Arquivo de 16 de Fevereiro, 2011

16
Fev
11

Entre o Paraiso ou o Inferno escolhe o purgatório.

O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho anunciou esta terça-feira, à saída da reunião com a bancada parlamentar social-democrata, que o partido decidiu não «viabilizar esta pseudo-moção de censura» do Bloco de Esquerda, confirmando o voto de abstenção. «O PSD não está, não esteve e nunca estará à espera de um oportunismo politico para derrubar o governo».

Expliquem-me melhor que eu não estou a perceber bem. Se para o PSD este governo faz tudo mal, se está a conduzir o país para o descalabro total, se tem todas as culpas e responsabilidades, se as sondagens lhe dão uma vitória em eleições, se o Bloco de Esquerda lhe estendeu a passadeira para chegar ao governo, porque não vem em “salvação” do país? Se não gostam do texto que justifica a moção do BE, apresentem uma do PSD.  Tenham a coragem de o fazer, ou então calem-se de vez que tanta hipocrisia já mete nojo.
Digo isto, não porque acredito que um governo do Passos Coelho fosse melhor que o do Sócrates, seria certamente a mesma porcaria ou pior ainda, mas pelo menos que se acabe com este espectáculo degradante de ver alguém afirmar todas as suas virtudes, qualidades e capacidades mas depois recusar assumi-las. Que fique demonstrado de vez que o mal não são (só) as pessoas mas sim as politicas e as soluções que defendem.

16
Fev
11

Moção de censura nuclear

Uma moção de censura que pouco ou nada vale e que todos já conheciam o destino mesmo antes de o ser, acabou por ser uma bomba nuclear para muita gente. Para o BE que a anunciou porque colocou à mostra muitas das fractura que por lá se sentiam, sobretudo da decisão de apoiarem o Manuel Alegre, Para oPSD que acabou por mostrar que há os que querem o poder já e os que preferem deixar passar a tempestade da austeridade mas, como acontece com o CDS, mostrarem preferir o jogo politico a serem a solução daquilo que dizem ser a ruinosa governação socretina do país. Quem deve ter ficado satisfeito foi o PCP que viu o Bloco a ser criticado por todos e o valor de uma sua moção de censura ganhar muito mais importância no futuro. Para os Socretinos foi mais uma oportunidade de mostrarem que não há neste momento nenhuma alternativa à sua governação e ganha mais um tempo para se preparar para o previsível assalto ao poder lá mais para o fim do ano.
E para nós o que fica? Mais do mesmo, mais austeridade e mais cortes nos direitos sociais e uma falta de alternativa de poder que possa fazer frente e ser ganhadora contra o alterne PS/PSD habitual.



Indignados Lisboa
Fevereiro 2011
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  

Blog Stats

  • 716.814 hits


%d bloggers like this: