Arquivo de 30 de Junho, 2011

30
Jun
11

A divulgação eventualmente nociva

Este é o ponto 7 do novo Estatuto Editorial do Jornal Expresso. Tem lá mais coisas engraçadas, mas este ponto sete é elucidativo e faz-nos pensar até que ponto chegou a comunicação social, quando um jornal de referencia assume não se reger por critérios jornalísticos, condicionando-o ao político.
Felizmente que há muito deixei de comprar este jornal, mas sabemos que um canal de televisão generalista, a SIC, e um canal somente dedicado a noticias, a SIC Noticias, têm o mesmo patrão, e esse patrão é o executivo dos Bilderberg em Portugal. E, quando olhamos à volta não vemos melhor porque sabemos que cada jornal e cada televisão têm uma agenda política própria.
Seja por omissão ou por manipulação aquilo que nos informam não são factos, mas a visão em que querem que acreditemos. A comunicação social engana e há muito que perdeu a sua função de informar para ganhar a de criar verdades e formatar opiniões. O pior é que funciona e o conseguem fazer com relativa facilidade, como a realidade demonstra.

30
Jun
11

Eles falam, falam, mas… nada muda

Lembro-me de ouvir o actual Presidente da Republica falar da importância da enorme zona marítima de Portugal para o futuro do país, mas não o vi mexer uma palha para tentar salvar os Estaleiros de Viana de Castelo. Ainda recentemente o ouvi falar da necessidade do regresso à terra e de o interior do pais ser de novo repovoado, mas não o ouvi criticar ou contestar o desejo de serem abandonados mais de 800 km de linha de caminho de ferro que o servem. Ontem falou do dever patriótico de  passarmos a consumir produtos portugueses, em detrimento dos comprados ao estrangeiro, mas quem viu na televisão a urgência como milhares de quilos de tomate a eram apanhados para chegarem ao aterro onde seriam destituídos, a tempo de poderem reclamar o pagamento de indemnizações, tudo parecem palavras vãs.
Acredito que no mar há um futuro, que um novo povoamento é possível e que consumir aquilo que produzimos é necessário, mas isso só pode ser feito se forem criadas as condições e as políticas mudarem radicalmente. Palavras levas-as o vento.




Indignados Lisboa

Blog Stats

  • 717.067 hits


%d bloggers like this: