Arquivo de 14 de Agosto, 2012

14
Ago
12

Queremos assumir o nosso destino

Todos andam muito preocupados a discutir finanças e economia para encontrarem a solução para a crise, desemprego, precariedade, recessão, pobreza e sobretudo para se saber como pagar a divida externa. O que ninguém parece querer discutir é aquilo que poderia fornecer a solução para todos esses problemas; a democracia. Continuamos a eleger gente neste sistema bipolar e de alterne em que tudo prometem em campanha para depois fazerem o que querem sem sequer se darem ao trabalho de disfarçar. Fazem negócios, endividam-se, desbaratam o que é nosso sempre protegidos pela comunicação social que controlam, pela força das leis que fazem para os servir e da policia que as fazem cumprir. O melhor que nos permitem é alguns desfiles bem educados na Avenida em dias marcados, umas greves e alternar entre dois poderes que comem da mesma malga. Os novos eleitos vêm clamar contra o estado em que os seus antecessores deixaram o país, retiram-nos direitos, aumentam impostos porque a culpa e a divida são do país e por isso nossas. Uma divida que foi feita sem nos perguntarem nada, sem sequer nos informarem de nada e que agora tem de ser paga também sem nos perguntarem nada. Nem se a queremos pagar, como a queremos pagar, ou o que decidimos fazer para a poder pagar.
Se o sistema permite que nos endividem sem nossa autorização, porque havemos de continuar a confiar nesse mesmo sistema? Se ele não nos dá o controlo sobre as nossas vidas e sobre as acções de quem nos governa como podemos considerar que esta democracia é um sistema que nos represente? Está por isso na hora de exigirmos mudanças, não só nas caras de quem nos governa mas na própria forma de como a governação é exercida e as decisões tomadas. Queremos fazer parte do processo de decisão para assim assumirmos pessoalmente e conscientemente as escolhas feitas. Até lá é um engano a divida que dizem que temos e um roubo a austeridade que nos impõem. Exigimos uma democracia verdadeira e participativa pois todos os que têm sido eleitos têm mostrado não possuir as qualidades, a honra e a honestidade que nos permita confiar neles. Queremos assumir nas nossas mãos o nosso destino. Indigna-te e exige.

14
Ago
12

Vamos de mal a pior

Numa votação em real time no site do Económico que juntou mais de 11.000 votos válidos, José Sócrates foi votado como o melhor primeiro-ministro. Mário Soares pode ter conseguido estabilizar o país no período pós-revolucionário, Cavaco Silva ter sido o primeiro a conseguir completar um mandato, Durão Barroso até pode ter saído de São Bento para a presidência da Comissão Europeia, mas foi José Sócrates o escolhido, pelos leitores do Económico, como o melhor primeiro-ministro do país. Passos Coelho e Santana Lopes fecharam o pódio.

Isto nem o valor de uma sondagem tem e sabemos bem o valor que elas têm, mas num país de “alterne político”, não me admira nada o resultado desta votação. Sócrates foi um aldrabão que nos lixou a todos, e quando saiu do poder saiu quase escorraçado, mas esta corja que lá está agora consegue estar a fazer ainda pior. Continua o compadrio, a existir os “amigos”e os negócios pouco transparentes com a agravante de não mostrarem qualquer vergonha, competência, respeito pelas pessoas ou pesar pela miséria que criam, destruindo direitos, o estado social e a economia.
Não estará na hora de não olharmos para a governação como um jogo em que agora governa um, depois governa o outro mas decidirmos que esta gente que está ao serviço dos grandes grupos económicos e dos mercados não nos serve e só nos cria mais problemas que aqueles que resolve? Não está na hora de dizer que, se aqueles que nos têm governado nos colocaram na situação em que estamos, os que governam agora nos dizem que todos temos uma divida para pagar, então que digamos nós que não queremos continuar num sistema que permitiu que isso acontecesse e que a partir de agora assumimos o controlo das decisões que dizem respeito ao nosso futuro? Se vivemos numa democracia temos direito a exigi-lo.




Indignados Lisboa

Blog Stats

  • 713.924 hits


%d bloggers like this: