Arquivo de 2 de Setembro, 2009

02
Set
09

A esquerda impossível

Manuel Alegre jose socrates donkey xote
Num discurso fortemente aplaudido, o ex-candidato presidencial, Manuel Alegre, defendeu que é preciso “um governo de Esquerda, da esquerda possível”, do PS. Mas deixou também o alerta para a necessidade de um Governo que seja “capaz de se renovar” e de “nunca esquecer que o poder é um meio para servir as pessoas”.

Estou certo que o Sancho Alegre sabe bem que o governo dos Sócretinos não serviu as pessoas mas sim os interesses de alguns e que o próximo vai ser mais do mesmo. Sabe e fala da “esquerda possível”, como se a esquerda pudesse ser possível ou impossível. É uma esquerda, mas uma esquerda pequenina, muito, muito pequenina, mas a esquerda possível. Uma esquerda que vive anafadamente dentro do capitalismo, que o defende e serve, mas lá no fundo, muito pequenininha, lá está a esquerda a acenar o casamento homossexual. A esquerda possível, como se isto fosse esquerda. Será que o amor “clubista” ao PS justifica negar as evidências?

02
Set
09

O Abismo

Manuela Ferreira Leite Jose Socrates o abismo

«Não podemos deixar de considerar que a situação em que o país está resulta, exclusivamente, das políticas socialistas». “Neste momento a coisa mais perigosa que existe é avançar com a política socialista porque a política socialista está a conduzir o país num plano inclinado e, portanto, avançar significa cair. Aquilo que há a fazer é travar”, disse Manuela Ferreira Leite.

Travar o quê? As politicas Europeias? O neo-liberalismo? A globalização capitalista? O compadrio do poder com os grandes grupos económicos? A especulação e as grandes negociatas, a corrupção e as offshores? É o PSD de Dias Loureiro e do Balsemão que quer travar tudo isto? Não me parece muito coerente com a politica de verdade que diz defender.

02
Set
09

Assassinato ou suicidio?

cavaco silva jose socrates morte do cavaco
Hoje é o dia em que faço o funeral ao Sr. Silva após o seu haraquiri com as famosas escutas em Belém. A ser verdade que foi da sala do Presidente que saiu a ordem para lançar a noticia de que o governo andava a escutar Belém e se provar que tudo isto foi feito para beneficiar e contribuir para a campanha da “asfixia democrática” da Manelinha, ao Sr. Silva só lhe resta a possibilidade de resignar ao cargo. Acabou a independência devida a um Presidente, falhou nas suas funções ao não defender a democracia e o dever de isenção. Paz à sua alma. Se não for verdade, então temos de concordar que os Sócretinos estão muitos anos-luz à frente do Manuelinos na forma de fazer politica suja. Seja um ou outro caso, queremos ver o assunto esclarecido pois ficaremos sempre a ganhar. Um deles terá de ser corrido do poder e por isso exigimos que o Procurador, sempre tão solicito para investigar os alunos que têm telemóveis nas aulas ou alguém que espirre no passei publico, investigue o caso e acuse os culpados. Não como no caso do envelope nove ou dos voos da CIA, em que tudo se arrastou para depois a montanha parir um rato, mas acusando os culpados para que nos vejamos livres deles de uma vez por todas.

02
Set
09

A fantasia do poder

Manuela Ferreira leite paulo portas familia tradicional

A líder social-democrata, Manuela Ferreira Leite, afirmou mesmo que, com este executivo, “diluíram-se pilares da sociedade como a família e o casamento“. “Criou-se um ambiente de intriga e de falsas verdades, diluíram-se pilares da sociedade como a família e o casamento, para impor a verdade da lei onde devia prevalecer a liberdade individual“.

Bagão Félix, durante a apresentação do Programa eleitoral do CDS, afirmou que “Eu também respeito as minorias, mas que essas políticas mais ou menos discutíveis, mais ou menos por caminhos diversos, não prejudiquem nem anulem a base fundamental da sociedade que é a família tradicional”.

O líder do PS, José Sócrates, advertiu que a 27 de Setembro “uma das principais escolhas será entre duas mundivisões“. Ou seja, “há duas formas de olhar para a sociedade e para o futuro. Aqui, neste partido, neste Governo, ninguém acredita que o casamento deve servir apenas para a procriação; aqui ninguém acredita que é preciso uma lei do divórcio que o dificulte, porque aqui acredita-se na liberdade e na tolerância“.

Durante as eleições para o parlamento Europeu, quando se deviam discutir os tratados, as directrizes, as leis que nos impõem, andaram a falar de problemas internos do país, para agora, altura para discutir as politicas que nos têm condenado a sermos cada vez mais o cú dessa Europa, resolvem colocar como tema da campanha a família e o casamento. Importante é ocupar tempo de antena sem discutir aquilo que realmente é importante e mostrarem diferenças que permitam sair da crise. Não porque não queiram, mas porque todos pensam o mesmo, mais estrada menos estrada, mas nenhum tem realmente as respostas para o problema. Só o poder interessa.

PS: Mas que é triste que ainda haja gente, como a Manuela Ferreira Leite, que considera que o casamento só serve para a procriação, lá isso é.




Indignados Lisboa
Setembro 2009
S T Q Q S S D
« Ago   Out »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Blog Stats

  • 693,173 hits


%d bloggers like this: