Arquivo de 12 de Março, 2011

12
Mar
11

Não diz o que pensa nem pensa o que diz

Agora são 365 medidas propostas pelos empresários que o PSD vem apresentar, mas como aconteceu com a proposta de revisão constitucional ou com a lei do trabalho, também estas propostas que apresenta não são as propostas do PSD. Depois logo escolherão as que lhes agradarem mais. Nós nunca sabemos o que realmente o Passos Coelho que está dentro do Passos Coelho, que está dentro de outro Passos Coelho que está dentro de muitos outros pensa.Sabemos sempre o que os outros pensam e ele diz, sem o que diz ser o que pensa. Diz só por dizer.
Já agora fico à espera de que também venha apresentar as 365 medidas propostas pelos trabalhadores, ou será que o que esses pensam e dizem não lhe interessa nada? Essas são as que não pensa nem diz.
Anúncios
12
Mar
11

É rasca surfar a geração à rasca só porque está à rasca

Cavaco Silva veio afirmar que “alguns pretenderam realizar uma interpretação abusiva ou distorcida”, das suas palavras durante o discurso na Assembleia da Republica.
Não sei se é abusivo dizer que o Sr. Silva, tenta “surfar” a manifestação da “Geração à rasca” mas não sei que outra interpretação se pode fazer de “Faço um vibrante apelo aos jovens de Portugal: Ajudem o vosso País! Façam ouvir a vossa voz. Este é o vosso tempo”, Não sei como se podem distorcer estas palavras nem a hipocrisia que contêm. Jovens ou menos jovens todos sabemos o que o Sr. Silva fez e disse ao longo dos tempos, todos nos lembramos dos seus anos de governação e todos sabemos que sempre andou de mão dada com os grandes senhores do capital e com a banca, mesmo da que mostrou ser dirigida pelos maiores salafrários que este país conheceu como são o caso do BPN e do BPP. Sr. Presidente, pode dizer o que desejar que todos sabemos que não é parte da solução mas sim uma das principais causas do problema.
12
Mar
11

Até se vai cagar

Hoje é dia da manifestação, não só da geração à rasca” como nos têm tentado convencer, mas de todo um povo à rasca. Não serão só jovens precários e desempregados que irão encher a Avenida da Liberdade e muitas outras praças de cidades deste país. Todos os que sabem que a culpa de todo o mal deste país são os poucos direitos sociais que ainda restam e  laborais mas sim a ganancia de alguns para quem o lucro nunca é suficiente, também lá terão de estar. Todos os que não compreendem que uns possam ter salários e prémios de milhões enquanto outros têm de trabalhar precáriamente para ganhar salários de miséria, que os grandes especuladores responsáveis pela crise sejam os que mais beneficiem em vez de serem penalizados. Todos os que sabem que este não é o caminho para uma vida com menos pobreza e  mais dignidade. Eu vou.



Indignados Lisboa

Blog Stats

  • 713.590 hits

Anúncios

%d bloggers like this: