Arquivo de 3 de Setembro, 2011

03
Set
11

Generosas pensões


«O antigo ministro João de Deus Pinheiro defendeu hoje um aumento da idade da reforma, a diminuição da “generosidade das pensões” e o crescimento das contribuições para a Segurança Social, sublinhando que os custos são neste momento “incomportáveis”.»


Se todos tivessemos uma generosa pensão como a dele, na idade em que ele as teve e contribuido como ele contribuiu  para a Segurança Social acredito que todos aceitariamos de bom grado.
Porque é que esta gente não se cala, não se faz de “desaparecida” e fazem os seus jonhinhos de golfe em privado? Respeitem pelo menos aqueles que trabalharam no duro durante toda uma vida para agora subsistirem com pensões de miséria. Há gente que me mete nojo.
Anúncios
03
Set
11

Subserviência agradecida

Até agora o Passos Coelho não me tinha surpreendido nem negativamente, nem positivamente. As minhas expectativas eram de que seria mau Primeiro Ministro, empenhado em destruir tudo o que é público e social para entegar tudo ao grande capital e tem sido isso que tem mostrado. Vê-lo a babar-se em frente da Merkel , subserviente e obediente, fez-me sentir envergonhado como portugues. Ainda somos um país com uma históeia, uma cultura e uma identidade que faz parte daquilo que somos. Ainda não somos uma provincia do Império Alemão.
Passos Coelho não quer os Euro-bonds porque a Merkel é contra, como se fosse dono da Constituição aceita alterála para passar a incorporar um limite para o défice porque a Merkel o exige e vai oferecer-se para lhe vender, a preço de saldo, as maiores e mais lucrativas empresas a privatizar. Agradece-lhe agradecidissimo do fundo do coração a ajuda que deu a Portugal e promete ser um bom menino cumprindo tudo o que exigir. Como se a Merkel tivesse moral para isso. Ainda há pouco tempo andou a acusar-nos de preguiçosos, de termos férias e direitos demais por termos mas esquece-se que o défice, que até estava a baixar de acordo com o acordado na UE, disparou por instruções da propria UE como forma de reagir à cride de 2008. Não importava o défice era necessário investir para não deixar paralizada a economia. Até nos exigiram que, em tempo de crise, o estado financiasse a compra de carros novos para defender a industria automovel alemã. A Merkel sempre pensou mais em como safar a Alemanha sem se preocupar minimamente com a Europa nem com os problemas e pobreza que ajudou a criar em alguns países da união. Quero que a Merkel se lixe porque eu não a elegi para nada. Esta gente não presta e como politicos conduziram-nos ao ponto em que estamos hoje e só nos prometem é mais miséria e pobreza.




Indignados Lisboa
Setembro 2011
S T Q Q S S D
« Ago   Out »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Blog Stats

  • 713.644 hits

Anúncios

%d bloggers like this: