Arquivo de 10 de Abril, 2012

10
Abr
12

Os Artistas da mentira

O primeiro-ministro admitiu, numa entrevista ao jornal alemão “Die Welt”, que Portugal pode não regressar aos mercados em 2013 e lembrou que se for necessário está garantida a ajuda financeira do FMI e da União Europeia.O ministro-Adjunto dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, garantiu que “Portugal está e vai conseguir cumprir o programa” da troika e que “em Setembro de 2013 voltará aos mercados”.Há o discurso para estrangeiro ouvir e outro para enganar os portugueses. Embora tentem continuar a atirar areia para os olhos de todos nós, já é evidente que Portugal vai receber uma nova ajuda e com ela um novo acordo com a Troika o que equivale a mais sacrifícios, mais austeridade e mais perda de direitos . Podemos por isso esperar mais pobreza, desemprego, precariedade e miséria se nada for feito e os únicos que o podem fazer somos todos nós. Vem aí o 25 de Abril, o 1ºMaio e a Primavera Global com o dia 12 como epicentro de todos os protestos e todas as alternativas. Só com todos a ocuparem as ruas e os espaços públicos poderemos correr com esta canalha e derrubar este sistema e implantar uma democracia verdadeira em que a nossa palavra e os nossos desejos sejam respeitados.

Anúncios
10
Abr
12

Não há vida sem água

A ministra da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território, Assunção Cristas, reafirmou o interesse do Governo em concessionar os serviços de abastecimento de água, Assunção Cristas sustentou que o preço terá “de reflectir o custo” desse abastecimento, pelo que  inevitavelmente esse preço terá de aumentar.

Tudo pode e deve ser privatizado até a água um bem essencial à vida. Não existe limite na ganancia desta gente. Começa-se por, inevitavelmente, aumentar o preço da água para que o negócio se torne mais atractivo e lucrativo para aqueles que vierem a ser os seus donos. A água, um bem publico e que devia ser de todos vai ser entregue nas mãos gulosas de alguns que, como aconteceu com os combustiveis e está a começar a acontecer com a electricidade, poderão aumentar os preços a seu belo prazer por não nos deixarem qualquer alternativa. É pagar ou morrer de sede.
Até quando vamos aceitar que sejam alguns a enriquecer com aquilo que devia ser de todos? Até quando vamos permitir que a especulação e a ganancia nos roubem os nossos direitos e até os bens essenciais à vida? Se há luta que valha a pena lutar e em que não podemos vacilar é esta. Ou confiam que os grandes tubarões da finança não vão utilizar a água para nos roubarem uma vez mais?




Indignados Lisboa

Blog Stats

  • 711.190 hits

Anúncios

%d bloggers like this: