Arquivo de Outubro, 2011



24
Out
11

Está a chegar a hora de escolher o lado da trincheira

O capitão de Abril Vasco Lourenço que o poder foi tomado por um «bando de mentirosos» e apela aos militares para estarem ao lado da população caso se verifique repressão policial nas ruas. O coronel, actualmente na reserva, acredita que as medidas de austeridade vão gerar convulsão social com repressão da polícia. A confirmar-se esse cenário, Vasco Lourenço espera que os militares estejam do lado da população.
«A população certamente não vai aceitar de bom grado essas medidas e eles vão tentar fazer pressão. Vamos ver como vão reagir as forças de segurança quando tentarem utilizá-las para fazer a repressão, depois espero que os militares tenham a vontade e a força suficiente para, como se passou no Egipto, dizer ‘não’ à repressão», afirmou.


Disseste que não ias admitir tumultos, coelhinho. O pior é se aqueles que esperas que te venham defender virem as armas para o teu lado. Está a chegar a hora de escolher o lado da trincheira em que cada um quer estar. Não te ponhas a pau Coelhinho que ainda vais corrido a pontapé. Já faltou mais.


23
Out
11

Uma estranha Trindade sem nada de Santíssima

O amigo Gustavo Gouveia, nos comentários  a um post, deu a ideia de fazer o boneco da Santíssima Trindade (ST) com o Cavaco, Passos Coelho e Paulo Portas. A primeira coisa que tive de ir procurar é o que raio era essa coisa da ST e descobri que eram o Pai, o Filho e a pomba a que o Alberto Caeiro diz ser a única pomba feia do mundo. O Pai só podia ser mesmo o Sr. Silva, o Filho, o seu descendente partidário e para a pomba o santinho com ar de virgem ofendida do Paulo Portas. Também o símbolo de adoração desta trindade não poderia ser a cruz porque aquilo que eles adoram mesmo é o dinheiro. Grave é que ainda haja quem continue a adorar esta canalha.

23
Out
11

Ser trafulha é feio Sr. Ministro

Miguel Macedo tem um apartamento na zona de Lisboa, em que habita durante a semana. Mas, mesmo assim, recebe um subsídio mensal de habitação de cerca de 1400 euros. O Ministério da Administração Interna (MAI) justifica a legalidade desta situação com o facto de o governante ter a sua residência permanente em Braga.

Esta gente defende que os outros apertem o cinto, que aceitem viver na miséria com cortes nos salários, retirada de subsídios de férias e de Natal, aumentos de impostos e do custo de vida mas para eles mantêm as regalias mesmo que conseguidas através de esquemas e aldrabices. Esta gente que defende que quem ganha 485 euros por mês vive acima das suas possibilidades considera que para ir passar o fim-de-semana a Braga necessita ganhar mais 1400 euros. Esta gente não presta e não nos representa. Correr com eles a pontapé ainda é pouco.

22
Out
11

Chegou a hora de caçar vampiros

São amigos, cresceram juntos, cada um nos Jotas dos seus partidos e ambos chegaram a lideres desses mesmos partidos sem nunca terem feito nada de relevante que o justificasse ou que mostrasse terem a estatura e a qualidade para isso. Um, através da mentira e do descrédito total a que o Sócrates foi votado, ascendeu a Primeiro-ministro, cargo para o qual demonstrou não estar minimamente preparado e a aplicação cega de uma agenda ultra-liberal está a destruir a pouca economia que ainda restava e a conduzir os portugueses à miséria e à fome por muitos e muitos anos. O outro, pelas mesmas razões do seu amigo navega nas águas da confusão, incapaz de fazer uma oposição credível e necessária, (porque não sabe ou não quer) e afirmou, mesmo antes de conhecer o desastroso orçamento do Gasparzinho que a possibilidade de votar contra era de 0,001%. Com o CDS a esconder-se para ver se ninguém se lembra que também eles fazem parte deste governo, os partidos mais à esquerda divididos e sem força para travar o avanço do capitalismo desenfreado só restamos nós, cidadãos para lhes fazer frente. A luta tem de ser feita na ocupação das ruas, no protesto constante e na exigência de uma verdadeira democracia em que sejam respeitados. Já não se trata de uma necessidade, já se trata da própria sobrevivência de muitos milhões. A rua é nossa e temos de a ocupar.

22
Out
11

Abruxadas da velha senhora

Manuela Ferreira Leite não acredita que quando se fala em medidas temporárias «seja por dois ou três anos; devem ser muitos mais anos». Ferreira Leite deixa uma sugestão: «Por que não, durante dois ou três anos, a saúde e a educação serem pagas por todos aqueles que podem pagar?

Lembrando-me da famosa “graçola” da suspensão da democracia lembrei-me de fazer um ditadorzinho mas não resisti a imagem que me vinha à cabeça, a de bruxa. Foi mais forte que eu e e a ideia dela a cozinhar uma poção agradou-me. É que com os critérios de riqueza desta gente muitos nunca poderiam consultar um médico e muitas crianças seriam obrigadas a abandonar os estudos (nem entendo como seria conciliável com o ensino obrigatório). E será que os dois ou três anos dela são iguais aos que não acredita e diz deverem ser muito mais do Ministro?
Com a oposição que temos não vejo forma de travar esta gente, esta loucura liberal dum capitalismo desenfreado. Só as pessoas, condenadas à pobreza e à miséria por esta gente podem mudar este destino. Só juntando-se e ocupando as ruas, exigindo a mudança será possível. Há um movimento por todo o mundo, ocupando ruas e praças exigindo novas democracias cidadãs e o fim do poder financeiro dos especuladores e banqueiros. Já nem a ocultação e a manipulação dos médias o consegue esconder e o movimento alastra tornando-se maior a cada dia. Talvez a luz ao fundo deste túnel repleto de bruxas, múmias e outras personagens do assombro.

21
Out
11

As prendas de Natal do Sr. Ministro

Sei que ainda estamos em Outubro mas todos já compreendemos que para a grande maioria dos portugueses, os tais 99%, o Natal vai ser uma merda, sem dinheiro e sem prendas, mas para o Sr. Ministro vai ser um Natal de abastança com aquilo que nos está a roubar. Pois então feliz Natal Gaspar e espero que te engasgues com alguma espinha do bacalhau ou um osso do peru que pelo andar do trenó é um perigo que nós não vamos correr (nem comer).
21
Out
11

Eurobondes a motor

O presidente Durão Barroso anunciou os planos da Comissão Europeia para criar obrigações europeias, ‘eurobonds’, garantidas pelo orçamento comunitário, para financiar transportes. Não se trata, por isso, do projecto de ‘eurobonds’ em que muitos vêm a salvação para os problemas do euro.

Ainda me lembro do fatídico ano de 2009 em que despoletou a crise do sub-prime e o pânico que se gerou de que a economia mundial podia entrar numa grave recessão económica. Lembro-me de ouvir os pungente apelos ao não protecionismo e da opção de esquecer o défice em favor da luta contra a recessão. Obama, Merkel, Durão Barroso, e todos os outros defensores dos capitais o repetiram e autorizaram a ultrapassagem do limite ao défice. A Alemanha até nos vendeu dois submarinos e foram criadas facilidades e subsídios para incentivar a compra de carros novos.  Salvava-se assim a poderosa industria Alemã e Francesa de automóveis. à custa do aumento dos défices dos outros países. Mal passou a tormenta, logo os mesmos que incentivaram ao aumento do défice foram os mesmos a critica-lo e a exigir medidas duras  para o equilibrar.
Bastou agora o crescimento da Alemanha mostrar algumas debilidades e imediatamente surgem estes eurobonds que vão garantir mercado para a poderosa industria Alemã.
Quem paga manda e todos nós temos de assistir ao empobrecimento de muitos países europeus em nome da sua prosperidade. Afinal o mais caricato de tudo isto é que no fim quem paga somos nós e mesmo assim não mandamos nada.

20
Out
11

Uma personagem e meia

Diogo Freitas do Amaral está muito pouco confiante numa eventual solução para a crise do euro. O facto de Merkel ter “os olhos fechados” é “grave porque a União Europeia deixou de ser uma união de estados subordinados ao princípio da igualdade, para passar a ser directório dirigido por duas pessoas, ou por uma pessoa e meia, porque a segunda vai sempre atrás”, considerou, numa alusão implícita a Nicolas Sarkozy, o presidente francês. “Há outra coisa que me preocupa na senhora Merkel, que é hoje a presidente da UE, embora ninguém tenha votado nela: governa por conferências de imprensa, em vez de o fazer através de decretos ou leis, o que é a primeira vez na história”.

Quando até os paladinos da direita, que a servem e dela se alimentam, começam a dizer aquilo que eu há muito penso tenho de ficar preocupado. Como não acredito que eles tenham virado à esquerda e sei que eu não voltei à direita isso só pode reconhecer que a verdade se tornou tão evidente e tão grave que já nem eles a podem tapar. Há muito que todos sabemos que quem manda na Europa é a Alemanha com a França a reboque. Quando defenderam o Tratado de Lisboa muitos preferiram, não ver, aceitando a submissão à pata germânica de pouco valendo agora as suas lágrimas de crocodilo.

20
Out
11

Um mata, outro esfola e outro aplaude

Cavaco Silva respondeu às questões dos jornalistas sobre como via a eliminação dos subsídios de férias e Natal, nos próximos dois anos, para funcionários públicos e pensionistas, dizendo: “Mudou o Governo mas eu não mudei de opinião.”

Para Cavaco Silva, esta medida é uma “violação de um princípio básico de equidade fiscal”, ou seja, a mesma opinião que o Presidente exprimiu quando o anterior Governo socialista decidiu cortar os vencimentos da função pública entre 3,5% e 10%, este ano.

19
Out
11

Somos governados por drogados?

Bagão Félix considerou hoje que, “no Estado, o último aumento de impostos é sempre o penúltimo: é o último antes do próximo”. O antigo ministro das Finanças afirmou hoje que o Estado está “viciado” em impostos e despesas.

Nós lembramo-nos bem de quando sua Excelência foi Ministro. Nem as receitas extraordinárias impediu que ficasse agarradinho de vez e não há cura de desintoxicação que lhe valha.

19
Out
11

Memórias do passado para não repetir no futuro

O Feiticeiro de Oz continua a ser um filme com personagens que se adaptam perfeitamente ao que têm sido e são os nossos governos. No papel da menina meio-parvinha o Passos Coelho está perfeito, o Leão sem coragem assenta ao Sr. Silv de Boliqueime como uma luva, para o espantalho sem cérebro quem melhor que o Simplesmente Álvaro e para o Homem de Lata sem coração a escolha só podia ser a do Vitor Gaspar. Bem nos prometem uma estrada feita com tijolos de ouro mas tudo o que vemos no horizonte são buracos negros e um túnel que parece não ter fim.
18
Out
11

O que se faz aos ladrões? Prendem-se

Ladrões, gatunos, filhos da puta, muitos são os nomes que chamam a este “gajo” e à corja de que faz parte. Uma corja que não existe só por cá, mas que governa todo o mundo. Eu nem sei como lhe chamar para mostrar a minha indignação, mas também a minha determinação em correr com esta cambada. Eles representam a criação de mais pobreza e mais miséria todos os dias um pouco por todo o lado. No passado dia 15 quase mil cidades por todo o planeta manifestaram-se num protesto contra este sistema e esta cambada. Por cá, pela primeira vez em 36 anos, não acontecia desde o cerco à Assembleia Constituinte em 1975, a escadaria da Assembleia da Republica foi ocupada por participantes numa manifestação. É na rua, na ocupação do espaço publico que está a força de quem deseje fazer a mudança. Temos todos de nos levantar dos sofás, desligar as televisões, sair para a rua e participar na exigência da mudança. Só juntos o podemos fazer.

18
Out
11

Conselho de um Estado doente

O Presidente da República convocou o Conselho de Estado para o próximo dia 25 de Outubro tendo como ordem de trabalhos o tema “Portugal no contexto da crise da Zona Euro”.

Coitado de Portugal com médicos destes  a querer curar os males que afectam o país na crise da Zona Euro. Nunca descobrirão a causa da doença porque a causa são eles mesmos. Eles são o vírus, eles representam o sistema em toda a sua maldade. Eles, a coberto dos seus Bilderbergs, Iluminatis, OpusDeys e Maçonarias causam a pobreza e a miséria que se alastra para defenderem o seu poder e a riqueza de alguns. A cura não está em Conselhos de Estado, em Conselhos de Ministros ou em Cimeiras Europeias, a cura está nas mãos de todos nós, assumindo as nossas responsabilidades e o nosso destino. Depende só de nós.

17
Out
11

Crimes económicos

Durão Barroso quer sanções penais para abusos financeiros…Quando foi 1º Ministro de Portugal e deixou um défice de 7%.

Nos últimos dias tem-se falado muito na criminalização das más práticas governativas e económicas por uma única razão; José Sócrates. Esquecem é que muitos outros também têm telhados de vidro e talvez fosse bom começar-se pelo principio do fim a que estamos sujeitos hoje, o Sr.Silva de Boliqueime. Depois é só fazer a lista dos Primeiros-Ministros desde então e colocar-lhes as algemas. Aproveitava-se também para acusar desde já o Passos Coelho antes que tudo que é economia em Portugal esteja completamente destruído.

17
Out
11

Nota blogosférica de 16OUT2011

Ai fim de seis anos falhei hoje pela primeira vez a colocação de um post, mas foi por uma boa causa; Participei na manifestação Internacional do 15 de Outubro, na Assembleia Popular, na vigília que se seguiu e na ocupação do espaço público durante todo o domingo e só agora cheguei a casa.  Tinha preparado uns posts para serem lançados automaticamente durante estes dias mas já não chegaram ao dia de hoje. Vou agora tentar recuperar o tempo perdido, ou melhor ganho.




Indignados Lisboa
Outubro 2011
S T Q Q S S D
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Blog Stats

  • 720.497 hits


<span>%d</span> bloggers like this: