06
Out
10

A inauguração


O presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, disse hoje esperar que as novas medidas de austeridade anunciadas na semana passada pelo governo de José Sócrates sejam cumpridas com “determinação”. «Sem confiança dos mercados, os juros de divida sobem para níveis insustentáveis»,

Em que contibui este “Cherne” e esta União Europeia para ajudar os paises que estão mais aflitos? Foi a UE quem “forçou” os estados a endividarem-se e a esquecerem o “défice” para salvar os bancos  que agora pedem juros altissimos para ajudarem os países que os ajudaram. A UE prefere emprestar aos bancos a juros baixos, 1 ou 2%, para depois eles “esfolarem” os países a 6%. Vivemos numa sociedade em que os países já não negoceiam entre si, ficando refêns daquilo a que agora chamam de “mercado”. Os mercados não têm cara, não têm leis nem têm moral. Funcionam só para em função do lucro e da ganância. São eles a quem entregamos o governo dos nossos destinos. Não está na hora de de dizermos não.

0 Responses to “A inauguração”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


Indignados Lisboa

Blog Stats

  • 714.309 hits


%d bloggers like this: