Arquivo de Outubro, 2010

31
Out
10

Bonecos do Poder

E, não pára de chover…no molhado

Anúncios
31
Out
10

Casamento de conveniência

30
Out
10

Mais uma novela que chega ao fim

A Tele-jornalistico-novela aproxima-se do seu fim e, como em todas, tudo acaba bem e aos abraços. O Orçamento é aprovado, como se isso fosse uma coisa fantástica, eles por lá ficam a preparar o próximo PEC enquanto nós vamos apertando mais o cinto. Resumindo, fica tudo na mesma. Fica e vai continuar enquanto este povo se mantiver em estado de bovinidade total. Fica enquanto este povo for continuar a votar nos partidos de “alterne”, mudando do PS para o PSD para depois voltar a mudar do PSD para o PS sem nunca quebrar esta corrente.

30
Out
10

A loja do Chinês

Nascem que nem cogumelos e não há terrinha que não tenha as suas lojas dos chineses onde se vende de tudo, de má qualidade, mas mais barato. Estas lojas que pertencem a um Ministério qualquer do governo chinês, vão matando todo o outro comércio pelo que tem lógica que agora cá venha o Presidente Chinês comprar a nossa divida publica com o dinheiro que cá ganhou. De qualquer maneira vai acabar por lá ir parar todo de novo e nós ainda vamos ficar com a dívida e com os juros para pagar. É a Rota da China, só que a descer.

29
Out
10

O Império silencioso

Lembro-me de que, quando Portugal entrou para a União Europeia ela prometia ser o bastião de justiça social e solidariedade. Que caminho se fez desde essa altura e a realidade dos tempos de hoje. Os paises mais ricos abocanham os mais pobres numa atitude imperialista inaceitavel. Controlam orçamentos de estado, definem politicas e impôem leis. Têm aprovado à força o Tratado de Lisboa, mas ainda não lhes chega. Há que calar a boca aos mais pequenos, primeiro pagando-lhes para eles destruirem o seu aparelho produtivo, depois concedendo-lhes todo  o crédito fácil e barato até estarem endividados até aos tomates e agora forçando-os à subserviência em troca da subsistência. Agora é o perder o poder de voto nas decisões, é aceitar e calar das decisões dos poderosos.  Só uma ruptura com tudo isto pode alterar a situação. Vamos aceitar como destino esta servidão pobre ou vamos “mexer-nos”, sair da letargia e do sofá para pôr-mos as mãos à obra. Portugal fora da União Europeia e vamos em frente.
29
Out
10

Que “fado” o nosso

 

Agora que muitos já falam da vinda do FMI para tomar conta de nós, vejam bem quem é o personagem que nos calha na rifa, o António Borges, acabadinho de ser nomeado o Director do FMI na Europa. Porra, isto também já é azar.
28
Out
10

Continua a palhaçada

A novela, a palhaçada ou o que lhe quizerem chamar continua. Tanto barulho, tantas entrevistas, tantos comentarios sobre a aprovação ou não do Orçamento do Estado. Um ai que desgraça que não vai haver orçamento, um ai Jesus que o orçamento é muito mau. Discuros, acusações e negociações entre os partidos de alterne para acabar tudo em mais acusações e discursos. Passam-se as culpas de mão em mão para todos acabarem por não terem culpa nenhuma. Afinal o grande culpado é o mercado e o objectivo pedir mais dinheiro emprestado num circulo sem fim. Mas um dia tem de acabar, quem empresta vai exigir que lhe paguem e como quem empresta já não são países nem pessoas, é o mercado, não há limite para a ganâcia. O país, que esses mesmos mercados tanto se esforçaram por destruir os meios de produção e em criar a dívida, têm mesmo de pagar senão não lhe empréstam mais. É como um drogado que não pode passar sem a sua dose. Vale tudo, até transformar os cidadãos desses países em mão de obra barata e sem direitos para gaúdio do grande capital. Está a acontecer e já nos convenceram que é inevitável. Já nos marcaram o destino e temos de o aceitar bovinamente, sem reagir, sem protestar. É a muito referida inevitabilidade. Mas é mentira, é uma trapaça, é um engano. Há alternativas só que exigem mudar o sistema, mudar de vida e mudar de prespectiva do que é um mundo melhor. Um mundo em as pessoas seriam a razão da sua existência e não o poder e o dinheiro. Tinha é que mudar muita coisa, tinhamos de nos mudar a nós próprios. Seremos capazes?




Indignados Lisboa

Blog Stats

  • 694,937 hits


%d bloggers like this: