01
Fev
13

Cada vez mais sozinho

passos coelho jeronimo sousa joao semedo jose antonio seguro alvaro santos pereira vitor gaspar so em casa

Era minha intenção de escrever sobre a remodelação do governo, de como os ratos começam a fugir do barco e de como outros o cobiçam. Era minha intenção mas já não é. Distrai-me, demorei tanto tempo a fazer o boneco que agora olho para o relógio e é tarde, tenho sono e amanhã o demónio do despertador toca logo às seis e meia. Fica o boneco e o apelo à vossa imaginação.

Anúncios

1 Response to “Cada vez mais sozinho”


  1. Fevereiro 1, 2013 às 12:55

    Não é bem assim. É mais complexo, mas mais lógico.

    Ele é o aprendiz de feiticeiro, o João Baptista que veio preparar o caminho para a miséria e a desgraça. ele é p discípulo e seguidor dos profetas malditos de que se destacam o Cagão Feliz e a Manela Leiteira, e ainda alguns outros, o Gnomo de Joelhos. Nós ouvimo-los vezes sem conta a apresentar as ideias que este agora segue à letra. Não nos devemos esquecer tão depressa. Os dois primeiros já tinham destruído algumas coisas e até acabado com o direito à justiça, já de si coxo de origem e mal concebido, tal como a Segurança Social e o sistema de saúde.

    O que os faz agora ladrar é, pois outra coisa, porque eles aprovam o criminoso discípulo a 100%: preparam o futuro do partido. Sabem que um programa semelhante não pode angariar simpatias – votos. Por isso fazem dele bode expiatório. Imolam-no com as suas críticas falsas, a fim de que seja rejeitado APARENTEMENTE pelo partido, dando assim a este todas as possibilidades de ganhar eleições futuras. Quando voltarem ao governo já encontram o caminho desbravado. E hão-de voltar, porque os que neles votam ainda não compreenderam que mudar de governo não muda de regime e é nele que reside o mal, tomam uma pura oligarquia mafiosa e ditatorial por uma democracia. Ainda não foram capazes de compreender uma comparação simples: o grau de corrupção é inversamente proporcional ao controlo dos políticos pelo povo e o grau de democracia é directamente proporcional a esse controlo. Os portugueses demonstram ser os únicos animais que não aprendem com os seus próprios erros. Basta empolar-lhes o orgulho em serem rascas para lhes suprimir a capacidade de pensar e reflectir.

    É muito fácil de enganar os portugueses, espertalhaços imaturos e desmiolados que caem em todas as esparrelas.
    Os políticos, «quem não os conhecer que os compre.»


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


Indignados Lisboa
Fevereiro 2013
S T Q Q S S D
« Jan   Mar »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728  

Blog Stats

  • 696,448 hits


%d bloggers like this: