Arquivo de Março, 2012

31
Mar
12

Para os bons negócios nunca há crise

31
Mar
12

E a economia pufft

Neo-liberal por principio, incapaz por natureza, chegou ao governo sob a aura de super-ministro num super-ministério a dizer “Chamem-me Álvaro”, sorridente, jovial, convicto. Nem um ano depois já anda fugidio, zangado, agressivo tentando camuflando-se por detrás da arrogância dos fracos. Apontado e desrespeitado por todos, do Sr. António do café aos próprios ministros. Patético.

30
Mar
12

Têm tudo e afinal não sabem nada

O relatório do Serviço de Informações de Segurança (SIS) a antecipar os riscos e ameaças dos “grupos antiglobalização” para a greve geral de dia 22 previa violência, caos, ruas bloqueadas e explosões. Para os espiões, as forças de segurança deveriam preparar-se para ruas bloqueadas em Lisboa e para o rebentamento de cocktails Molotov. O documento, classificado como “confidencial”, foi distribuído a PJ, GNR, PSP, SE e ministros da Administração Interna e da Justiça e deveria servir de base de planeamento para a PSP – que há um ano se prepara para uma onda de contestação social que previu ser a maior dos últimos 30 anos.

Poderá isto justificar a desproporcionada carga policial que aconteceu no Chiado (vídeo)? Será que os policias estavam assim tão alarmados e assustados que confundiram ovos com cocktails Molotov?
Espiões, câmaras, escutas, vigilância, infiltrados por tudo o que é movimento social e no fim o grande temporal anunciado não passou de uma bufa. É verdade que já todos sabem que telefones, mails, e redes sociais são vigiados, bem como conhecem os infiltrados que por aí andam, e que a unica comunicação segura é aquela feita presencialmente, mas os movimentos sociais que existem já provaram, apesar da prática de alguma desobediência civil light para conseguirem alguma visibilidade nos órgãos de informação,  ser pacíficos. Fazem, também eles, parte dos movimentos internacionais que acreditam que é pela ocupação do espaço público, pela presença e pelo protesto pacifico que poderão exigir uma democracia mais participativa e uma mudança neste sistema injusto e canibalizado pelas grandes corporações. Pacifico porque acreditam que só assim todos os que se sintam indignados com o sistema podem sentir-se seguros para ocuparem as ruas e praças conquistando a mudança, não pela força da violência, mas pela força das palavras, das ideias e dos direitos.
O SIS pode fazer os seus relatórios alarmistas, a policia pode tentar provocar o confronto por se sentirem mais à vontade a bater que a pensar e o Ministro pode tentar esconder as suas responsabilidades, que o que realmente ressalta de tudo isto é a sua incapacidade de compreender o que se passa e de encontrar soluções não violentas para calar a indignação. O que ressalta disto é que o poder começa a temer a rua.

30
Mar
12

A hidra do racismo

O Governo alemão chegou a um acordo para reduzir o salário mínimo dos trabalhadores qualificados naturais de países fora da União Europeia e que são contratados por empresas da Alemanha, dos actuais 66 mil euros anuais para 44.800 euros. O diário “Financial Times Deutschland” revela hoje que os partidos da coligação governamental, liderada pela chanceler Angela Merkel, decidiu adoptar esta medida devido à falta de mão-de-obra qualificada no país e à forte procura das empresas locais.

Uma Europa que se apregoa de paladina da Liberdade, da Democracia e da Justiça paga salários diferentes baseado na naturalidade de quem trabalha. Há mentalidades que parecem enraizadas e já causaram a morte a muitos milhões num passado ainda recente.

29
Mar
12

Porque só nos saiem Pinóquios?

O primeiro-ministro anunciou hoje que o Governo vai aprovar na quinta-feira uma proposta de Orçamento rectificativo que não inclui mais medidas de austeridade e que prevê uma recessão de 3,3 por cento para este ano.

«O Governo está disponível “para tomar medidas adicionais que se revelem necessárias para garantir a execução orçamental adequada” em 2012. A afirmação foi feita pelo próprio Ministério das Finanças no documento sobre a 3.ª avaliação trimestral do Programa de Ajustamento Económico.»

No orçamento para 2012 a previsão era de 2,8%, já vai nos 3,3%, a Agência Fitch já prevê 3,7 e eu que não entendo nada de finanças e de economia apostava que vai ultrapassar em muitos os 4%. Que o Passos Coelho não saiba o que diz e minta com todos os dentes é coisa que não surpreende ninguém, afinal ainda não fez outra coisa desde que foi eleito, agora de um Ministro das Finança esperara-se um maior rigor nos números e nas previsões, mas acredito que corremos o risco de uma vez mais, como aconteceu com o Teixeira dos Santos que não acertava uma, de voltarmos a ver um nosso Ministro das Finanças ser considerado o pior da Europa.

29
Mar
12

BPN, Banco Português das Negociatas

No mesmo dia que a União Europeia autorizou a venda do BPN ao BIC, o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho afirmou que «Fico muito satisfeito porque foi possível salvar o BPN».

Por este andar ainda tornam o Passos Coelho sócio honorário da Associação de Defesa dos Banqueiros. É que satisfeito mesmo deve estar o Mira Amaral pelo belo negócio que fez à custa do dinheiro público.

28
Mar
12

A Troika Mata

O ministro da Saúde. Paulo Macedo, admitiu este sábado que a crise pode levar a um aumento dos casos de tuberculose em Portugal.  «As condições sociais têm influência nesta doença, que tem tido uma evolução positiva em Portugal»

Já aqui o tinha dito, o FMI, o Neo-liberalismo, o Capitalismo, a Mercadocracia, matam. Quanto mais se corta no serviço público, nos apoios sociais e se promove a pobreza e na miséria mais gente morrerá. Será que um governo que aceita como danos colaterais à sua politica a condenação a uma morte antecipada não tem legitimidade para governar. Demitam-se antes que sejam outros a despedi-los.




%d bloggers like this: