Arquivo de Abril, 2010



23
Abr
10

Reencontro em São Bento


José Sócrates recebeu o novo líder do PSD, Passos Coelho numa reunião que durou mais de três horas. À saída nenhum prestou declarações à comunicação social.

Ambos formados nas escolas do PSD agora lideres dos dois maiores partidos portugueses. Isto já nem democracia de alterne é. Não sei o que andaram a dizer nem a fazer estas duas alminhas durante três horas, mas coisa boa, pelo menos para nós, não há-de ter sido. Será que vem aí mais um casamento para parir mais uma AD?

22
Abr
10

O Povo e os Deuses do Olimpo

O amigo Fernando Gonçalves fez um longo comentário no post “Triché”, que lhe agradeço, e de onde retirei algumas partes que aqui reproduzo. As minhas desculpas ao Fernando pelos cortes, mas quem desejar pode ler todo o texto nos comentários do referido post.

Já reparou? Os políticos europeus estão a lutar como loucos para entrar na administração da UE! E por quê?
Foi aprovada a aposentadoria aos 50 anos com 9.000 euros por mês para os funcionários da EU!!!. Este ano, 340 agentes partem para a reforma antecipada aos 50 anos com uma pensão de 9.000 euros por mês.
Porquê e quem paga isto?
Você e eu estamos a trabalhar ou trabalhámos para uma pensão de miséria, enquanto que aqueles que votam as leis se atribuem presentes de ouro. A diferença tornou-se muito grande entre o povo e os “Deuses do Olimpo!”
É simples, ninguém lhes pede contas e eles decidiram aproveitar ao máximo. É como se para a sua reforma, lhes fosse passado um cheque em branco.
Consulte a lista dos mamões e das mamadas: AQUI
Confrontados com o colapso dos nossos sistemas de pensões, os tecnocratas de Bruxelas recomendam o alongamento das carreiras: 37,5 anos, 40 anos, 41 anos (em 2012), 42 anos (em 2020), etc. Mas para eles, não há problema, a taxa plena é 15,5 anos.
Originalmente, estas reformas de nababos eram reservadas para os membros da Comissão Europeia e, ao longo dos anos, têm também sido concedidas a outros funcionários. Agora eles já são um exército inteiro a beneficiar delas: juízes, magistrados, secretários, supervisores, mediadores, etc. Mas o pior ainda, neste caso, é que eles nem sequer descontam para a sua grande reforma. Nem um cêntimo de euro, tudo é à custa do contribuinte. E que dizer de todos os tecnocratas que não perdem nenhuma oportunidade de armarem em «gendarmes de Bruxelas» e continuam a dar lições de ortodoxia fiscal, quando têm ambas as mãos, até os cotovelos, no pote da compota?
Numa altura em que o futuro das nossas pensões está seriamente comprometido pela violência da crise económica e da brutalidade do choque demográfico, os funcionários europeus beneficiam, à nossa custa, da pensão de 12 500 a 14 000 € / mês após somente 15 anos de carreira, mesmo sem pagarem quotizações… É uma pura provocação!
«Sauvegarde Retraites» realizou um estudo rigoroso e muito documentado que prova por “A + B” a dimensão do escândalo.

22
Abr
10

É tudo uma questão de fé

Numa reacção ao artigo assinado pelo antigo responsável do FMI, Simon Johnson, e divulgado a semana passada, em que este afirma que, tanto Portugal como a Grécia enfrentam riscos de “falência económica”, Cavaco Silva disse não acreditar que se chegue a essa situação.

Como não acredito nas capacidades de vidente do Sr. Silva , só posso ver as suas palavras como uma questão de fé.

21
Abr
10

Porreiro pá, já posso ser turista

Ser turista vai passar a ser um direito de todos os europeus. A Comissão Europeia decidiu que vai atribuir a idosos com mais de 65 anos, jovens entre os 18 e os 25, famílias com dificuldades financeiras e portadores de deficiência um subsídio que pode ascender aos 30% das despesas totais de viagens de férias.

Eu não dizia que este jardim à beira-mar plantado ainda se ia tornar no INATEL da Europa?

21
Abr
10

Andam a brincar aos aviões?

A Lufthansa recebeu hoje, segunda-feira, uma autorização excepcional para realizar 50 voos de longo curso, de modo a que os quinze mil passageiros retidos nos aeroportos internacionais possam regressar à Alemanha.

Desculpem lá a minha ignorância, mas se um espaço aéreo está fechado por questões de segurança deve estar para todos. Os voos da Lufthansa não são tão afectados pelas cinzas vulcânicas como o de todas as outras companhias? Ou são os padrões de segurança diferentes para a companhia alemã?

20
Abr
10

As tribos da esquerda

Quando oiço o combativo Jerónimo imagino-o, muitas vezes como o seu homónimo americano e acabo sempre por me lembrar da velha frase anarquista pintada em paredes de Lisboa; “Os índios também eram vermelhos e lixaram-se”.

Compreendo a necessidade de ser coerente, concorde-se ou não com as ideias, mas o que não compreendo é que seja impossível encontrar um menor múltiplo comum em toda a esquerda, coisas em que todos estão de acordo no diagnóstico e na solução, e não consigam com isso fazer uma plataforma que possibilite uma alternativa possível. Não uma alternativa lá para as calendas, mas para já. Uma alternativa de voto, uma alternativa de esquerda, uma alternativa de politicas, uma verdadeira alternativa ao desastroso caminho que seguimos. Aí somos todos culpados, toda a esquerda é culpada dessa sua incapacidade de construir uma união. Somos todos culpados de não conseguirmos estender a mão ao nosso camarada sem lhe colocar um rótulo, um anátema, uma sigla. Por isso sofremos as consequências das políticas de direita liberal, por isso perdemos direitos e poder de compra todos os dias, por isso vemos o nosso país a ser governado e desmembrado e saqueado pelo poder do grande capital. Por isso, como os índios, lixamo-nos.

20
Abr
10

Trichet

O presidente do Banco Central Europeu (BCE),.Jean Claude Trichet, saudou o PEC português, destacando como exemplo o congelamento de salários da função pública, apelando a Portugal como aos restantes países para que se esforcem no controlo do défice .

19
Abr
10

Ir à Madeira para ver uma flôr

19
Abr
10

Viagens de um Presidente

18
Abr
10

Ozzzzzzzzz

feiticeiro de oz

O Presidente da República, Cavaco Silva, minimizou o impacto das declarações do seu homólogo checo, Václav Klaus, em relação à economia portuguesa, ainda que tenha lembrado que se Portugal cumprir o Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC) em 2013 terá um défice inferior às projecções da República Checa. E chega a justificação de Cavaco para as declarações do seu homólogo: “está convencido que o próprio mundo empresarial não gosta de défices orçamentais muito elevados e que isso influência a disponibilidade para se estabelecer negócios entre empresas portuguesas e checas”. “É conhecida em toda a União Europeia as posições por vezes pouco ortodoxas do Presidente da República checa, mas nem por isso ele tem menos simpatia em relação a Portugal”

Tarde e a más horas veio o Sr. Silva responder às críticas feitas pelo Presidente Checo. A pergunta que fica é a de se é como o Leão do feiticeiro de Oz e lhe falta a coragem para falar em frente dele ou se simplesmente é o Espantalho que procurava um cérebro. Ou será uma amálgama dos dois?

18
Abr
10

Socretinices paralamentares

17
Abr
10

A Constituição

17
Abr
10

Uma quinta-feira de cinzas na Europa

“Esta conferência de imprensa não é sobre o Tratado de Lisboa.” Vaclav Klaus, Presidente da República Checa, não escondeu a sua incomodidade quando ontem, em Praga, numa conferência de imprensa conjunta com o seu homólogo português, Cavaco Silva, uma jornalista portuguesa lhe perguntou pelo Tratado de Lisboa (que assinou contrariado).

A incomodidade, porém, não o levou a fugir à pergunta. “A minha opinião não mudou.” “Pelo contrário”, acrescentou. “É um problema aplicar tudo o que foi aprovado.” E portanto “o défice democrático não diminuiu na Europa. Pelo contrário”. Ao lado, o Presidente português nem pestanejava. Cavaco Silva e Vaclav Klaus conhecem-se há muitos anos, têm muito em comum nos respectivos percursos políticos (ambos economistas, ambos ex- -ministros das Finanças e ambos ex-primeiros-ministros). O Presidente português sabe que o seu homólogo está longe de ser um euroentusiasta: acha o reforço da união política uma miragem. A República Checa não está no euro nem quer estar.

Mas não foi esse o único momento em que Klaus mostrou não ter papas na língua. Questionado sobre os défices excessivos que alguns países da UE exibem – Portugal sendo um deles -, disse o que porventura Cavaco pensa mas não diz.

“Para mim é inimaginável que os países possam admitir um tal défice como aconteceu nos últimos tempos”, afirmou o Chefe do Estado checo. “Como ministro das Finanças e como primeiro-ministro, eu nunca admitiria tal défice”, acrescentou. Para Klaus, ao “crime” terá de corresponder um “castigo”: “Aqueles que aceitaram isso agora terão de suportar as consequências do seu acto.”

Cavaco foi, face à mesma pergunta, bastante mais “amável” (expressão do seu homólogo). Manifestou mesmo algum optimismo: “Neste momento surgiram já alguns sinais positivos de recuperação económica na União Europeia, embora essa recuperação seja ainda um pouco tímida.” Segundo acrescentou, a sanidade orçamental portuguesa vai depender do “comportamento das economias para as quais exportamos bens e serviços e das quais recebemos os turistas que nos visitam”, embora haja que estar alerta face aos riscos de “contágio” provenientes da crise grega. A visita do PR termina hoje.

em “DN Globo

16
Abr
10

Será que esta gente anda possuida?

O secretário de Estado do Vaticano, cardeal Tarcisio Bertone, reconheceu que o comportamento dos padres nesto caso da pedófilia, “é negativo, muito sério e escandaloso” mas frisou que a raíz do problema está identificado. “Muitos psicólogos e psiquiatras demonstraram que não há relação entre o celibato e a pedofilia, mas muitos outros demonstraram, e disseram-me, que há uma relação entre homossexualidade e pedofilia”. “É a verdade, é esse o problema”, acrescentou. Depois da polémica, o esclarecimento: o que o cardeal Tarcisio Bertone queria dizer, quando ligou a pedofilia à homossexualidade, era que, “no seio da Igreja Católica” – e não entre a sociedade em geral -, a maioria dos casos de abusos sexuais são cometidos por padres gays. A prová-lo está um estudo interno feito pela Congregação para a Doutrina da Fé e ontem revelado pela Igreja Católica, que indica que “apenas cerca de 10% dos casos de abusos são actos de pedofilia; os restantes 90% revelam a atracção entre adultos e adolescentes”. Desses, “60% envolvem indivíduos do mesmo sexo e 30% são de carácter heterossexual”, informou o Vaticano numa nota divulgada pelo porta-voz Federico Lombardi.

E, acredita esta gente que se o Deus que dizem venerar existisse mesmo lhes abriria as Portas do Paraíso?

16
Abr
10

Criminosos e infractores precisam-se para ajudar a avaliar as policias

Todos os meses, cada agente tem um valor mínimo para atingir em multas, detenções, carros a bloquear ou rebocar, testes de álcool e outras operações. A caça à multa será um fim inevitável, se a PSP insistir em impor mínimos aos agentes, uma medida que terá implicações também na avaliação de cada um tal como na progressão na carreira.




Indignados Lisboa

Blog Stats

  • 716.683 hits


%d bloggers like this: