30
Mar
09

Atirar a toalha ao chão

manuel-pinho-quimonda
Enquanto o Engenheiro diz que o governo não vai atirar a toalha ao chão no caso da Quimonda, o Manuel Pinho afirmava que Portugal vai exigir que lhe devolvam os mais de 100 milhões de euros que lá enterraram.
«Apoiámos esse projecto desde o primeiro dia», recorda o ministro, porque «punha Portugal na vanguarda da indústria de semicondutores». Quanto às verbas do Estado que foram injectadas na empresa, Manuel Pinho garante: «Não haja a mínima dúvida: o apoio que nós demos, vamos tentar recuperá-lo até ao último tostão».

Tudo muito bonito, mas quem mais vai sofrer são os mil e trezentos trabalhadores agora o desemprego e as suas famílias. Será que ao tais “tostões” que o Manuel Pinho diz ir recuperar não podem ser utilizados na criação de uma nova empresa que utilize a força de trabalho daquela gente. Infelizmente, mesmo numa crise em que ninguém investe o estado continua a demitir-se da sua responsabilidade de criar riqueza e empregos. Tudo o que fazem é propor mais obras públicas para assim apoiar empresas privadas. Já basta desta ideia de que só os privados podem investir na produção e o estado está proibido de o fazer. Vamos é nacionalizar aquilo que for bom para os cidadãos e criar novas empresas para dar trabalho, produzir os bens essenciais que todos necessitamos e assim criar riqueza. Basta desta dependência dos privados que não fazem nem saem de cima.


0 Responses to “Atirar a toalha ao chão”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


Indignados Lisboa

Blog Stats

  • 713.912 hits


%d bloggers like this: