Arquivo de 26 de Agosto, 2013

26
Ago
13

Uma Presidência queimada

cavaco silva nero borges

 Em protesto pelo silêncio de Cavaco Silva em relação à morte recente de três bombeiros em serviço, são já muitos milhares as mensagens de condolências dirigidas aos familiares das vítimas, colocadas na página oficial da Presidência da República no Facebook. As mensagens estão associadas ao post onde o Presidente da República expressa as suas condolências à família do economista António Borges, ontem falecido.

…. mais tarde a Presidência da Republica veio informar que “O Presidente da República transmitiu as suas condolências às diferentes corporações a que pertenciam os bombeiros falecidos, sublinhando tratarem-se de mensagens pessoais, que não queria tornar públicas”.
Mas afinal porque raio é que a mensagem de condolências à família do António Borges é publica e publicada na Página da Presidência e a dos Bombeiros mortos em serviço não o é. Porque umas são pessoais e as outras não? Porque um era amigalhaço e os outros não passavam de gente que ele considera menos importante?
A diferença  está em que um só andava a engordar com grandes tachos, a lixar os portugueses e a trabalhar para os mesmos donos a que ele serve e os outros andavam a arriscar a vida para apagar os fogos no país que é de todos nós e que alguns criminosamente teimam em incendiar e em deixar arder todos os anos. A diferença é que um se estava nas tintas para o país e para os portugueses e só pensava em dinheiro e mercados enquanto os outros são verdadeiros heróis pelo que arriscam e pelas condições em que exercem a sua actividade. A diferença está em que uns merecem tudo enquanto o outro nada. Os valores deste Presidente é que estão trocados, mas isso não é novidade porque os seus amigos sempre foram quem foram, basta lembrar o Dias Loureiro, Oliveira e Costa e outros da mesma laia, e as consequências funestas que isso trouxe a todos nós.
Porra que nunca mais temos ai um luto nacional que nos assinale que estamos livres desta gente.
26
Ago
13

Terminator…Estado Social

passos coelho terminator

Passos Coelho centrou parte do seu discurso na leitura dos dados da execução orçamental, divulgados na sexta-feira, para dizer que a despesa pública está a baixar. “Os dados vieram confirmar que continuamos a reduzir a despesa efectiva do Estado abaixo do fixado”, afirmou, garantindo: “O Estado tem de gastar menos e está a gastar menos”.

Claro que a despesa pública está a baixar. Se cortam na saúde, nas reformas, nos salários, nas prestações sociais, despedem funcionários, cortam no investimento a despesa tem de estar a baixar. O problema é que cortam no essencial para os cidadãos e não nos privilégios dos políticos, mas despesas desnecessárias, nas parcerias público privadas e nas negociatas e compadrios com os amigos. O problema é que mesmo gastando menos no que é essencial, também há menos gente a trabalhar, mais gente a necessitar de receber subsídios de desemprego, menos dividendos das empresas privatizadas que rendiam dinheiro ao Estado e a dívida pública não pára de subir estando já acima dos 131% do PIB. Quem os oiça até parece que vamos no caminho certo e já se vêm resultados, mas quem olhe sabe que tudo não passa de enganos para tentar salvar os resultados das autárquicas e mais cedo ou mais tarde a realidade imporá um novo resgate e mais austeridade, sacrifícios, fome e miséria. Mas, enquanto houver pedra sobre pedra no Estado Social não vão parar, nem de o destruir nem de apregoar as virtudes e necessidade disso.




Indignados Lisboa
Agosto 2013
S T Q Q S S D
« Jul   Set »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Blog Stats

  • 714.309 hits


%d bloggers like this: