16
Mar
09

Prepotências e mentiras

socrates-ditador-da-democracia
José Sócrates, depois de ter sido confrontado com a manifestação da CGTP-IN de ontem, em Lisboa, que os sindicatos dizem ter contado com a participação de cerca de 200 mil pessoas. “Não quero discutir o número de participantes, até porque o número não é argumento. Lamento mas discordo dos dirigentes sindicais que organizam manifestações desse tipo, porque não é solução para nenhum dos problemas”, começou por reagir José Sócrates.
“Lamento que nessas manifestações não existam argumentos, mas apenas acusações e insultos. Lamento que organizações sindicais se limitem ao insulto e ao insulto pessoal, chamando-me mentiroso. Há quatro anos que não fazem outra coisa que não seja chamar mentiroso ao primeiro-ministro. Acho que isso não é um grande argumento a favor das suas teses”, frisou.
Sócrates acusou ainda as organizações sindicais de se “deixarem instrumentalizar” na convocação de manifestações contra o Governo “pelo PCP e Bloco de Esquerda”. “Isso não é positivo, porque acho que as organizações sindicais devem fazer manifestações para defender os interesses dos seus associados e não para defender os interesses de partidos que vão concorrer a eleições dentro de seis meses”, afirmou o primeiro-ministro.
in Publico

Nestas afirmações começo por não entender porque não quer o Engenheiro discutir o número de participantes. É fantástico que ninguém o faça porque eu que lá estive tenho muitas dúvidas nesse número. Estranho esta “benesse” que tem sido dada às manifestações da CGTP e, para não dizer pior, só mostra a pouca importância que lhe dão e sobretudo a irrelevância dos resultados que dai se retira. Vale pelo menos o ver que o Engenheiro se irrita por o chamarem de mentiroso, dando-nos ainda mais força e vontade de lhe chamar, mentiroso, mentiroso, mentiroso. Chamo e chamo com a consciência que é isso mesmo que ele é, um mentiroso. Pode não ser um bom argumento mas não deixa de ser uma verdade. Ele é mentiroso.
Quanto ao facto de nos sindicatos haver muita gente do PCP e do BE e se manifestarem contra as politicas de um mentiroso é naturalíssimo. O mentiroso nunca aceitou sequer pensar em não fazer exactamente aquilo que pensou sem ligar a opiniões vinda de ninguém. Perante a prepotência que se pode fazer que não a revolta. Por mim tudo e todos que defenderem um voto de esquerda contra um mentiroso têm o meu apoio.


0 Responses to “Prepotências e mentiras”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


Indignados Lisboa

Blog Stats

  • 722.037 hits


%d bloggers like this: