30
Maio
12

Tourada à Portuguesa

 

No passado dia 21/03/2012 foi publicada no  Diário da República a lista dos subsídios atribuídos pelo IFAP no 2.º  semestre de 2011, tal como se havia publicado a listagem relativa ao 1.º semestre de 2011 no dia 26/09/2011. No ano de 2011 o IFAP atribuiu subsídios no valor de €9.823.004,34 às empresas e membros das famílias da tauromaquia.

Ortigão Costa – 1.236.214,63 €
Lupi – 980.437,77 €
Passanha – 735.847,05 €
Palha – 772.579,22 €
Ribeiro Telles – 472.777,55 €
Câmara – 915.637,78 €
Veiga Teixeira – 635.390,94 €
Freixo – 568.929,14 €
Cunhal Patrício – 172.798,71 €
Brito Paes – 441.838,32 €
Pinheiro Caldeira – 125.467,45 €
Dias Coutinho – 389.712,42 €
Cortes de Moura – 313.676,87 €
Rego Botelho – 420.673,80 €
Cardoso Charrua – 80.759,12 €
Romão Moura – 248.378,56 €
Brito Vinhas – 53.686,78 €
Romão Tenório – 283.173,89 €
Sousa Cabral – 318.257,79 €
Varela Crujo – 188.957,35 €
Assunção Coimbra – 330.789,44 €
Murteira – 137.019,76 €


Uma vez mais, quando se sabe que falta dinheiro para a saúde, educação, emprego, apoios sociais, desenvolvimento e até para combater a galopante pobreza e a miséria existem 10 milhões para a brutalidade, desumanidade e vergonha que as touradas representam. Os sacrifícios são para todos, dizem eles, mas os únicos sacrificados aqui somos todos nós e claro o touro.

Anúncios

2 Responses to “Tourada à Portuguesa”


  1. 1 João Dias Coutinho
    Maio 30, 2012 às 15:29

    Exmo. Senhor,

    É natural que na propaganda política e social, a informação seja usada da forma que mais convém ao propagandista.
    Dado que estou mais ou menos dentro do assunto a que o senhor se refere, não posso de deixar de expressar a minha surpresa ao ver os números que apresenta.
    A honestidade é uma virtude que deve revestir todos os homens dignos. Em nome dessa honestidade, peço-lhe que me explique os valores a que se refere. Foram atribuídos aos criadores só pela criação de toiros bravos ou são o conjunto de subsídios atribuídos a empresas agrícolas em que o seu proprietário, além da criação de toiros bravos, desenvolve outras actividades agro-pecuárias?

    Sem mais,

    J. Dias Coutinho

  2. 2 Kaos
    Maio 31, 2012 às 00:09

    Caro J. Dias Coutinho
    Não duvido que esses subsidios também cubram outras actividades agro-pecuárias mas isso não invalida que sejam do montante referido no post e muito elevados. Ainda recentemente ouvi um criador de gado (tinha 25 animais se não me engano) do Palnalto Mirandês a falar na rádio das dificuldades porque estão a passar devido à seca e que do subsidio do ano passado (1500 euros) ainda não o recebeu e que para este ano só existem promessas mas nada de ajudas. Veja-se que num caso falamos de 1500 euros no outro há subsidios que ultrapassam o milhão de euros.
    Quanto ao que me pede não posso dar essa informação, mas que eu saiba não é publicado no Diário da Republica o nome e montante de todos os agricultores a quem são atribuidos subsidios pelo que há certamente alguma diferença e a única que vejo e a de fazerem criação de animais para touradas.
    São quase 10 milhões para 22 produtores e 10 milhões é muito dinheiro quando se cortam pensões, salários e prestações sociais. Sei que para quem ganaha milhares de euros pode não parecer muito dinheiro mas para quem passa por grandes dificuldades é uma fortuna.
    Kaos


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


Indignados Lisboa
Maio 2012
S T Q Q S S D
« Abr   Jun »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Blog Stats

  • 694,924 hits


%d bloggers like this: