Arquivo de 27 de Junho, 2011

27
Jun
11

O vingador banqueiro


“Este e mais um dia de audições do caso em que sete antigos gestores do maior banco privado português foram acusados de falsificação de contas e informação falsa. Jardim Gonçalves foi quem teve um castigo mais elevado. O banco de Portugal decidiu que o ex presidente do BCP não pode exercer funções na área durante nove anos e obrigou ao pagamento de um milhão de euros.”

Para Jorge Jardim Gonçalves «houve todo um processo cientificamente dirigido» por parte do governo de José Sócrates e dos reguladores dos mercados para tomar controlo do Millenium bcp. O objectivo era resolver «dois grandes problemas»: o BPP e o BPN. Em entrevista ao «Correio da Manhã», o ex-patrão do maior banco privado nacional aponta o dedo a José Sócrates e ao seu ministro das Finanças, Teixeira dos Santos; a Vítor Constâncio e a Carlos Tavares, governador do Banco de Portugal e presidente da CMVM, respectivamente.

Mal mudou o governo e já saem dos seus buracos os acusados de corrupção crimes para passar a culpa para outros. Não defendo os Sócrates, Constâncios ou Teixeira dos Santos, mas também não defendo esta gente que andou a abusar do país e de todos nós, sobretudo quando andamos todos de tanga muito por causa deles. Pague esta raça tudo o que roubou e os prejuízos que causou ao país e acusem-se todos aqueles que nos governos lhes abriram as portas e lhes facilitaram a tarefa.

27
Jun
11

Viagens low cost ministrial

O Passos Coelho não desejou voar para a Cimeira Europeia em Classe Executivo e embarcou em classe económica. Os jornais lá foram descobrir que isso nada poupa ao estado já que as viagens governamentais são  oferecidas pela TAP. Desta vez até vou dizer bem de uma decisão do Passos Coelho, não pelo que poupa, mas pela imagem que passa. Se isto for o exemplo que vem de cima, se a poupança em mordomias e luxos for para aplicar ao próprio Passos Coelho e em todo o Estado, se isto se generalizar seria bom e positivo. Temo é que seja como da última vez de um governo PSD/CDS, em que o Paulo Portas decidiu viajar num C130 militar para poupar o dinheiro da viagem. Uma vez sem exemplo, que depois tudo voltou ao que sempre foi e o exemplo não passou de propaganda populista.
Isso se a política deste governo ainda nos aumentarem a despesa na área das viagens. Basta privatizar a TAP e lá se vão as viagens de borla e lá vai o estado ter nova despesa.



Indignados Lisboa

Blog Stats

  • 714.329 hits


%d bloggers like this: