Arquivo de 16 de Março, 2013

16
Mar
13

Um palhaço acossado

vitor gaspar palhaco dedos apontados

Agora que saíram os números que mostram o descalabro a que as políticas troikistas deste governo nos trouxeram e o negro futuro que representam muitos dedos começam a apontar para o Vitor Gaspar. Ele é sem dúvida o rosto da desgraça, mas as culpas não podem ser só atribuídas a uma pessoa. Temos todos culpa quando não os corremos a pontapé mal abriu a boca pela primeira vez, têm culpa todos os que elegeram este governo, têm culpa os economistas, comentadores, especialistas, jornalistas e outra cambada que o defenderam e o apoiaram, têm culpa os militantes dos partidos do poder, têm culpa os deputados que o foram defendendo no parlamento, mesmo os que o criticavam mas não cortavam com as politicas, têm culpa todos os outros ministros que não o afrontaram, tem culpa o Passos Coelho que o apoia e tem culpa o Cavaco Silva que não demitiu este governo. Mas, mesmo havendo cada vez mais dedos apontando para o Gaspar e para as politicas da Troika a verdade é que sabendo-se ser este um caminho errado nada se faz para o travar e corrigir. Tirar de lá o palhaço Gaspar e colocar lá outro Palhaço qualquer não resolve nada, tirar de lá este governo de figurantes e colocar lá outro de outros figurantes, tirar de lá o Passos Coelho e colocar lá o Seguro não resolve nada se não fizermos um corte radical com estas politicas e estas opções de sociedade. Culpados somos todos, uns mais que outros, mas a solução tem de passar por todos e, enquanto houver quem continua a querer mudar caras e não politicas não saímos daqui. Enquanto continuarem a dizer-nos que não pode ser só austeridade mas é preciso também economia, que só precisamos de mais tempo para pagar a dívida, que a solução é afinal só suavizar a austeridade e enquanto nós continuarmos a fingir que acreditamos ou a dizer que não há alternativas o desemprego, a pobreza e a miséria vão continuar a aumentar e daqui a uns tempos vamos estar todos a pedir a demissão de mais um governo e a apontar o dedo a novos culpados. Eu quero que o Gaspar, o Coelho, o Seguro, o Cavaco e toda essa cambada se lixe, mas eles é que nos estão a lixar a nós. Alternativas e soluções existem, não serão fáceis e vão obrigar a uma nova forma de encarar o que é viver em sociedade. Uma vida mais comunitária, mais humana, mais solidária e mais justa.  Até lá, tudo pode mudar que tudo continuará na mesma. Crucifiquem o Gaspar que ele sem dúvida merece e é culpado, mas não esperem que isso resolva alguma coisa

Anúncios
16
Mar
13

Eles andam com medo, muito medo

passos coelho medo muito medo

Quando numa democracia, ou até numa pertença democracia como a que vivemos os governantes começam a fugir de se cruzar com o povo que os elegeu, então só tem duas alternativas; ou se vai embora ou mantém-se no poder à custa da força e da repressão acabando por se tornar numa ditadura. Numa verdadeira democracia um eleito ou nomeado nunca teria de temer os cidadãos mas sim cumprir com os seus desejos. Em Belém temos um medricas que há anos que foge de tomar qualquer decisão e quando as tem de tomar foge para o estrangeiro em viagens de vários dias. No governo uma cambada de aldrabões que a cada dia aumenta a sua segurança privada, que foge dos cidadãos e algumas vezes até dos jornalistas. Esta gente está com medo porque sabe o que anda a fazer e os ódios e o desespero que estão a criar. Eles andam com medo, com muito medo e fogem, mas não podem fugir sempre e, ou se demitem ou algum ainda um dia destes tem uma má surpresa e lhe acontece alguma tragédia (para eles).




Indignados Lisboa

Blog Stats

  • 712.614 hits

Anúncios

%d bloggers like this: