Arquivo de 17 de Setembro, 2011

17
Set
11

O Joe e os Bancos

O presidente da Comissão de Remunerações e Previdências do BCP, Joe Berardo, e que actualmente possui 4,23% do capital desta instituição bancária, deve 400 milhões ao BCP, 250 milhões ao BES e 360 milhões à CGD.

Lembro-me de há uns tempos ter lido a notícia destes três bancos terem andado reunidos para encontrar uma solução para o problema da existência de uma dívida do Berardo de mil milhões que ele não podia pagar. A solução foi juntarem-se para lhe fazer um novo crédito, em condições mais vantajosas que o anterior, para que ele pudesse pagar a divída na altura. Algum tempo depois tudo está na mesma, continua a ter acções, quintas de Budas e a mesma dívida.
Como todos sabemos, quem deve mil euros a um banco tem problemas, mas se deve mil milhões quem tem um problema é o banco, ou melhor, somos todos nós porque de uma maneira ou de outra acabamos por pagar sempre os prejuisos dos bancos. Nada que mais um imposto não resolva.

Anúncios
17
Set
11

O Saca-impostos do Passos Coelho

Depois de na véspera ter afirmado na Assembleia da Republica que ainda não sabe muito bem como vai aplicar a exigência do FMI em baixar a TSU, em quanto o vai fazer e onde vai buscar o dinheiro para cobrir o buraco na segurança-social, era necessário fazer ainda muitos estudos, o Passos Coelho foi para a Polónia anunciar essa baixa e que será o aumento do IVA que o irá financiar.
Já percebemos que este governo pratica a filosofia de que quando o Estado necessita de mais dinheiro, aumenta impostos sem olhar às causas nem às consequências. Neste caso é a falácia da descida da TSU que supostamente deveria possibilitar uma baixa dos preços na produção e assim uma maior competitividade das nossas exportações. Claro que já todos conhecemos as lições do passado e sabemos que esse dinheiro vai ser utilizado para cobrir as dificuldades financeiras que muitas empresas estão a passar em alguns casos e para comprar Ferraris e casas em quintas, sejam elas da Marinha ou da Coelha.
O que este governo parece não se dar conta é que com tanto aumento de impostos e com tantos sacrificios que impôe acaba por matar a galinha dos ovos de ouro. Sem dinheiro os portuguêses não compram, o comércio não vende e as empresas deixam de receber encomendas. Com isto cria-se mais desemprego, com aumento dos custos sociais, e redução de receitas fiscais, quer dos cidadãos quer do comércio e industria. O Estado passa a receber menos, o PIB baixa tornando mais difícil cumprir com as metas do défice para acabar a fazer mais do mesmo; subir ainda mais os impostos.
Podemos por isso estar preparados que para além de novos aumentos brutais de impostos já previstos para 2012 ainda nos vão apresentar a conta de mais 3500 milhões de Euros para compensar a exigência da descida de 8% na TSU.
Não está na hora de irmos todos para a rua fazer-lhes um manguito?



Indignados Lisboa
Setembro 2011
S T Q Q S S D
« Ago   Out »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Blog Stats

  • 711.678 hits

Anúncios

%d bloggers like this: