Archive for the 'Autarquias' Category



05
Dez
11

Autarquias: Uma aventura perigosa

O ministro Miguel Relvas foi fortemente contestado neste sábado, quando foi encerrar o congresso da Associação Nacional de Freguesias. Metade dos 1600 congressistas abandonaram a sala onde decorreram os trabalhos, em Portimão. Uma forma de virar as costas à proposta de extinção de freguesias defendida pelo Governo. No final, Relvas disse que o clima de contestação foi gerado e estimulado propositadamente contra si. Uma acusação sem destinatário, dado que se recusou a identificar os autores.
Interrompido diversas vezes por vaias e palavras de contestação, o ministro garantiu que a reforma administrativa do país irá para a frente. “Vamos ser claros. Esta reforma da Administração Local é uma exigência geracional e o Governo está determinado na sua concretização”.

Este governo acobardou-se quando soube que teria de mexer nas autarquias, onde é o partido com mais Municípios e Freguesias e onde mantêm muita da sua força e satisfaz muita da sua clientela, interna e externa. O cartão do partido é garantia de empregos e tachos e negócios para muitos empresários, empreiteiros e comerciantes. Resolveu por isso poupar os municípios, de onde sabiam vir muito maior contestação, e atacou os mais fracos; as freguesias.
Mas, as freguesias, até mais que as Câmaras Municipais, são a ligação mais próxima das populações ao Estado para a resolução dos problemas locais e, se nas grandes cidades isso não se faz sentir muito, nas pequenas aldeias isoladas do interior é uma necessidade. São também, para todos aqueles que desejam e exigem uma nova forma de democracia, mais participativa e que respeite a opinião dos cidadãos, o local indicado para conseguirem iniciarem a mudança. Movimentos de cidadãos podem concorrer às eleições para criarem uma relação muito mais próxima e directa com os fregueses, levando para as Assembleias de Freguesia as propostas decididas por Assembleias Populares convocadas para discutir os problemas e encontrar as melhores soluções.
Fizeram por isso muito bem todos aqueles que o vaiaram
e lhe viraram as costas. Agora é iniciar a luta para tentar travar mais este ataque do poder à qualidade de vida de todos nós.

11
Jul
11

O Senhor dos Concelhos

A confusão que para aí vem. O Primeiro Ministro foi ao congresso da Associação Nacional de Municípios dizer que não havia mais dinheiro, que vai fazer uma nova lei das finanças locais e finalmente, de acordo com o contratado com a Troika reduzir o número de Freguesias.
Esqueceu-se de dizer que lá também vem a redução de Concelhos e, sendo o PSD o partido com mais autarcas vai, sem dúvida criar confusões. Também fazer uma nova lei de finanças locais vai ser uma festa, com todos a reclamar mais e a queixar-se do que vai perder. Some-se-lhe as portagens nas Scutes e os cortes nos financiamentos e podemos imaginar o que aí vem. Será que ainda vamos ver o Fernando Ruas defender os autarcas a correr à pedrada o Passos Coelho com defendeu que fizessem com os inspetores ambientais?

12
Nov
10

Ele há tangos para todos os gostos

 

Os autarcas podem ficar impunes, escapando às penas do Tribunal de Contas e à obrigação de devolver dinheiro desviado e pagamentos ilegais, já a partir do próximo ano. É o que prevê a proposta de Orçamento do Estado (OE) para 2011. A alteração é feita através de uma complexa teia jurídica, com remissões que põem em vigor para os autarcas um decreto de António de Oliveira Salazar, de 1933 – que foi ressuscitado e se aplica, ainda hoje, aos membros do governo.
15
Jul
10

Preso à Presidência

Relação confirma pena de dois anos de prisão efectiva para Isaltino de Morais pelos crimes de branqueamento de capitais e fraude fiscal, mas não confirmou a de perda de mandato, pelo que o autarca pode continuar como Presidente da Câmara de Oeiras.

Como pode alguém estar preso e exercer as funções de Presidente de Camara e estar preso? Neste caso até é fácil, pois Caxias faz parte do município de Oeiras. Assim, o Isaltino vai poder continuar a exercer as suas funções, bastando para isso que transfira o seu gabinete para a Prisão de Caxias e receba os seus vereadores durante as horas de visita.
Raio de país este em que alguém condenado por fraude pode continuar a pôr e dispor dos dinheiros públicos, dinheiro de todos nós.
02
Jan
10

Chuvas, Cheias e Parvoices

As chuvas dos últimos dias alagaram estradas e provocaram danos, mas na madrugada de ontem não se verificaram as cheias previstas pela Protecção Civil. As críticas mais fortes vieram do presidente da Câmara da Régua, Foi “alarmismo”, acusou.
Na terça-feira o Centro de Prevenção de Cheias emitiu um alerta para as margens do Douro, que chegaram a subir vários metros. Na Régua, as águas atingiram os sete metros, o aviso foi levado a sério e os comerciantes foram rápidos a esvaziar as lojas e a colocar a salvo os haveres”, contou Nuno Almeida, empresário de vinhos. “É só prejuízo. Mobilizamos amigos e colaboradores para nada. Qualquer dia não os levamos a sério”. “A previsão do Centro de Previsão de Cheias errou causando um temor e alarmismos desnecessários”. O autarca, que se mostrou “aliviado” está agora receoso. É que “não há outra forma de prever a ocorrência de cheias mas numa próxima situação não sabemos se podemos acreditar ou não nas previsões”.
Vi a reportagem numa abertura de telejornal e, se havia ainda alguém que tivesse dúvidas, mostra bem a decadência da classe politica e da informação que nos é oferecida. O Presidente da Câmara está zangado porque as cheias não alagaram a cidade e os jornalistas consideram esta parvoíce como notícia de abertura de telejornal. Mais, deram-se ao trabalho de ir procurar o Ministro da Administração Interna para o questionar sobre as criticas do autarca, e que muito simplesmente, respondeu “que mais vale prevenir que remediar”. Mas não acabou por aí e ainda voltaram os jornalistas à Régua para o confrontar o Presidente da Câmara com as palavras do Ministro. Como não podia discordar lá foi dizendo que sim mas, se continuassem a anunciar que a subida das águas podia chegar aos 6 metros e depois ela não passasse de uns míseros 3 metros, da próxima vez não acreditavam nelas. Ele não disse, mas digo eu, é que se o prejuízo for feito na prevenção, nunca são pagos em apoios e subsídios como acaba sempre por acontecer com as calamidades. Quanto ao nosso jornalismo, preparado e mobilizado para relatar as calamidades previstas acabou por rentabilizar os meios com as parvoíces que encontrou. Existem certamente problemas mais importantes na Régua que podiam aproveitar para mostrar, se os “enviados especiais” fossem verdadeiramente jornalistas com alguma qualidade.

18
Dez
09

A grande Migração


No próximo ano Red Bull Air Race transfere-se do Rio Douro para o Tejo. Segundo parece os Municípios da área de Lisboa oferecem o dobro dos apoios à organização do que ofereciam os da área do Porto. Por mim bem podia a corrida ficar onde está pois já imagino os problemas que ela vai causar ao trânsito e à paz de um fim-de-semana. Pior corremos ainda o perigo de ver um daqueles aviões se espetar na ponte ou na Torre de Belém (se ainda fosse no palácio não era tão grave). Não posso deixar de registar aqui as palavras do Luís Filipe Menezes que afirmou que quem pagaria a factura são sempre os cidadãos deste país e que isso é inaceitável. Esqueceu-se que também ele gastou dinheiro de todos nós quando fez a corrida no Porto. Bem podia ter arranjado uma razão melhorzita.

06
Dez
09

O caçador de ambientalistas

O líder da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), Fernando Ruas, contestou hoje em Viseu aquilo que classificou de “fundamentalismos bacocos” das instituições ligadas ao Ministério do Ambiente que condicionam o desenvolvimento do país. “São incontáveis os entraves, as dificuldades levantadas por parte de instituições dependentes do Ministério do Ambiente que, sentenciadas por burocratas instalados em poltronas lisboetas, sem o mínimo conhecimento do país real, liquidam à nascença projectos essenciais”. Muitos desses responsáveis, “eivados por fundamentalismos bacocos, continuam empenhados na protecção desmesurada de espécies como os morcegos, os lobos de Leomil ou as gralhas-de-bico-vermelho mas parecendo esquecer que a primeira espécie que nos cumpre defender é a humana”,

Como aconteceu ao homem ao longo de milhares de anos, também o nosso Fernando Ruas parece ter evoluído. Agora já não quer ver apedrejados os inspectores do Ministério do ambiente, agora prefere ir exterminar as espécies protegidas. É a chamada evolução das espécies e a este ritmo estou certo que chegará ao homo sapiens num dos próximos mandatos com autarca.

14
Out
09

A Santa Fátima de Felgueiras caiu do andor

fatima felfueiras freira convento

Uma das melhores noticias das autárquicas foi a queda da Santa Fátima de Felgueiras do seu andor. Ver a corrupção ser finalmente penalizada nas urnas é um bom sinal, como mau foi ver outros, como o Isaltino e o Valentim Loureiro, serem reeleitos. Quando aprenderemos a defender a honestidade e a seriedade daqueles a quem entregamos a responsabilidade de gerirem os dinheiros públicos?


13
Out
09

Os festejos da vitória laranja

manuela Ferreira Leite autarquicas tristes

Foi surpreendente ver a Manuela Ferreira Leite, um cadáver de uma líder que teimam em colocar à frente das câmaras da televisão, vir com uma cara mais própria para quem está num funeral, anunciar a vitória do PSD nas eleições autárquicas. Não fosse tão patético e triste até teria graça. Claro que com os males do PSD posso eu bem pois não espero que seja dali que surjam soluções para os problemas deste país, mas tenho de confessar que é um partido que não pára de me dar motivos para lhes fazer bonecos.


12
Out
09

O dia seguinte

santana lopes e elisa ferreira o dia seguinte

Alguns dos candidatos autárquicos, especialmente nos grandes centros urbanos, já tinham afirmado que se não ganhassem as eleições não iriam aceitar ser simples vereadores. Ou Presidentes de Câmara ou nada. A Elisa Ferreira lá vai para Estrasburgo para a sua mordomia como deputada europeia e o Santana, que nunca soube fazer nada, lá vai continuar por aí.

10
Out
09

Dia de reflexão autárquica

valentim loureiro tony carreira

Nesta campanha ainda não aqui falei nem do Valentim, da Felgueiras e de tantos outros autarcas que envergonham a vida autárquica. Na véspera das eleições, neste dia que dizem de reflexão talvez fosse bom pensarmos se queremos continuar a dar cobertura ao crime e à corrupção, se queremos continuar a ver esta gente a gerir os dinheiros da nossa terra. Também aqueles que, com electrodomésticos, chouriços, canetas, bicicletas e outras bugigangas nos tentam “comprar” o voto, tratando as populações como gente parva, não o deviam receber nunca. Tanto gritamos contra o populismo e contra a corrupção dos nossos políticos mas, no dia em que podíamos correr com eles, voltamos a elege-los. Rua com esta cambada e já amanhã na hora do voto.

isaltino morais candidato procurado

Desculpem lá repetir este boneco, mas Oeiras é o meu concelho

09
Out
09

O novo Marquês e o seu leão Sousa Cintra

santana lopes sousa cintra marques de pombal

O Leão Sousa Cintra afirmou que o Santana Lopes foi o melhor Presidente da Câmara de Lisboa depois do Marquês de Pombal. Só me faltava mesmo ouvir esta.


09
Out
09

Ao menino e ao borracho põe-lhe o Carvalho da Silva a mão por baixo.

carvalho da silva antonio costa ruben de carvalho santo antonio

Carvalho da Silva acabou de tomar um café na Brasileira do Chiado com António Costa, tendo declarado que “é preciso para Lisboa e para os lisboetas que António Costa ganhe as eleições“.

Será que só disse isto porque o Costa lhe pagou a bica?

05
Out
09

Biba o FêCêPê

Elisa ferreira josé socrates fecepe

Parece que a Elisa Ferreira andou pelo Estádio da Antas com o Pinto da Costa, inimigo do Rui Rio, na esperança que o “Fê.Cê.Pê” ainda seja uma nação, prometendo-lhe reabrir as varandas da Câmara Municipal aos festejos das conquistas do clube. Quer-me parecer que nem com o apoio do “Dragão” e da ajuda que o Sócrates lá foi dar, ela vai evitar uma goleada no dia das eleições.

04
Out
09

Já à venda num Municipio perto de si

Isaltino Morais gangster revista




Indignados Lisboa
Abril 2021
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Blog Stats

  • 720.497 hits


<span>%d</span> bloggers like this: