Arquivo de Novembro, 2010



22
Nov
10

O céu não pode esperar

Feytor Pinto teme “branqueamento” das ideias de Ratzinger. O prelado português garante que sempre foi esta a posição do Papa sobre o preservativo. Mesmo quando Bento XVI se deslocou pela primeira vez ao Continente Africano defendeu que, ao invés de combater a propagação da sida, “pelo contrário, a sua utilização agrava o problema”. Na altura, Bento XVI encorajava a abstinência para impedir a propagação da doença.
Ainda bem que nos veio esclarecer, não fôssemos nós acreditar que ele pudesse não estar bom da cabeça quando disse que: “Podem haver alguns casos em que se justifique o uso do preservativo, quando, por exemplo, uma prostituta utiliza um profilático. Isso pode ser o primeiro passo em direcção a uma moralização, um primeiro ato de responsabilidade, consciente de que nem tudo é permitido e não se pode fazer tudo o que quer”. Não é que fosse um grande avanço na incipiente capacidade mental da Igreja sobre a utilização do preservativo, mas temos que nos lembrar que o Papa é o representante de Deus na Terra, os dois devem conferenciar com frequência, e o seu trabalho é o de arranjar almas para entregar no céu. O seu negócio não é salvar vidas, mas sim salvar almas. Claro que há outros há que acreditam no Pai Natal.

22
Nov
10

A ostentação da força contra a força da paz

Agora que os Senhores da Guerra se foram embora Lisboa pode regressar à sua normalidade. Lisboa foi uma cidade sitiada com ruas e bairros bloqueados. Gastaram-se muitos milhões para se poder tirar fotografias de líderes mundiais a assinar acordos há muito discutidos e decididos. (Ninguém pode acreditar que uma Cimeira EUA-Russia dure 20 minutos e daí tenham saído todas as resoluções anunciadas). Retirou-se a liberdade aos cidadãos que foram tratados como criminosos, fecharam-se fronteiras e impediu-se a entrada a gente por razões ridículas como o trazerem uma fotocópia de um manifestos contra a NATO, ou T-shirts ou até um manifesto em defesa da escola pública. Fechou-se o espaço aéreo, até partes do Rio Tejo. Ridículo e triste. Vendeu-se o medo na forma de black-bloques, mostrando imagens de violência e notícias alarmistas como a da presença,  já no interior de Portugal, de milhares desses elementos.
De todas estas fantasias o que resultou? Nada para além de uma despesa “milhãonária”.
Black-bloques não se viram, violência não houve, na manifestação trataram-se como animais jovens e idosos (ia lá uma fantástica senhora irlandesa de 83 anos com uma bandeira da paz), gente a quem apelidaram de anarquistas como se isso fosse crime ou pecado. Gente que desceu a Avenida, cercada por 3 polícias, fortemente armados, para cada manifestante (como afirmou o chefe da Unidade Especial). Ao som dos tambores dos Ritmos de Resistência, uns jovens simpáticos e bem dispostos, os poucos problemas que podiam ter acontecido deveram-se exactamente à megalómana ostentação de força e à forma como trataram como animais enjaulados gente que se manifestava civicamente e que em momento nenhum praticou ou mostrou querer praticar actos violentos. Foi para mim um prazer, uma satisfação e uma honra estar nesse grupo junto com essa gente.

21
Nov
10

O anjo protector…dos acionistas

O presidente do PSD considerou hoje que as empresas devem tomar as suas decisões relativas à distribuição de dividendos com base na legislação em vigor, “sob pena de deixarmos de viver num Estado de direito”.
É lógico que uma lei em vigor deve ser cumprida, mas se uma lei é injusta, e já o era há muito tempo, é hora de a mudar de imediato. Quando é para tramar quem tem pouco aceitam tudo e fazem leis para ontem, quando é o dinheiro dos grandes senhores do capital, aí o tempo rola devagar para eles poderem mamar ainda mais.
Porque temos nós de pagar impostos sobre cada euro que ganhamos e essa gente embolsa milhões sem pagar um euro que seja? Afinal para este senhor a crise não é para todos e deve ser paga pelos que menos têm. É este que senhor que nos querem convencer que deve governar o país?
21
Nov
10

O Porteiro da NATO

Ouvir o Sócrates a falar da Cimeira da NATO e daquilo que Portugal conseguiu, só me faz lembrar o porteiro de uma festas de gala a falar das gorjetas que recebeu. Neste caso ainda pior, a gabar-se das gorjetas que diz que recebeu, a de que a bandeira da NATO continuará desfraldada nos céus de Portugal. Não sabemos se num comando operacional ou numa guarita, mas ela lá estará….infelizmente.José Sócrtaes,
20
Nov
10

NÃO À GUERRA NÃO À NATO

NO WAR


NO NATO


NO TIME


VOLTO BREVEMENTE

20
Nov
10

Já não há contos de fadas, mas antes grandes ….

Quando era mais rapazote lembro-me que havia uma história em que uma princesa picava o dedo num fuso e cumpria-se a praga rogada pela bruxa má. Agora também tivemos uma bruxa Ferreira e um ministro que se picou nos mercado e nos condena a todos a sermos mais pobres,  pelo menos 5 ou 10% sem impostos incluídos e para sempre. Na história, como sempre acontece nestas histórias,  aparece um garboso e jovem Príncipe que beija a Princesa, a acorda para a vida e se afastam em direccão a um alaranjado pôr-do-sol. Mas, histórias de príncipes e princesas, são contos de fadas e não a realidade. Essa, não tem gente a cavalo, mas gente de tanga que caminha na direcção da tempestade que se aproxima

19
Nov
10

Um dia negro em Lisboa

Há muito tempo que não se via tantos defensores da guerra juntos em Lisboa. Já não nos bastava haver um Tratado com o nome da nossa capital e agora vai haver um “Novo conceito estratégico da NATO” também aprovada nela. Esta cidade começa a estar ligada ao terrorismo económico e ao de estado. Não seria melhor que se discutisse a paz e a luta contra a pobreza no mundo? Não seria mais bonito a nossa cidade ficar ligada à erradicação da fome e da miséria. Para o Sócrates, tão orgulhoso se mostra, parece que não.

19
Nov
10

A virgem ofendida

Os deputados do PS e do PSD que negociaram e acordaram a lei do financiamento dos partidos estão indignados com as críticas que têm vindo a público sobre a falta de transparência da nova lei, que segue na próxima semana para promulgação presidencial. “Indigna-me porque parece que há pessoas mais honestas do que outras”, disse  Ricardo Rodrigues, vice-presidente da bancada do PS que deu a cara pelas alterações à lei.
O professor Luís Sousa, especialista em corrupção, tem sido uma das vozes mais críticas a estas alterações, considerando que são “um retrocesso” e uma “vigarice legislativa”.

Olha, olha, temos uma virgem ofendida no Parlamento. Oh, Sr. Ricardo, claro que há pessoas mais honestas que outras. Pode  é colocar a questão de se saber em que lugar na escala de e honestidade o colocamos e aí as histórias que têm acompanhado no passado não o ajudam muito. E, pelos vistos a lei que agora querem aprovar a meias com o PSD também não.

18
Nov
10

NATO – Senhores da guerra e do medo

Lucas Wirl tem 29 anos, prepara um doutoramento em sociologia, é alemão, pertence ao INES e foi impedido de entrar em Portugal no aeroporto de Lisboa, a meio da tarde de dia 17. Foi acusado de prejudicar a segurança nacional pois trazia consigo programas da Contra-Cimeira que vai ocorrer em 19/21 próximos, organizada pela PAGAN e pela coligação “No to War, No to Nato” e um documento onde se referia o anúncio de uma acção de desobediência civil no Rossio, para dia 18, às 16 h – uma acção de treino de desobediência civil entre activistas anti-NATO. (Este activista estava indicado como moderador de um painel sobre “Acções para a Paz” na Contra-Cimeira na sexta-feira, dia 19).

Inicialmente, o inspector-adjunto Rui Melro informou a advogada da PAGAN que a entrada de Lucas estava dependente de uma informação da embaixada alemã; porém, acabou por ser forçado a embarcar num avião de volta a Paris, de onde viera.

Se a posse de programas da Contra-Cimeira, evento que vem sendo anunciado há meses, que foi enviado à comunicação social e amplamente distribuído aos portugueses prejudica a segurança nacional, deverá então estar a ser preparada a prisão de todos os detentores desse programa?
Mais um acto de arbitrariedade policial levado a cabo por agentes desenquadrados?
Ou uma acção devidamente coordenada pelo governo?
Uma forma de dar sinais de intolerância e de actuação repressiva quando a crise social não para de se agravar e quando está eminente uma greve geral?
Acção de continuidade das tentativas de criminalização da PAGAN e dos seus amigos estrangeiros anti-guerra e anti-NATO, a que temos vindo a assistir nas últimas semanas?

Aproveito para convidar, em nome da PAGAN, todos a estarem presentes na Contra-Cimeira, já nesta 6ªfeira dia 19 no Liceu Camões a partir das 10 horas. Ali falaremos de paz e de como a alcançar enquanto no Parque das Nações os Senhores da Guerra vão exaltar a morte e a destruição. (Programa completo da Contra-cimeira pode ser consultado “AQUI” 

Se amas a paz, APARECE que todos juntos não somos muitos para acabar com a guerra.

18
Nov
10

Os nossos 007’s estão sem chefe

Inconformado com os cortes orçamentais anunciados para 2011, o director do Serviço de Informações Estratégicas da Defesa, Jorge Silva Carvalho, o chefe dos nossos espiões no estrangeiro, bateu com a porta.

18
Nov
10

Palavras a mais

Depois do Teixeira dos Santos ter andado pelos Jornais da Europa a dizer e a desdizer-se, que disse o Cavaco de Boliqueime, “Já existem palavras a mais na vida pública portuguesa e eu não vou acrescentar mais nenhuma”. (Hoje o Passos Papagaio veio dizer o mesmo, só que não se calava a dizer coisas). Realmente este Sr.Silva é perito em não dizer nada e a fugir às responsabilidades do seu cargo quando algo corre mal, mas um falabarato quando se trata de trivialidades. Pior agora que já não passa de um candidato ainda a viver na casa do Presidente.


17
Nov
10

Roda Teixeira, roda

Há uma hora defendia que Portugal poderia ter de recorrer ao Fundo Europeu e ao FMI, logo depois que não vê razões para o país poder necessitar de ajuda. Ou aprendeu com o “Engenheiro” e não tem jeito nenhum para mentir, ou aquela cabeça deve andar tonta de dar tantas voltas e reviravoltas. Não deviamos estranhar, afinal há muito que foi eleito como o pior Ministro de Economia da Europa. Ou será do mundo?
17
Nov
10

O Ministro vai ao mercado

O ministro Teixeira dos Santos realçou ainda que a dívida pública portuguesa tem procura suficiente e que “Portugal vai continuar a ir ao mercado”.  Parece que já o estou a ouvir  a apregoar em Wall Street: “Olha a linda Dívida Pública fresquinha. Olha a dívida Portuguesa acabadinha de chegar. Comprem que está barata. Olha a Dívida Pública.”
Até quando nos vão continuar a fiar?

16
Nov
10

Estado d’Alma

O Ministro Luis Amado justificou as suas palavras na entrevista que deu ao Jornal Expresso por um “estado d’alma”. Talvez tenha sido isso ou simplesmente está a colocar-se a jeito para subir mais uns degraus na carreira.

Os Ministros dos Negócios Estrangeiros são normalmente os menos sofrem com o desgaste do governo e sabendo que este está preso por um fio, nada melhor que vir dar um ar de responsabilidade e oferecer-se para o supremo sacrifício de ser remodelado. O povinho adora estes mártires modernos, e eles adoram as luzes da ribalta politica. Realmente, um “estado d’alma”

16
Nov
10

Uma espécie de Tiririca à portuguesa

O Partido da Nova Democracia (PND) declarou hoje o seu apoio à candidatura de José Manuel Coelho à Presidência da República, sublinhando que o objectivo do deputado regional na ‘corrida’ a Belém é “abanar o sistema”.
Se o Brasil teve um “Tiririca” nas eleições porque não podemos nós ter mais um palhaço.



Indignados Lisboa
Novembro 2010
S T Q Q S S D
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Blog Stats

  • 720.497 hits


<span>%d</span> bloggers like this: