Arquivo de 2 de Março, 2009

02
Mar
09

Um Sistema tóxico

sarkozy-activo-toxico
Os dirigentes europeus reunidos em cúpula extraordinária em Bruxelas, na Bélgica, neste domingo se posicionaram contra acções proteccionistas e também deram o pontapé inicial para a criação dos “bancos maus”, que reuniriam títulos podres, com pouco ou nenhum valor de mercado, em poder de instituições financeiras do continente.
in [G1]

“Porreiro pá”. Vai-se ter com os culpados da crise e simpaticamente retiram-se os prejuízos. Esses ficam para o Estado, para todos nós, que fomos roubados durante todo este tempo e que agora vamos pagar cada euro que nos roubaram, a quem nos roubou. Há que ser simpático para os bancos, eles são o sistema financeiro, sem eles o sistema não funciona. É por eles que todo o dinheiro passa, vindo donde vier e entregue seja lá onde for e que destino tiver, seja ele o pagamento de um salário ou um suborno. Seja ele para pagar uma prestação da casa ou para comprar armas. Mas há que ser simpáticos que eles são o sistema. Pena que não sejam tão simpáticos para aqueles que confiaram neles, para aqueles que podem não ter “activos tóxicos” nas suas contas, mas têm certamente “créditos tóxicos” que os asfixiam todos os dias. Créditos que eles criaram com as facilidades, com as ofertas, com “marktings” elaboradíssimos. Venderam o crédito como nos venderam a facilidade, dizendo-nos “Yes you can”.Claro que para quem deve milhões há sempre a possibilidade de resolver o problema, como bem o nos pode contar o Berardo ou tal Fino de que agora tanto se fala. Para quem só deve milhares a coisa é mais complicada, mas o mais engraçado de tudo isto é que és ainda tu que vais ajudar, que vais estar pagar os prejuízos do banco no mesmo momento em que ele se recusa a ajudar-te a ti.

02
Mar
09

O discurso do Pinóquio

socrates-discurso-pinoquio
Bem pode vir agora desfraldar as bandeiras do socialismo e fazer promessas, que já ninguém acredita nele. Estes últimos quatro anos foram penosos demais e ninguém se pode esquecer da lei laboral, da aprovação do Tratado de Lisboa sem referendo, da forma como tratou os funcionários públicos e os professores, do encerramento à força de centros de saúde e maternidades e basta ver o estado em que deixa o país para haver muitas razões para tudo fazer para que não ganhe, sobretudo com maioria absoluta. Já chega de prepotência, de termos de ouvir os Augustos Santos Silvas, de vermos uma ministra a fugir dos professores que tutela enquanto outros dizem “Jamé” ou vendem o trabalho dos portugueses a preço de baixos salários na China. Já chega de hipopótamos da DREN e de falta de respeito pela opinião dos cidadãos. Já chega de Socretinos, já chega desta gente que fala muito de democracia mas impõe as suas ideias e opiniões. Já chega de mentiras e enganos. Já chega desta politica liberal e capitalista. Rua com esta gente.




Indignados Lisboa

Blog Stats

  • 714.354 hits


%d bloggers like this: