salvador, o homem que vinha dar a volta ao mundo e fazer-nos acreditar que podíamos. Não a mim, que já não acredito que quem realmente quer mudar o estado das coisas para melhor consiga chegar ao poder. O seu primeiro acto como Presidente foi começar a tratar de encerrar Guantanamo. Via demorar um ano, diz-se, mas entretanto que vai acontecer àqueles que lá continuam presos, sem acusação, sem direitos, sem defesa. Morre mais um pouco mais da nossa existência como seres humanos a cada dia que passa.

Também por cá voltámos a ouvir, há umas semanas atrás, que o Resultado da Investigação aos Voos da CIA ia sair para a semana seguinte. Continuamos à espera.


0 Responses to “Guantanamo existe e resiste”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


Indignados Lisboa
Fevereiro 2009
S T Q Q S S D
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728  

Blog Stats

  • 720.667 hits


%d bloggers like this: