Arquivo de 29 de Setembro, 2011

29
Set
11

Privatização da Água. Vamos dizer Não

Assunção Cristas garantiu hoje no parlamento que a privatização da Águas de Portugal  vai mesmo avançar. A Ministra da Agricultura e Ambiente, admitiu a possibilidade do preço da água subir, devido à privatização da empresa Águas de Portugal.

Que vendam os anéis, que privatizem a TAP, a ANA, a EDP, a GALP, a Carris, a CP, aREN, etc.  pode ser visto como um disparate e a destruição património que ainda resta ao país. Como dizia o Saramago, “já agora privatizem também a puta-que-os-pariu”, mas o que é inadmissível é que queiram privatizar um bem que não pertence a ninguém, que é a essência da própria vida; a água. Muitos já lhe chama  o petróleo do Século XXI, um bem que se vai tornar cada vez mais escasso (e mais caro).
Com que direito  a querem entregar nas mãos de gente que só pensa em lucro e especulação? Já nem vou falar do custo para os cidadãos e para a idolatrada competitividade das empresas. Falo só do direito à água que é de todos.
Será que o seu futuro dono terá o direito de nos recusar o acesso a esse bem precioso deixando-nos a morrer à sede?
Será que se aproxima o dia em que nos vão recusar um copo de água?

Esta é uma luta que todos temos a obrigação de participar. Não se trata aqui de mais uns euros ao fim do mês ou mais um imposto, (razão que deveria ser mais que suficiente), mas da luta pela água. Que cada um pense nas consequências que daqui podem advir, (vejam como vai subir o preço da electricidade e como têm subido os combustíveis) e vejam se se podem dar ao luxo de ficar em casa no sofá?

Anúncios
29
Set
11

Quem dá uma moedinha ao moedas?

O secretário de Estado adjunto do primeiro-ministro, Carlos Moedas, confirmou hoje que a recessão da economia portuguesa em 2012 vai ser mais profunda do que esperado e poderá mesmo chegar aos 2,5 por cento. «As pessoas em Portugal não vêem o que se passa no dia-a-dia lá fora, com números negativos a sair todos os dias nos Estados Unidos da América, e ao termos esta incerteza, obviamente que os cenários têm de ser modificados, mas não por não estarmos a fazer o que temos de fazer, mas sim pela situação internacional»

Passaram 100 dias e as responsabilidades pela crise que eram todas dos Sócretinos passaram agora para a situação internacional. Quem os ouça até pode pensar que há três meses o mundo era um paraíso, a economia florescia por todo o lado e só Portugal definhava. Só que subitamente tudo se alterou e a crise internacional de 2009 chegou finalmente à sede do PSD e à governação do país. As medidas recessivas, com aumento de impostos e redução de salários em nada influenciam que a economia vá recuar 2,5% (previsão de hoje que depois vai ser ainda muito pior). É tudo culpa daqueles malandros lá de fora, primeiro dos que deram o famoso murro no estômago do Passos Coelho e  agora dos estaladões dos números negativos que brotam da América.
Não fosse porque quem realmente iria sofrer são os que menos têm quase que apetece que este país imploda de vez para ver se este povo finalmente sai para a rua e corre com esta cambada toda a pontapé.




Indignados Lisboa
Setembro 2011
S T Q Q S S D
« Ago   Out »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Blog Stats

  • 712.614 hits

Anúncios

%d bloggers like this: