Archive for the 'Ano Novo' Category

03
Jan
13

Abriu o Portas de 2013

paulo portas passagem ano 2013

E pronto, é oficial, sou fraco e não resisto ás tentações. Fiz uns bonecos com imagens da passagem de ano de alguns políticos e agora não resisto a retratar mais alguns. Imagino o Paulo Portas na sua sede, rodeado dos seus capangas a festejar ter aquilo que mais gosta; poder. É um personagem a que já nos habituámos tal é a sua longevidade na política portuguesa, o mais antigo no activo, dizem alguns mas não fui confirmar. A verdade é que, se olharmos para todos esses anos não encontramos nada que tenha feito que tenha sido útil para o país. Sempre norteou a sua actuação por interesses pessoais e pela vaidade, tanto dentro do seu partido como no país. Na história o que restará da sua memória são tramoias pelo poder e pela ostentação. Ficará o seu gosto por apertar a mãos aos poderosos e os casos das luvas nos submarinos, os sobreiros, a Moderna e muitos outros que mais cedo ou mais tarde acabarão por emergir. Este aliava-se ao próprio diabo para ter poder não fosse ele um diabo encapotado. Pode festejar 2012 por ter conseguido os seus desígnios, viajar muito e com luxo e por ter o que gosta; poder e tenho a certeza que os seus desejos para 2013 sejam o de que os portugueses acreditem que a culpa de todos os males se chama PSD e Passos Coelho e que ele e o seu partido tudo fizeram, e só colaboraram com uma política com que não concordavam em nome de um desígnio nacional e de minorar os sofrimentos. A única dúvida está em se vai tirar o tapete ao governo para ganhar votos nas autárquicas ou se o chamamento do “Sim, Sr. Ministro” é maior. Resumindo, um pulha que nunca fez nada pelo pais e que sempre se serviu dele em nome dos seus interesses particulares e dos interesses dos seus donos, falem eles inglês, alemão o chinês.

01
Jan
13

Uma inutilidade inconveniente

cavaco silva abre os olhos

Fins-do-Mundo, Natais e Passagens de Ano tudo seguido quase nos fazem esquecer uma calamidade muito pior que temos mesmo aqui ao lado a viver num palácio em Belém.  Um tal de Silva que, vá-se lá saber porquê alguns resolveram eleger para um segundo (já não se entendia o primeiro), mandato como Presidente da Republica. Não que seja um cargo muito trabalhoso, com grandes necessidade de intelecto ou sequer muito importante numa verdadeira democracia, basta um pouco de bom senso, respeito pela constituição e pelos portugueses e um bocadinho de honestidade,  dignidade e coragem. E não é que foram escolher logo um que consegue não ter nenhuma dessas qualidades. O que resta é um inútil que com a sua inutilidade acaba a sancionar o assalto que está a ser feito ao país e aos portugueses. A promulgação do Orçamento, num fim-de-semana feita à última hora, renegando uma vez mais o seu juramento de fazer cumprir a constituição é só mais uma prova disso. Já a noticia de que agora deverá pedir a fiscalização sucessiva ao Tribunal Constitucional, depois de não ter pedido a fiscalização preventiva e ter promulgado o Orçamento, só mostra a sua hipocrisia, falta de carácter, cobardia e desinteligência.
Hoje há noite deverá fazer o seu discurso de Ano Novo, onde vai falar de sacrifícios, da coragem dos portugueses, da sua determinação e sei lá que mais, justificando-se nos superiores interesses nacionais para terminar com os desejos de um Bom Ano para os portugueses. Não há pachorra para aturar tanta hipocrisia pelo que não o vou ouvir. Para o raio que o parta.
Este blog começou e a sua primeira causa foi tentar evitar a eleição do Cavaco de Boliqueime para o primeiro mandado e muito provavelmente não acabará antes de ver o Palácio de Belém desinfectado após a saída do agora Cavaco da Coelha. Uma inutilidade inconveniente.

31
Dez
12

vitor gaspar bom ano 2013
2012 foi  um ano em que vimos o nosso país, como está também já a acontecer a outros povos em outros países e desejam fazer a muitos outros, ser pilhado por gatunos que, em nome de uma dívida fajuta e odiosa, nos procuram condenar à pobreza e à miséria numa terra sem direitos para uns e mordomias para muitos e riqueza para outros, eles. 2013 vem já aí e os mesmos gatunos continuam a pilhar este país podendo por isso prever-se que o enorme diluvio social que se aproxima. Na arca desta gente só cabem eles, os seus amigos e o dinheiro, essas malditas folhas de papel que atiçam tão fortemente a ganância de alguns que os fazem deixar de ser pessoas e os torna em predadores insensíveis a qualquer humanidade. Todos os outros que se lixem, que se afoguem na crise e na desgraça que criaram.
Mas, não tem de ser assim. Podemos mudar este destino que nos traçaram e escrever um outro bem mais agradável e justo. Podemos correr com os ladrões, podemos restaurar a justiça e fazer um país novo, mais democrático e mais solidário. Está nas nossas mãos e só acontecerá se todos, os que já há muito o exigem e lutam por isso e os outros, os que até agora têm ficado em casa, por medo, por preguiça, por conformismo ou por outro motivo qualquer, se juntarem e o exigirem. Eu acredito que isso é possível e irá acontecer. Quando não sei, mas este povo vai acordar e vai dizer não aos que lhe mentem e o querem condenar a não terem um futuro. também não sei como será, mas este povo vai dizer sim a uma vida melhor, com mais justiça e sobretudo com mais humanismo e solidariedade. Espero que 2013 seja esse o ano e esse tempo e o tempo em que reconquistemos o orgulho de sermos quem somos. Assim 2013 seria certamente um ano extraordinário e para recordar para sempre.

Aproveito também para deixar aqui os votos de um Bom Ano de 2013 para os meus amigos, também para os que não o sendo são gente de bem. Que todos encontrem aquilo que desejam e procuram e que todos façam da amizade e da solidariedade a força que precisam para vencer as dificuldades.
Um grande abraço para todos.




Indignados Lisboa
Outubro 2021
S T Q Q S S D
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Blog Stats

  • 721.629 hits


%d bloggers like this: