Arquivo de 1 de Novembro, 2012

01
Nov
12

O novo Cabeça de Abóbora

 

Recentemente fiz um boneco sobre o Vitor Gaspar se ter sentido insultado por dois deputados terem dito que a sua prepotência lhes fazia lembrar coisas do antigo regime. Hoje lembrei-me que afinal hoje as coisas não são muito diferentes, afinal temos um Vitor mais Salazar que Gaspar e um Presidente bem parecido com o velho Cabeça de Abóbora, como “ternuramente” muitos lhe chamavam. O Américo Tomás tinha o condão de conseguir falar sem dizer nada, e uma das suas mais brilhantes conclusões, foi a de quando chegava a uma terra para fazer um discurso começava muitas vezes com a frase, “Hoje é a primeira vez que aqui venho desde a última vez que aqui estive”. O Cabeça de Abóbora actual, se não diz coisas destas, também não cumpre com os seus deveres de defender a legitimidade constitucional. Não se lhe pede mais nada, mas que pelo menos defenda a Constituição que jurou defender e fazer cumprir.No mínimo uma figura patética num momento em que necessitávamos de ter na Presidência alguém que travasse a destruição de Portugal.

Anúncios
01
Nov
12

Manifestação contra a Pilhagem

 

 Chegado agora a casa da manifestação contra o Orçamento, um pouco desiludido porque não teve a força de outros dias, com a CGTP e o Movimento Que se Lixe a Troika a fazerem os seus discursos há hora combinada e a irem-se embora não fosse o diabo tece-las e depois aquilo que já se está a tornar num Carnaval com o derrube das barreiras, o reforço policial, umas garrafas pelo ar, a fogueira e o ficar por ali a ver morrer o protesto a pouco e pouco. Fui ficando e quando saí, já depois da meia-noite estavam meia dúzia de pessoas sentadas no fundo das escadas do parlamento e alguns policias a fazerem-lhe guarda. Valeu a pena porque foi mais uma mas não tenho a certeza se acabará por mobilizar ou desmobilizar gente para uma próxima. Falo disso porque imprimi este boneco e foi com ele que me andei a passear, feito palhaço, durante todo o tempo. Não era o ideal mas era o que tinha à mão e pretende mostrar a autentica pilhagem a que temos sido submetidos pelos ditos mercados com a ajuda dos capangas lá de fora, como a Frau Merkel e dos traidores cá de dentro como o Passos Coelho, Paulo Portas, Vitor Gaspar e tantos outros, da politica à banca e da Comunicação social à justiça.




Indignados Lisboa
Novembro 2012
S T Q Q S S D
« Out   Dez »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Blog Stats

  • 712.116 hits

Anúncios

%d bloggers like this: