20
Mar
09

Ratzingão em África

ratzinger-abstinencia-divina

No avião que o levava à capital de Camarões, a partir de Roma, o Papa Bento VI afirmou que não se podia “solucionar o problema da Aids”, pandemia devastadora na África, “com a distribuição de preservativos”. “Ao contrário, a sua utilização agrava o problema”, afirmou. O Vaticano se opõe a todas as formas de contracepção diferentes da abstinência e reprova o uso do preservativo, mesmo por motivos profiláticos (prevenção de doenças).

Porque bastará a teimosia de um fundamentalismo, em nome do amor, da vida, para condenar milhões à morte com Sida. Vai para África pregar a abstinência e provavelmente deve pensar que alguém o vai ouvir e lhe vai fazer a vontade. O pior é se o ouvem a afirmar que não devem nunca usar preservativo. Se pecarem, pois que iniciem ainda em vida o caminho para o inferno eterno. Raios parta este Ratzinguer que “ressuscita” um padre que nega a existência do holocausto, excomunga uma criança de nove anos e com 30 quilos só porque lhe salvaram a vida ao fazerem-lhe um aborto de três gémeos, frutos da violação do pai e agora aconselha o suicídio a milhões de africanos. Raios o partam.



1 Response to “Ratzingão em África”


  1. 1 Luís
    Março 20, 2009 às 00:14

    Muito bem!
    Claro que criticar é muito mais fácil do que construir… Mas neste caso em particular, tenho que concordar contigo… Perdemos um Papa muito amado e muito contemporâneo, e chega nos este, com ideais do séc. XIII :/


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


Indignados Lisboa

Blog Stats

  • 721.137 hits


%d bloggers like this: