Arquivo de 20 de Junho, 2012

20
Jun
12

A inocência da santidade

 

A Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) deverá votar hoje, a deliberação final sobre o caso das alegadas pressões ilícitas do ministro-adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, sobre o jornal “Público”, (ameaçando publicar na Internet dados pessoais e privados de uma jornalista), para impedir a publicação de notícias sobre o seu eventual envolvimento no caso das secretas. Ao que o SOL apurou a conclusão a que chegaram os técnicos da ERC e que consta do relatório, é que Miguel Relvas não tentou pressionar o jornal Público.

Recorde-se que o conselho regulador da ERC é presidido por Carlos Magno e tem entre os seus vogais a ex-jornalista e jurista Raquel Alexandra, amiga pessoal de Miguel Relvas. Além destes dois membros, o conselho regulador é composto por Arons de Carvalho, Maria Roseira Gonçalves e Rui Gomes.

Só me pergunto é porque perdem tempo a fazer estes relatórios, reuniões e votações se já todos sabem o resultado mesmo antes de se iniciar o processo. É claro que o Relvas é um anjinho.

20
Jun
12

Proposta mal cheirosa

O economista Miguel Cadilhe sugeriu hoje a criação de um novo imposto este ano em cerca de 4,0 por cento da riqueza do país e pago por todos os portugueses de uma só vez. O ex-ministro das Finanças,Miguel Cadilhe, que se dirigia ao Governo e ao parlamento num seminário sobre um ano de programa de assistência financeira a Portugal a decorrer no senado da Assembleia da República, sugeriu hoje a criação de um novo imposto de 4,0 por cento sobre a riqueza líquida em ‘one shot’ [de uma só vez]», classificando-o como um «tributo de solidariedade» dos portugueses.

Como não gosto de ser mal educado e o que me apetecia era mandar este gajo à merda escolhi este boneco para não ter de o dizer por escrito. É que daquela cabecinha só sai mesmo bosta e da mais mal cheirosa. Certamente que para ele contribuir com 4% de tudo aquilo que ganha não lhe causaria grandes problemas, não o faria perder a casa nem fazer a sua família passar fome, mas para quem já vive com a corda no pescoço seria apertar ainda mais o nó. Que se lixe a boa educação, afinal sempre o vou mandar à merda. Vá à merda Sr. Cadilhe




Indignados Lisboa

Blog Stats

  • 714.350 hits


%d bloggers like this: