22
Nov
10

O céu não pode esperar

Feytor Pinto teme “branqueamento” das ideias de Ratzinger. O prelado português garante que sempre foi esta a posição do Papa sobre o preservativo. Mesmo quando Bento XVI se deslocou pela primeira vez ao Continente Africano defendeu que, ao invés de combater a propagação da sida, “pelo contrário, a sua utilização agrava o problema”. Na altura, Bento XVI encorajava a abstinência para impedir a propagação da doença.
Ainda bem que nos veio esclarecer, não fôssemos nós acreditar que ele pudesse não estar bom da cabeça quando disse que: “Podem haver alguns casos em que se justifique o uso do preservativo, quando, por exemplo, uma prostituta utiliza um profilático. Isso pode ser o primeiro passo em direcção a uma moralização, um primeiro ato de responsabilidade, consciente de que nem tudo é permitido e não se pode fazer tudo o que quer”. Não é que fosse um grande avanço na incipiente capacidade mental da Igreja sobre a utilização do preservativo, mas temos que nos lembrar que o Papa é o representante de Deus na Terra, os dois devem conferenciar com frequência, e o seu trabalho é o de arranjar almas para entregar no céu. O seu negócio não é salvar vidas, mas sim salvar almas. Claro que há outros há que acreditam no Pai Natal.

Anúncios

0 Responses to “O céu não pode esperar”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


Indignados Lisboa
Novembro 2010
S T Q Q S S D
« Out   Dez »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Blog Stats

  • 712.608 hits

Anúncios

%d bloggers like this: