Arquivo de 16 de Março, 2009

16
Mar
09

Prepotências e mentiras

socrates-ditador-da-democracia
José Sócrates, depois de ter sido confrontado com a manifestação da CGTP-IN de ontem, em Lisboa, que os sindicatos dizem ter contado com a participação de cerca de 200 mil pessoas. “Não quero discutir o número de participantes, até porque o número não é argumento. Lamento mas discordo dos dirigentes sindicais que organizam manifestações desse tipo, porque não é solução para nenhum dos problemas”, começou por reagir José Sócrates.
“Lamento que nessas manifestações não existam argumentos, mas apenas acusações e insultos. Lamento que organizações sindicais se limitem ao insulto e ao insulto pessoal, chamando-me mentiroso. Há quatro anos que não fazem outra coisa que não seja chamar mentiroso ao primeiro-ministro. Acho que isso não é um grande argumento a favor das suas teses”, frisou.
Sócrates acusou ainda as organizações sindicais de se “deixarem instrumentalizar” na convocação de manifestações contra o Governo “pelo PCP e Bloco de Esquerda”. “Isso não é positivo, porque acho que as organizações sindicais devem fazer manifestações para defender os interesses dos seus associados e não para defender os interesses de partidos que vão concorrer a eleições dentro de seis meses”, afirmou o primeiro-ministro.
in Publico

Nestas afirmações começo por não entender porque não quer o Engenheiro discutir o número de participantes. É fantástico que ninguém o faça porque eu que lá estive tenho muitas dúvidas nesse número. Estranho esta “benesse” que tem sido dada às manifestações da CGTP e, para não dizer pior, só mostra a pouca importância que lhe dão e sobretudo a irrelevância dos resultados que dai se retira. Vale pelo menos o ver que o Engenheiro se irrita por o chamarem de mentiroso, dando-nos ainda mais força e vontade de lhe chamar, mentiroso, mentiroso, mentiroso. Chamo e chamo com a consciência que é isso mesmo que ele é, um mentiroso. Pode não ser um bom argumento mas não deixa de ser uma verdade. Ele é mentiroso.
Quanto ao facto de nos sindicatos haver muita gente do PCP e do BE e se manifestarem contra as politicas de um mentiroso é naturalíssimo. O mentiroso nunca aceitou sequer pensar em não fazer exactamente aquilo que pensou sem ligar a opiniões vinda de ninguém. Perante a prepotência que se pode fazer que não a revolta. Por mim tudo e todos que defenderem um voto de esquerda contra um mentiroso têm o meu apoio.

Anúncios
16
Mar
09

Portugal no bom caminho

rui-pereira-criminalidade
O ministro da Administração Interna, Rui Pereira, afirmou que Portugal está no bom caminho ao nível de política de segurança.
Os dados demonstram que no ano passado o crime violento aumentou 10,7% e a criminalidade geral subiu 7,5%, ou seja, foram registados pelos órgãos de polícia criminal um total de 421 037 crimes, mais de 1100 por dia, dos quais, 24 313 foram graves e violentos.

Subiu e com a crise do desemprego, a pobreza e a miséria ainda vai subir mais. Todos sabemos que estes factores fazem aumentar um crime e avisos não faltaram.
Falta é saber se os crimes de colarinho branco e a corrupção não deviam ser contabilizados juntamente com os crimes violentos, tal a forma como violam as nossas ideias de decência e pelos volumes roubados.
Nesta ânsia de passar para o privado, para as mãos de meia dúzia a riqueza deste país, ficando para o estado tudo o que dá prejuízo, poupam-se nos recursos humanos e vemos escolas sem auxiliares, museus sem seguranças, hospitais sem enfermeiros e ruas sem policias. Há polícias por aí, mas esses ou andam na caça à multa, transformados em Inspectores da ASAE e dos bons costumes, ou ainda em polícia de intervenção para isolar guetos sociais, garantir a segurança dos poderosos e evitar tumultos que mostrem a verdadeira “panela de pressão” em que está a transformar esta sociedade.





Indignados Lisboa

Blog Stats

  • 698,231 hits


%d bloggers like this: