Arquivo de 8 de Outubro, 2011

08
Out
11

Impostos para uns e recapitalização para outros

Os resgates aos bancos da União Europeia já custaram aos contribuintes quatro biliões de euros desde que em 2008 foi necessário começar com este tipo de ajuda financeira às instituições bancárias. O presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, confirmou a proposta de uma «acção coordenada» para ajudar à recapitalização dos bancos. «Propusemos aos Estados-membros para avançarem com uma acção coordenada para recapitalizarem os bancos e desembaraçarem-se de activos tóxicos».
A chanceler alemã, Angela Merkel, considerou que uma eventual recapitalização dos bancos é “dinheiro bem empregue”.

Afinal é fácil entender porque estamos em austeridade e a fazer sacrifícios. Não há dinheiro para a economia porque o dinheiro é enterrado nos bancos que alegremente vão aumentando os seus lucros. Tanto se falou do BPN, mas esse é uma gota no oceano daquilo que andamos a pagar em nome da recapitalização dos bancos. Usaram e abusaram do crédito fácil, criaram os activos tóxicos que foram negociando para ganhar mais dinheiro fácil até ao dia em que tudo estoirou. O que deveria ter acontecido? Devia-se ter responsabilizados os banqueiros obrigando-os a repor tudo o que ganharam nesse jogo sujo, mas não, a banca nunca podia falir nem os banqueiros ser criticados pelo que a solução foi oferecer-lhes mais dinheiro dos contribuintes. Tiram-se os activos tóxicos e derramam-se sobre os cidadãos e aumentam-se os impostos para encher os cofres dos bancos. O que me custa a entender é como ainda exista quem diga que temos de pagar uma dívida pela qual não fomos responsáveis para enriquecer ainda mais aqueles que foram os verdadeiros responsáveis. Nem a dívida nem a responsabilidade  por ela são nossas pelo que nada temos de pagar.

08
Out
11

A Branca de Neve no Jardim do Bicho da Madeira

 

«A inauguração da sede do Sindicato dos Professores no Funchal, juntou ontem o improvável num mesmo acto oficial – o presidente do Governo da Madeira, Alberto João Jardim, e o líder da Fenprof, Mário Nogueira. “Se o problema da dívida existe, e aqui de dimensão agravada, é bom recordar que não é por responsabilidade de quem, honestamente, tem como quotidiano o trabalho”, referiu no discurso o sindicalista, que ao CM frisou não estar ali a fazer campanha pelo PSD madeirense.»

Até pode não ter estado a ajudar a campanha eleitoral do João Jardim, mas que parecia e que ajudou não restam dúvidas. Basta ter ouvido o Bicho da Madeira referir a sua oposição à avaliação dos professores para perceber que o Mário Nogueira se deixou enrolar mais uma vez. Primeiro quando mordeu a maça envenenada do Memorando de Entendimento que a Sinistra Ministra lhe estendeu e agora quando aceita estar ao lado do “Caçador” que se rebelou contra o governo do seu partido. Desconfio que ele gosta de fazer o papel de Branca de Neve.




Indignados Lisboa
Outubro 2011
S T Q Q S S D
« Set   Nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Blog Stats

  • 714.328 hits


%d bloggers like this: