01
Nov
12

O novo Cabeça de Abóbora

 

Recentemente fiz um boneco sobre o Vitor Gaspar se ter sentido insultado por dois deputados terem dito que a sua prepotência lhes fazia lembrar coisas do antigo regime. Hoje lembrei-me que afinal hoje as coisas não são muito diferentes, afinal temos um Vitor mais Salazar que Gaspar e um Presidente bem parecido com o velho Cabeça de Abóbora, como “ternuramente” muitos lhe chamavam. O Américo Tomás tinha o condão de conseguir falar sem dizer nada, e uma das suas mais brilhantes conclusões, foi a de quando chegava a uma terra para fazer um discurso começava muitas vezes com a frase, “Hoje é a primeira vez que aqui venho desde a última vez que aqui estive”. O Cabeça de Abóbora actual, se não diz coisas destas, também não cumpre com os seus deveres de defender a legitimidade constitucional. Não se lhe pede mais nada, mas que pelo menos defenda a Constituição que jurou defender e fazer cumprir.No mínimo uma figura patética num momento em que necessitávamos de ter na Presidência alguém que travasse a destruição de Portugal.


0 Responses to “O novo Cabeça de Abóbora”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: