Arquivo de 9 de Janeiro, 2011

09
Jan
11

O regresso da bruxa

“A classe política está completamente descredibilizada”, afirmou Manuela Ferreira Leite, ontem no Porto, no 9º aniversário da presidência de Rui Rio na autarquia. “Os líderes políticos habituaram-se a agradar a todos e isso gera uma falsa esperança”.

Pela primeira vez concordo com a Bruxa Leite quando esta afirma que já ninguém acredita na classe política que temos. Quanto ao agradarem a todos já me parece mais discutível, embora todos nunca deixem de se lembrar que um dia terão de ir a eleições. Basta olhar para o tempo actual para se ver que com aumento de impostos e redução de salários poucos poderão estar satisfeitos. Claro que não se sabe se haverá eleições dentro de meia dúzia de meses ou só daqui a alguns anos, mas os interesses dos grupos económicos sobrepõem-se sempre ao dos cidadãos. A esses sim é sempre necessário agradar ou lá se vão os lugares em administrações e apoios ao partido.
De qualquer forma, só fiz este post porque já tinha saudades de lhe fazer um boneco em forma de bruxa (fica tão bem não fica) e para dizer à senhora que ser moralista e parecer competente é fácil quando se fala de fora, mas ela tem um passado, que conhecemos quer como ministra das finanças ou como da educação, e que nós não esquecemos.

09
Jan
11

Coitadinho do Sr. Silva

Cavaco Silva garantiu ontem que perdeu mais do dobro nas aplicações de poupanças nos bancos do que ganhou com a venda das acções da SLN, o grupo que detinha o BPN.
Mas as grandes explicações sobre a venda daquelas acções em Novembro de 2003 foram dadas pelo ex-presidente do PSD Marques Mendes, revelando que no ano em que o actual PR vendeu as acções por 2,40 cêntimos houve vendas a 2,80.

Agora que já nos vieram dizer que afinal o Cavaco até vendeu barato seria bom saber porque também as comprou baratas, a um euro quando na altura valiam cerca de dois. Talvez uma simpatia do seu ex-secretário de estado, Oliveira e Costa.
Afinal parece que ter um lucro de 140% em dois anos é uma coisa natural apara esta gente. Talvez assim se compreenda como o homem era poupadinho, como um professor conseguia ter tantas poupanças para investir. É que a ser verdade o que ele próprio diz não foram só os tais 105.378 euros, (que renderam de lucro os tais 147.500 euros), que ele investiu na altura. Se perdeu mais do dobro então o homem tinha conseguido poupar mais de 400 mil euros, (os 105.378 que “apostou” mais duas vezes os 147.500 euros que perdeu).  Isso talvez justifique porque os dinheiros a chegar em “paletes” da Europa na altura em que  foi primeiro-ministro também foram perdidos. O homem é um “enterra”, mesmo sendo um professor de economia não acerta uma.
Olhando para aquela figura e saber que perdeu mais de 250 mil euros das suas poupanças deviam fazer que eu estivesse cheio de pena dele, mas honestamente não estou. Tenho é pena deste país dirigido por gente como esta.




Indignados Lisboa
Janeiro 2011
S T Q Q S S D
« Dez   Fev »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Blog Stats

  • 714.328 hits


%d bloggers like this: