15
Set
13

O Grito

maria luis albuquerque antonio jose seguro swaps grito

O PS pediu este sábado ao primeiro-ministro que se pronuncie sobre a destruição de documentos alusivos aos contratos ´swap´. «Isto não pode ser um caso em que se fala e fala e depois não há apuramento de responsabilidades.

Eu já devo andar a confundir a realidade com a premonição. Iria jurar que este assunto da destruição dos documentos que comprometiam os bandalhos que andaram a roubar com as Swaps e foram destruídos ao fim de três anos e não dos vinte exigidos por lei já foi noticia há alguns meses. Mas, pelos vistos, o abananado Seguro só agora se lembrou de gritar em protesto.

É claro que as responsabilidades de quem rouba quando está no poder ficam sempre esquecidas ou faltam provas. Seja o BPN, as Parcerias público privadas, os submarinos ou os Swaps, tudo acaba em águas de bacalhau e sem ninguém ser responsabilizado. Vivemos na terra em que alguns tudo podem fazer impunemente enquanto outros são despedidos só porque demoraram um pouco mais de tempo na casa de banho ou não vergou a espinha quando passou o patrão. Só apetece mesmo é gritar e hoje é um dia tão bom para o fazer como qualquer outro. às 16H30 na Praça de Espanha vamos libertar esse grito com as vozes ao alto. Um grito que não possa deixar de ser ouvido e assuste este poder corrupto, ladrão e desumano.

Anúncios

1 Response to “O Grito”


  1. 1 Clara
    Setembro 15, 2013 às 11:46

    Portugal e a sua contínua falta de justiça para alguns, vejam no próximo episódio.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: