Arquivo de Setembro, 2013



22
Set
13

Uma familia de pinóquios

passos coelho maria luis albuquerque Rui machete mentirosos familia

Hoje resolvi fazer aqui um retrato de família. Família politica alaranjada , família governativa mas sobretudo familiares que comungam de uma mesma característica. São mentirosos. Mentem com todos os dentes e como todos os mentirosos são apanhados mais facilmente que qualquer coxo. Do Passos Coelho já sabemos que a sua palavra vale tanto como a bosta de qualquer cão. Quem disse o que disse na campanha eleitoral, e há registos vivos disso em diversos vídeos que correm pela net, e agora faz exactamente o contrário é não só mentiroso como também hipócrita, aldrabão e trafulha. No caso da Ministra das Finanças foram os Swaps que o demonstraram quando negou ter aprovado swaps que têm a sua assinatura. Para terminar o Rui Machete, que há uns anos afirmou numa carta escrita a uma comissão parlamentar, nunca ter possuído acções da SLN, a dona do BPN de triste memória e responsavel por muita da austeridade que sofremos,  e que  agora vem desculpar-se afirmando que não passou de uma “incorrecção factual”. Claro que podia acrescentar à lista, o Nuno Crato, o Paulo Portas e muitos outros. Grave é que não se trata de um miúdo que parte uma jarra lá em casa ou de alguém que dá uma bufa e diz que não foi ele. Estamos a falar de Ministro de um governo, gente com responsabilidades e que deveriam ser impolutos e um exemplo de seriedade num país que se respeitasse. Grave é que as suas mentiras representaram o desemprego, a fome e a miséria para milhões de cidadãos. Grave porque isso nos condena a sermos um país que regride na educação, na saúde e nos direitos sociais. Grave porque nos coloca nas mãos dos mercados e do grande capital. Grave porque transformou Portugal naquilo que ele é hoje.

21
Set
13

Porquinhos mealheiros

antonio mexia fat pigs

António Mexia considera que o Tribunal Constitucional tomou algumas decisões “desenquadradas” e que “não têm em consideração o contexto” do país. Pensa ainda que Portugal irá conseguir acesso aos mercados” e que “para isso é decisivo que não se haja decisões” como as que já foram tomadas, como os chumbos do Tribunal Constitucional. “Acho que foram decisões relativamente complicadas, que não têm em consideração o contexto. Temos de ter a noção que temos de ter acesso ao  mercado e os direitos são também em função daquilo que é a capacidade que a economia tem em se financiar.”

 Eu quando olho para esta personagem que ganha mais num ano que muitos de nós todos juntos durante toda uma vida, vejo um porquinho mealheiro e uma personagem ascorosa.Mas isso sou eu e depois de ler as suas declarações até me apetece concordar com ele. O principio é, as leis são para ser cumpridas ou não dependendo do contexto em que nos encontramos. Como o país está em crise suspende-se a constituição. Então pela mesma lógica qualquer cidadão que se considere em crise tem também o direito de não cumprir com as leis, ou seja pode deixar de pagar impostos, ir a lojas e simplesmente servir-se do que precisar, andar de transportes e não pagar, entrar num banco e simplesmente pegar em dinheiro e sair e se perder a casa entrar pela do Mexia a dentro e passar a viver lá. A lei só se aplica em tempos de vacas gordas porque quando são só os porcos a engordar podem-se suspender. Afinal estes que pensávamos serem os grandes capitalistas acabam por se demonstrar mais avançados que qualquer anarquista e defendem uma sociedade sem leis. O importante é que a crise se mantenha para que tudo se possa fazer e a Constituição possa ser colocada na gaveta, talvez a mesma onde um dia o Mário Soares colocou o Socialismo e que nunca mais foi encontrada.

20
Set
13

Autárquicas 2013 LX – Fernando Seara

Fernando Seara o crime do autarca de sintra

Não é novidade para ninguém que para quem quer ser  politico a forma mais fácil é a de se tornar um cãozinho de um qualquer líder e/ou arranjar uma forma de estar regularmente nas televisões. Pode ser a dizer parvoíces sobre futebol, politica ou simplesmente a fazer palhaçadas. O que conta é a cara ser conhecida e até uma coisa como o Castelo Branco ou o Goucha podiam ser candidatos a qualquer câmara do país e o mais grave, ganharem-na. Aconteceu com este a falar do Benfica, do golo que não foi golo e do penalti que foi marcado. Não sei onde morava na altura mas foi suficiente para ser Presidente da Câmara de Sintra. Agora o PSD em desespero de causa escolheu-o para candidato à Câmara de Lisboa. Ou me engano muito ou brevemente lá terá de voltar ao comentário futebolístico, o que tem uma vantagem, só chateia quem fica a ver aquela merda de programas e quem passa o serão sentado à frente do televisor. Eles merecem-no.

20
Set
13

Autárquicas 2013 LX – António Costa

antónio costa campanha com sono

Nas eleições autárquicas os candidatos são tantos que é impossível fazer aqui bonecos deles todos, mas os cartazes de campanha são de tal qualidade fazem um trabalho bem melhor que o meu. Mas Lisboa é Lisboa, a capital do país e por isso aqui fica o António Costa. Com um adversário como o Seara, se fosse eu a ele ia dormir até ao dia das eleições e só me levantava para ir fazer a festa da vitória. É que este cargo está-lhe mesmo a calhar pois evita que tenha de concorrer à liderança do PS, ter o desgaste de ser Primeiro-Ministro e assim pode concorrer directamente a Belém.

19
Set
13

Os manequins da loja da Troika

maria luis albuquerque passos coelho antonio jose seguro swap shop

Agora que anda por ai a Troika e a campanha para as autárquicas obriga esta gente não se cala e todos os dias aparecem a falar mesmo quando nada têm para dizer. Na verdade tudo isto não passa de uma feira de vaidades e se uns não se importam de ser manequins dos mercados e dos senhores do grande capital, outros olham-mos com inveja e muita vontade de ocuparem os seus lugares. Lixamos-nos nós.

 

19
Set
13

Oeiras é uma Estrumeira laranja

isaltino morais paulo vistas moita flores campanha

Uma mensagem de voz no telemóvel a alertar para a corrupção e desonestidade e a pedir para não votar no movimento independente Isaltino Oeiras Mais À Frente (IOMAF), um panfleto distribuído no correio com “insultos” a Moita Flores (PSD) e o carro vandalizado do seu director de campanha mereceram a condenação dos restantes candidatos.

“Esta campanha deveria primar pelo debate de ideias, mas não é isso que está a acontecer e é grave quando põe em causa o meu bom nome”, afirmou o candidato do IOMAF., Paulo Vistas.

“Tudo o que é anonimato é próprio dos cobardes. Esta é uma política de estrume, na qual não me revejo e não estava à espera de aqui encontrar”, disse o candidato do PSD, segurando um panfleto distribuído nas caixas do correio com o título “a verdadeira ambição de Moita Flores”, com insultos ao ex-presidente da Câmara de Santarém.

Que boa que vai a campanha aqui pelo meu Concelho. Já outro dia as candidaturas destas duas bestas se tinham agredido quando se cruzaram no passeio Marítimo de Oeiras e só lamento que não se tenham atirado à água uns aos outros e que o mar os transportasse para outras paragens. Mas isto a mim interessa-me pouco porque entre a candidatura do braço direito de um corrupto, tão corrupto, tão corrupto que nem a justiça conseguiu impedir que esteja preso e um candidato que era Presidente de Câmara de Santarém e nem mora no Conselho venha o diabo e escolha. Na verdade ambos vêm da mesma estrumeira que produziu Isaltinos, Cavacos, Passos Coelhos, Dias Loureiros, etc. etc. A lista é infindável. Se faço este post é porque também quero participar dessa campanha suja e cobarde. Eles merecem.

18
Set
13

Assinar em papel branco

MARIA LUIS ALBUQUERQUE SWAP SWAP SWAP

A actual ministra das Finanças aprovou um financiamento pedido pela Estradas de Portugal (EP) junto do Deutsche Bank no valor de 150 milhões de euros (o contrato de cobertura de risco, que viria a acumular perdas potenciais superiores a 13 milhões de euro.
No parecer positivo que assinou, enquanto técnica da Agência de Gestão da Tesouraria e do Crédito Público (IGCP), ao financiamento contraído pela empresa pública, a actual ministra escreveu que “não eram indicados quaisquer detalhes da natureza do swap” na proposta feita pela EP, não se sabendo sequer “se a operação é a taxa fixa ou variável”.
Maria Luís Albuquerque deu “luz verde” à empresa a 4 de Junho de 2010, depois de, a 16 de Dezembro de 2009, ter dado um primeiro parecer em que considerava que “o custo do financiamento é excessivamente alto, sobretudo face à alternativa de financiamento com garantia do Estado”.
No parecer de Junho de 2010, a ministra escreve que foi “contactada telefonicamente a directora financeira da Estradas de Portugal”, tendo Maria Luís Albuquerque sido “informada de que o swap a contratar associado à operação em apreço não tem ainda os seus termos finalizados”.

A Miss Swap até pode ser muito competente mas no mínimo é irresponsável o que faz com que não possa ser ministra. Então assina sem saber o que está a assinar? Ou sabia? É que se ainda por cima havia um financiamento com garantia do Estado mais barato porque autorizou? Porque era o Banco dos patrões alemães? Porque era preciso criar divida para depois poderem invadir o pais aterrando calmamente no aeroporto da Portela?
Se lá porque razão for, incompetência, irresponsabilidade, corrupção ou traição a verdade é que tem de levar ela e toda a corja que lhe dá guarida e os seus respectivos donos têm de ser corridos, de preferência a pontapé. É que quem está a pagar somos nós, nos impostos, nos salários cada vez mais baixos, na saúde, na educação, nas reformas, na segurança social, na fome e na miséria que alastram. Esta gente é criminosa e devia estar a ser julgada pelos seus crimes contra os cidadãos e contra o país. Rua com esta corja toda e se for hoje já é tarde.

18
Set
13

Um apelo pela solidariedade, justiça e defesa dos direitos constitucionais

cavaco silva rei pensador no trono

Hoje vou utilizar um boneco que já tinha publicado anteriormente porque recebi o pedido para divulgar um apelo de justiça e solidariedade e este boneco do boneco que está em Belém pareceu-me apropriado. Por favor leiam e se puderem ajudem comparecendo em Belém na quarta-feira pelas 12 horas. Eu, sendo dos felizardos que ainda tenho um emprego, não vou poder estar presente mas quem puder apoie este homem e ajude-se a si mesmo obrigando a respeitar e cumprir a Constituição que quem tem por  juramento público a obrigação de fazer não faz. Todos temos deveres mas também todos temos direitos e é um dever de cada um de nós defender esses direitos. Aqui fica o apelo. Por favor leiam e se puderem ajudem.

«Desempregado vai pedir audiência a Cavaco Silva para lhe declarar que não vai pagar impostos

Nota de imprensa

Ao meio-dia desta quarta feira, Nelson Arraiolos irá a Belém com o intuito de pedir uma audiência a Cavaco Silva. O Nelson está desempregado, carece de apoio adequado para a doença degenerativa de que padece e a sua família foi alvo de penhoras ilegais por parte das Finanças que visavam dívidas do próprio. Uma vez que não dispõe de qualquer rendimento, irá anunciar a cessação de pagamento de qualquer imposto.

Assim, agradece-se a todos as senhoras e senhores jornalistas, órgãos de comunicação e cidadãos em geral a divulgação e apoio a este acto de resistência involuntária.

Nelson Arraiolos – 926880152»

Pergunto: até quando?

A Constituição da República Portuguesa defende o direito ao trabalho, à segurança social e à solidariedade. Diz que «O sistema de segurança social protege os cidadãos na doença, velhice, invalidez, viuvez e orfandade, bem como no desemprego e em todas as outras situações de falta ou diminuição de meios de subsistência ou de capacidade para o trabalho.» (Artigo 63.º da CRP). Diz que protege o Nelson.

O Nelson sabe que não se está a respeitar a Constituição, e não se rende. Nem que esteja sozinho contra o sistema. O Nelson, ao contrário do governo, faz jus à Constituição. O Nelson apela ao Artigo 21.º e resiste. E pede que estejamos com ele na 4ª Feira, ao meio-dia, em Belém.

17
Set
13

Um coelhinho como tu

passos coelho fazer forca

O presidente do PSD e primeiro-ministro Passos Coelho defendeu, o rumo seguido pelo Governo e sublinhou que não vai alterar o discurso por causa das eleições autárquicas.

O Coelhinho diz o que quiseres, podes mudar o discurso mil vezes que ninguém estranha. Mentiroso, aldrabão, trafulha já todos sabemos que és e que dizeres uma coisa num dia e fazeres outra no outro é normalíssimo. Não iam baixar salários, não iam subir impostos, não ia haver cortes nos subsídios de férias e pensões e hoje é o que se vê. Que és mentiroso é um facto real de que ninguém tem dúvidas. Podes mentir à vontade por ser campanha eleitoral, podes ir inaugurar escolas que já tinham sido inauguradas antes, podes fazer o que quiseres que já ninguém fica surpreendido. És um bandalho, um ser desprezível, mas pior que tudo és incompetente, burro, teimoso e desumano. Para não falar de lambe botas, lacaio e traidor porque já nem vale a pena. És uma gand’a homem, não és? Para mim não vales uma escarreta de um bêbado e ainda vales menos que a bosta de um cão. Fala, fala à vontade mas fica a saber que cada palavra tua só enjoa e dá vómitos. Coisa reles.

17
Set
13

Uma segunda-feira em Portugal

maria luis albuquerque troika 8 avaliacao

A Troika chegou nesta Segunda Feira, para fazer não uma avaliação à forma como decorre o programa de empobrecimento e de subjugação  de Portugal, mas duas de uma vez, a oitava e a nona. O melhor era fazerem também já a décima e despachavam isto de vez. O Cavaco Silva veio humildemente pedir à Troika que não seja muito má. Foi simpático da parte dele. Isto no mesmo dia em que no Parlamento, Almerindo Marques, ex-presidente da Estradas de Portugal, assegurou que foi Maria Luís Albuquerque quem deu o parecer favorável do IGCP à contratação de um swap pela Estradas de Portugal há três anos enquanto responsável da Agência de Gestão da Tesouraria e Dívida Pública. Enfim uma Segunda-feira como qualquer outra neste pacifico jardim à beira-mar plantado.

16
Set
13

No Jobs

passos coelho no jobs

16
Set
13

Hipocrisia de cabelos brancos

marco antónio costa velhos tadinhos

O vice-presidente do PSD defendeu que «A terceira idade precisa de ver reforçado muito do apoio central que é dado por governos como este que nós representamos», num discurso durante uma iniciativa de campanha do seu partido para as eleições autárquicas de 29 de Setembro.

Ver políticos a serem hipócritas, mentirosos e aldrabões é triste mas já se tornou banal. Mas, fico enjoado quando vejo esta gente suja a querer enganar os mais idosos com promessas que sabem que nunca vão cumprir, mentindo hipocritamente quando se mostram preocupados com gente a quem andam a condenar a um fim de vida com fome e miséria. Como é que este bandalho se dá ao luxo de vir dizer, na altura em que as pensões dos reformados, (de alguns porque as dos políticos e Juízes do Tribunal Constitucional ficam de fora), vão sofrer mais um corte superior a 10% que este é um governo que se preocupa com a terceira idade. Talvez se preocupe por considerar que se não são rentáveis vivem tempo demais e por isso lhes tenha dificultado o acesso aos cuidados de saúde, talvez por isso os obrigue a viver na miséria. Hipócritas de merda, mas o pior é que ainda há quem acredite neles.

15
Set
13

O Grito

maria luis albuquerque antonio jose seguro swaps grito

O PS pediu este sábado ao primeiro-ministro que se pronuncie sobre a destruição de documentos alusivos aos contratos ´swap´. «Isto não pode ser um caso em que se fala e fala e depois não há apuramento de responsabilidades.

Eu já devo andar a confundir a realidade com a premonição. Iria jurar que este assunto da destruição dos documentos que comprometiam os bandalhos que andaram a roubar com as Swaps e foram destruídos ao fim de três anos e não dos vinte exigidos por lei já foi noticia há alguns meses. Mas, pelos vistos, o abananado Seguro só agora se lembrou de gritar em protesto.

É claro que as responsabilidades de quem rouba quando está no poder ficam sempre esquecidas ou faltam provas. Seja o BPN, as Parcerias público privadas, os submarinos ou os Swaps, tudo acaba em águas de bacalhau e sem ninguém ser responsabilizado. Vivemos na terra em que alguns tudo podem fazer impunemente enquanto outros são despedidos só porque demoraram um pouco mais de tempo na casa de banho ou não vergou a espinha quando passou o patrão. Só apetece mesmo é gritar e hoje é um dia tão bom para o fazer como qualquer outro. às 16H30 na Praça de Espanha vamos libertar esse grito com as vozes ao alto. Um grito que não possa deixar de ser ouvido e assuste este poder corrupto, ladrão e desumano.

14
Set
13

Um boneco

Passos Coelho boneco articulado

Sem tempo para mais, um boneco do boneco

13
Set
13

Até os demónios andam indignados

manuela ferreira leite send him to hell

 

Manuela Ferreira Leite considerou que a lei que estabelece a convergência de pensões entre o sector público e o sector privado, reduzindo em 10% as pensões de valor superior a 600 euros, é “imoral”. Na política é necessário existirem “princípios e valores” que “têm estar presentes nas decisões”. “Este é um caso dramático e gritante e algo que não pode ser feito numa sociedade e que a sociedade não pode aceitar.”
A antiga ministra de Cavaco Silva considerou ainda uma “brincadeira de mau gosto” que esta medida seja apresentada pelo Governo como temporária enquanto o país estiver em crise porque os objectivos do Governo não serão atingidos. “O único objectivo disto é transmitir ao Tribunal Constitucional que esta é uma medida temporária e não definitiva. “Não sei quem acredita nisto”, acrescenta.


É claro que a velha tem razão no que diz embora a moral de quem fez o que fez quando Ministra, de quem falou em suspender a democracia e quem defendeu que aos idosos com mais de 70 anos se deveriam cortar os tratamentos, nomeadamente a hemodiálise, porque não valia a pena gastar o dinheiro, não seja a melhor para abrir a boca. Aliás é engraçado que tanto ela como o seu amigalhaço Sr. Silva, que se queixava de não ter dinheiro para as suas despesas, só abram a boca para protestar quando estão em causa  pensões em que eles são atingidos. O governo faz trapalhices todos os dias, mente, engana, lixa a vida a milhões e não se houve nenhuma critica, tocam-lhe nas reformas e saltam como gatos assanhados. coincidências. Mas, melhor mesmo que andar a dizer estas coisas seria ir visitar o seu padrinho ali em Belém e aconselhá-loa demitir já este governo. É que o que por ai vem é só mais desgraça, mais fome e mais miséria. É que como ela diz a sociedade não pode aceitar este corte nas pensões e digo eu que também todos os outros roubos a que está a ser sujeita pelo que ou o Presidente os tira a bem ou isto ainda acaba mal e alguém ainda acaba defenestrado. 




Indignados Lisboa
Setembro 2013
S T Q Q S S D
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Blog Stats

  • 720.497 hits


<span>%d</span> bloggers like this: