27
Jun
12

Um Eixo para o Iraque


“Portugal não representa meramente um mercado de cerca de 10 milhões de consumidores. Tem um conjunto de relações privilegiadas a nível cultural, linguístico, económico e empresarial com várias regiões do globo, passando pelos países de expressão oficial portuguesa, pelo norte de África e o continente americano, pelo que nos devemos posicionar como eixo geoeconómico estratégico entre o Iraque e estes espaços regionais”, afirmou o ministro Álvaro Santo Pereira.
»

Oh homem, vai vender pasteis de nata para o Canadá e cala-te. É que de uma personagem cómica já está a atingir o ridículo. «Portugal pode posicionar-se como um “eixo geoeconómico estratégico” para o Iraque, através da geografias com as quais tem “relações privilegiadas”. Interne-se o Ministro ou melhor enviem-no como delegado comercial permanente para o Iraque. Só fico com pena é dos Iraquianos que depois de uma invasão dos Americanos teriam de sofrer uma provação ainda maior, aturar o Álvaro.

 

 

Anúncios

0 Responses to “Um Eixo para o Iraque”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


Indignados Lisboa

Blog Stats

  • 698,839 hits


%d bloggers like this: