02
Mar
12

Os novos pobres

Cavaco Silva entende que há «um conjunto de pessoas, a que chamamos agora os novos pobres», a quem «é impossível impor mais austeridade». O Presidente da República considera ainda que essas pessoas «são aquelas que são mais atingidas por medidas, não tendo, às vezes, em conta a especificidade de cada grupo». Cavaco conclui: «é preciso olhar às pessoas».

Custa a entender quem um dia diz que as pessoas não podem suportar mais austeridade e no dia seguinte aprova orçamentos anti-constitucionais para garantir que essa austeridade é aplicada e Portugal cumpre e supera as medidas impostas pela Troika e pelos mercados financeiros especuladores. Quem aceita que um Primeiro-ministro diga que trabalha para empobrecer um povo, sabe que o desemprego vai disparar e a economia definhar provocando mais miséria não pode vir depois mostrar-se preocupado com os novos pobres. Ou, talvez esteja a falar de si próprio, afinal o pobre homem já nos disse as suas pensões não dão para as suas despesas no fim do mês. Será que é a ele próprio e à sua Maria que chama de “novos pobres”?


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


Indignados Lisboa

Blog Stats

  • 722.037 hits


%d bloggers like this: