Arquivo de Novembro, 2012



22
Nov
12

Bater o pé…com pólvora seca

 

Esta cambada que todos os dias anda a vender Portugal a saldos aos grandes interesses económicos a a transformar o país numa zona de baixos salários e trabalho sem direitos, que todos os dias lambe a sola das botas à Merkel e aos seus preciosos mercados vêm agora armar-se em fortes quando se trata de discutir o Orçamento da união Europeia. A perspectiva de receberem mais uns milhões para forrar os bolsos de alguns é coisa que lhes interessa e uma boa altura para se mostrarem preocupados com o país. Acreditam que com isso os portugueses se vão unir em torno deles para lutar por mais uns milhões. Por mim bem podem meter esses milhões num sitio que eu cá sei, porque também sei que não passam de uns bandalhos que têm de ser corridos. Isso vale muito mais que o dinheiro da UE. Já vimos os resultados que a vinda desses milhões deram em Portugal. Ricos mais ricos e um povo cada vez mais estrangulado pelo uso desse dinheiro na destruição da agricultura, pescas e industria. Só falta ver utilizarem essas verbas para destruírem o estado social e aumentarem as filas de desempregados.

 

22
Nov
12

Direitos, liberdades e garantias. O que é isso?

 

A direcção de informação da RTP, liderada por Nuno Santos, apresentou a sua demissão em bloco. A decisão prende-se com uma divergência sobre imagens da manifestação em frente à Assembleia da República no dia da greve geral. Estas, diz a administração foram facultadas por membros da direcção de informação “a elementos estranhos à empresa”.  Foi ainda considerado uma “acção abusiva” e uma “quebra grave das responsabilidades inerentes à cadeia hierárquica” da RTP, podendo ser “uma violação dos direitos, liberdades e garantias”.

Esta gente já não respeita nada, liberdade, democracia, direitos, justiça, legalidade, decência. Este Ministro com uma cara que podia fazer um filme de oficial Nazy sem ter de se mascarar já eu provas de que para ele vale tudo e que tudo pode ser feito sem respeitar nada nem ninguém. Este personagem não renega a violência e até, em alguns casos, a parece promover como aconteceu no Chiado e já se começa a notar ter voltado a acontecer no dia 14, dia da Greve Geral. Aliás em todos os dias de greve geral a violência saiu à rua e em todos eles elementos infiltrados foram fotografados e/ou filmados a promoverem essa mesma violência para posteriormente justificar acções policiais. Assim garantem a abertura dos telejornais e o atirar para segundo plano a luta de um povo pela defesa dos seus direitos, postos de trabalho, dignidade e condições de vida.
Mais uma vez digo que estamos  a ser governados por gente que não presta, gente disposta a tudo para segurar o poder e ter um ministro como o Miguel Macedo à frente das polícias garante que o desrespeito pela lei e pelos direitos dos cidadãos pode acontecer a qualquer momento. Quero posso e mando pelo que está na hora de lhe explicarmos que quem manda aqui somos nós e corrermos a pontapé.

21
Nov
12

A festa da austeridade

 

Ia mais uma vez chamar nomes feios a esta gente pelos ataques que têm vindo a fazer aos povos, empobrecendo-os, cortando-lhes todos os direitos e destruindo o estado social, tudo em nome dos mercados e da ganancia de lucro de alguns. Li as notícias, imaginei o que ia dizer e comecei a procurar a imagem e a fazer o boneco. Agora que tenho o boneco já não tenho vontade de ir procurar as noticias e as declarações destes abutres nem repensar no que lhes queria chamar. Mais uma vez fica o boneco e cada um que imagine o texto que desejar. Desculpem lá, mas ando sem tempo, sem cabeça e sem paciência.

21
Nov
12

A canção dos gatunos

A direcção do PSD voltou esta noite a apelar a António José Seguro que participe no debate sobre a redefinição das funções do Estado, argumentando que o PS tem “responsabilidades especiais” e a “obrigação” de entrar nessa discussão. “Existe a obrigação de todos de participarem no debate estrutural do Estado por razões de qualidade dos serviços e também por razões orçamentais”, disse Moreira da Silva, lembrando que a maioria quer concluir essa redefinição “do ponto de vista conceptual das funções do Esrtado” até Fevereiro. Num reiterado apelo ao secretário-geral socialista, António José Seguro, o vice-presidente do PSD repetiu: “O PS não pode deixar de estar presente”. O Governo quer cortar até 2014 quatro mil milhões de euros em despesa.
Moreira da Silva desafiou ainda os socialistas “a clarificarem” a sua posição sobre a despesa pública. ” Ou assumem que querem reduzir a despesa para evitar aumentar impostos, como nós queremos, ou decidem que não se deve reduzir despesa mas têm que assumir que querem aumento de impostos”,Esta gente é mesmo reles. Primeiro sobem os Impostos a um nível que se torna insuportável para os cidadãos e para a própria economia do país, destruindo empregos e empresas e agora vêm matar o estado social com a ameaça de ou isso ou mais impostos. Esta “refundação do Estado Social” que querem ter pronta até Fevereiro vai ser mais um ataque à dignidade e a condenação à mais profunda miséria e até à morte de milhares de cidadãos. É por o saberem e também porque para muitas das mudanças que desejam fazer necessitarem de alterar a Constituição que esta cambada de gatunos vem pedir batatinhas ao PS. Assustador é saber que este PS não é de confiança e, em troca de alguns favores ainda lhes faz o favor. Se o país já está mal, se as pessoas já passam por enormes dificuldades imagine-se o desespero quando as reformas forem cortadas, o Serviço Nacional de Saúde e a Escola Pública destruídos e os apoios sociais cancelados. Claro que tudo isto não será feito de uma vez só, mas vai ser colocada a primeira tábua no caixão onde nos pretendem enterrar. Ou se calhar nem isso porque, para está escória da sociedade que assaltou o poder, uma vala comum serve-nos muito bem.
Está na hora de dizermos definitivamente não, de correr com a bandidagem e construir uma sociedade mais justa, mais assente numa verdadeira democracia participativa, na liberdade de escolhermos o nosso próprio caminho e na dignidade de todo os ser humano. Não pode ficar para amanhã tem de começar já hoje e todos, mas mesmo todos, têm de sair para a rua impondo a mudança.
21
Nov
12

Porque não te calas, pentelheiro

 

Este pentelheiro, como tantos outros que há décadas mamam do nosso dinheiro, que vivem como nababo, que se vendem e vendem o país por dez réis de mel coado podiam ao menos estar calados. Ficavam lá no seu cantinho a mamar mas tinham a decência de pelo menos não virem mandar postas de pescada a dizer o que nós temos ou não temos de fazer. Não encontro o artigo do jornal onde vinham as suas declarações, mas lembro-me que quando as vi só me apeteceu mandá-lo bugiar (para não dizer para o órgão sexual masculino adjacente ao tal pentelho de que ele falou). Esta gente não presta, não consegue ser sequer humana e por isso não faz parte de nós. Esta gente é para escorraçar pois só a sua presença é nociva. Esta gente tem egos e umbigos enormes e só pensam em si. Rua com esta cambada toda ou então vamos obrigá-los a viverem com o ordenado mínimo, o pior castigo que lhes poderíamos dar, pois representaria uma sentença de morte.  Morriam de fome antes do fim do mês.

20
Nov
12

Esta austeridade é uma festa

 

Ontem, depois do trabalho, chegado a casa e enquanto fazia umas limpezas e umas arrumações começou a falar na rádio o Vitor Gaspar sobre a sexta avaliação da Troika. Se eu não soubesse que há gente a passar fome, a viver nas ruas e muitos desesperados sem emprego ou meios de subsistência, se eu não soubesse que as contas públicas estão um caos, que as receitas fiscais baixaram imenso e a economia está a dar o berro ia pensar que estávamos no paraíso, ou pelo menos a caminho dele. O défice vai ser canja, a recessão vai-se extinguir como por magia, o desemprego cair e ainda vamos ter a refundação do Estado com serviços públicos de saúde e educação de grande qualidade. É a grande festa que aí vem. Pelo menos para ele que vai receber da Troika mais uns milhares de milhões. Uma festa em que infelizmente nós vamos ficar à porta ao frio do desemprego e da precariedade, ensopados em impostos neste temporal de austeridade.

19
Nov
12

Julgamento dos Submarinos foi ao fundo

 

Estive a fazer este boneco porque se ia iniciar o julgamento do caso dos Submarinos, mas parece que foi adiado por dificuldades na tradução para Alemão. Não me admira mas como não estive para fazer outro e guardar este para a altura do julgamento vai já.

19
Nov
12

Sem compromisso

 

Mais uma vez ando sem vontade para escrever e por isso, uma vez mais deixo o significado da imagem à vossa imaginação, sabendo que não acreditam que os dois andem enrolados na cama. Aqui a promiscuidade é certamente outra.

19
Nov
12

Uma pergunta fácil com uma resposta directa

 

 Nem vale a pena escrever um texto para justificar a resposta, basta olharmos para os salários que recebemos, ou para as pensões, ou para o subsidio de desemprego, ou para as cartas do fisco. Isso para não falar do património, das boas empresas públicas e do futuro do país que está a ser desbaratado. A resposta é sim.

18
Nov
12

Soltaram os cães

Além dos nove detidos após a carga policial no dia 14, dia da greve geral, a PSP está empenhada em efectuar mais detenções. Serão cerca de 30 os suspeitos a identificar e podem ser detidos nos próximos dias.

Podem largar os cães que o protesto contra este governo, a destruição do país e a condenação à pobreza de todo um povo vai continuar. Eu nunca atirei nenhuma pedra contra um polícia, sei que muitos que as atiraram, uns porque são gente violenta, (claques de futebol e coisas do género), outros por desespero, (gente que já perdeu tudo o que tem) e outros ainda por profissão, (policias infiltrados). Não creio que esse seja o caminho, mas perante tanta prepotência, tanta desfaçatez, tanta desumanidade já começo a ficar sem argumentos para mostrar alternativas. As noticias do dia mostraram a violência dos manifestantes e serviram para esconder a Greve Geral e justificar a acção da policia Mas a verdade uma vez mais veio ao de cima e já não conseguem esconder a presença de infiltrados a da sua acção entre os manifestantes, a brutalidade da carga policial sobre gente inocente, as detenções ilegais de gente que nem estava na manifestação e a premeditação planeada de tudo o que aconteceu para simplesmente acusarem os movimentos sociais. Agradeço ao governo o mostrar que os movimentos sociais os estão a incomodar realmente ao ponto de os querem incriminar e combater. Agradeço por estarem a mostrar que vale a pena o esforço a a participação nesses movimentos pois são eles quem realmente coloca em causa o seu poder. Não nos vão parar, não nos vão amedrontar e muito menos nos vão vencer porque a razão nunca se calem nem pode ser derrotada. Este país é de todos e não pode ser roubado e o seu povo escravizado e condenado à miséria. Dizemos não hoje e não nos calaremos. Os FdP cairão mais cedo ou mais tarde.

17
Nov
12

Embelezar o Orçamento

 

Depois de apresentar um orçamento que vai destruir o pouco que resta da classe média portuguesa atirando-a para a pobreza, chegou agora a vez de fazerem uma operação de cosmética para fingir que afinal não vai ser tão mau. Corta na sobretaxa no IRS de 4 para 3,5% em nada altera a desgraça anunciada e fasear o pagamento do IMI superior a 500 euros em três prestações não vai impedir o Estado de penhorar e roubar a casa a milhares de portugueses que, com o seu esforço adquiriram uma casa. Podem tentar embelezar este orçamento mas não deixa de ser uma cagada de merda.

17
Nov
12

Mais um boneco do (des)governo

 

Mais uma vez tenho de pedir desculpa a quem aqui vem por não fazer nenhum boneco sobre o tema politico do momento, mas honestamente não sei qual é. Ando mesmo farto das noticias, das mentiras, dos casos políticos e de todo o lixo que as televisões e restante desinformação social  propagandeia. Não tenho paciencia para os ouvir falar nem vontade nenhuma de os aturar. Acredito que tudo continue na mesma, com uns a roubar e a destruir, outros a invejarem-lhes o lugar e outros ainda a protestar baixinho para não incomodar muito.
Fiz por isso mais um boneco em que retrato o governo e onde provavelmente muitos não encontrarão razão para ter sido feito agora. Não contesto isso porque realmente não foi feito para isso mas só para meu prazer pessoal. Mas, mesmo assim será que está tão desfasado da realidade actual? É que a merda que fazem é a mesma que fizeram antes e por isso se poderia servir noutra altura também pode servir para agora.

16
Nov
12

Como se rouba um país

 

Hoje vimos confirmado aquilo que já muitos sabíamos e que ao longo do tempo temos vindo a denunciar; os boys que o governo foi colocando no estado, nos ministérios e secretarias de estado, cerca de 1500, todos receberam subsidio de férias enquanto todos os outros trabalhadores do estado receberam zero. A desculpa é tão esfarrapada que nem merece qualquer comentário e o que prova é que esta gente não está ali de boa fé, não é para ser vir o país mas para se servirem a eles e aos seus amigos, que esta gente se está marimbando para o sofrimento dos cidadãos desde que os seus possam passar nos intervalos da brutal austeridade. Muito criticaram a violência de alguns manifestantes no dia da greve geral, mas fazer o que esta gente faz, atirar para a miséria milhões de cidadãos, de idoso, de crianças, destruir o estado social e vender ao desbarato tudo o que era nosso não é bem mais violento. De cada vez que morre alguém por não ter dinheiro para comprar os medicamentos isso não é mais violento. Crianças a chorar de fome não é uma violência muito maior. Eu não queria estar na pele destes bandalhos se um dia a população lhes lançar a mão, mas a cada dia eles mostram que o merecem.

16
Nov
12

Uma vergonha de Ministro

 

Uma vez mais a realidade desmente o Ministro. Dos 4,5% do défice a alcançar, há dois meses subiram para cinco e já se fala que pode acabar nos 6,5% (vamos ver se fica por aqui). A recessão que devia ser de 1% também parece que vai derrapar e se for só 1,6% já não é mau. Tudo corre mal, não há previsão que acerte e mesmo assim apresenta-se como um iluminado, o homem que tudo sabe e que tem todas as soluções. Um técnico, que responde tecnicamente através da sua folha de Exel como se ela fosse uma bola de cristal. O pior é que não acerta uma e o país vai de mal a pior. Mas é dele a culpa? Não, a culpa é dos portugueses que ficam desempregados e deixam de consumir, é dos trabalhadores a quem rouba salários e assalta com impostos que não vão às lojas e restaurantes, é dos idosos a quem cortou nas pensões e que não aviam as receitas do médico ou até, malandros, deixaram de ir ao médico para não pagar taxas moderadoras.
Este país vai sem destino e em roda livre. Este Ministro é incompetente e não possui o mínimo de bondade ou capacidade para compreender o sofrimento alheio. Este Ministro não presta, é bosta, é porcaria. Este ministro necessita de ir pelo cano abaixo. Puxe-se o autoclismo que já não aguento o cheiro a miséria que ele cria todos os dias.

15
Nov
12

A vergonha de Portugal (uma delas)

Eu até já pensava que ou o Cavaco tinha morrido e ninguém tinha dado com ele, como infelizmente começa a acontecer a muitos idosos no nosso país, ou então tinha emigrado como também acontece cada vez mais a quem não encontra respostas para as suas vidas e necessidades na terra onde nasceu. Afinal parece que infelizmente não foi nenhum desses casos e o Sr. Silva tem andado é escondido para não ter de assumir nenhuma posição perante o desastre, e o saque, a que este governo conduz o país. O Homem não faz nada, mas no dia da Greve Geral tem de aparecer em público para dizer que está a trabalhar. Será que tem medo que lhe cortem um dia de salário como acontece a todos os que corajosamente o aceitam em nome da defesa de um país que o tal de Silva jurou defender? Este personagem é uma aberração e a sua presença na Presidência uma vergonha. Num momento em que necessitávamos de alguém lúcido, inteligente e capaz na presidência para ajudar os portugueses num momento tão difícil, temos um cobardolas, um incapaz e um homem que nem consegue cumprir com o seu juramento de defender e fazer cumprir a Constituição. Demita-se que porcaria já há muita por aí.

 




Indignados Lisboa
Novembro 2012
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Blog Stats

  • 720.497 hits


<span>%d</span> bloggers like this: