Archive for the 'Combustiveis' Category

19
Ago
12

Um pecado original

O preço da gasolina e do gasóleo vai voltar a aumentar na próxima semana, entre dois a três cêntimos, com o diesel muito próximo da barreira dos 1,5 euros por litro, o que seria um novo recorde.Há semanas que a gasolineira e o gasóleo não param de aumentar como já tem acontecido tantas vezes. Como das outras vezes, quando se começar a falar muito disso na internet e as televisões começarem a fazer reportagens com os automobilistas nas bombas, vamos ter uma semana ou dias em que o combustível baixará um ou dois cêntimos para depois aumentar durante mais quatro ou cinco. O petróleo já esteve mais caro mas o preço dos combustiveis em Portugal continua a bater recordes.
Ainda me lembro quando qualquer aumento era considerado uma tragédia para a economia nacional e para as empresas. Agora, com o governo a ser um dos beneficiários por receber mais impostos com o aumento dos preços, com as gasolineiras a aumentarem os seus lucros, (a Galp aumentou os seus lucros nos primeiros seis meses do ano em 59%) ninguém põe um travão a isto.

19
Abr
12

Ir a espanha para libertar o gás.

O ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, está em Madrid para analisar com o ministro espanhol da Indústria, Energia e Turismo, o dossier da energia. O encontro com José Manuel Soria, marcado para as 17 horas, pretende, analisar «todo o dossier» relativo ao sector da energia. O Governo comprometeu-se a criar condições para o aumento da concorrência no sector do gás, com o objectivo de reduzir o preço, no dia em que de manhã o regulador propôs um aumento das tarifas de 6,9 por cento.

Ainda me lembro quando se falava do Mercado Ibérico da Electricidade e de como isso iria produzir concorrência e a baixa dos preços. Uma concorrência tão útil que o preço da electricidade aumenta exponencialmente. Ou a famosa concorrência na gasolina que não pára de subir. Agora é a vez do gás ser libertado nas mãos dos mercados pelo nosso Super-Álvaro.
Enquanto não se entender que existem bens essenciais, bens que não podem estar sujeito ao livre arbítrio, à ganancia e à avidez, que têm de servir as pessoas e não os mercados esta espiral de loucura só tende a aumentar. Perceber isto é perceber que o discurso do inevitável deixa de o ser para se tornar no discurso do assim não pode ser para a inevitabilidade passar a ser a busca de outras alternativas e a prática de outras soluções.

09
Abr
12

É só mamar na mangueira

A relação entre resultados e remuneração foi inexistente em 2011. Os administradores do PSI-20 receberam 12.8 milhões (o equivalente a 35 mil euros por dia). O mais bem pago foi Manuel Ferreira de Oliveira: o CEO da Galp Energia recebeu 1,6 milhões, mais 23% que em 2010.

Hoje os preços da gasolina nas bombas bateu um novo recorde com mais um aumento de preços. Para além dos problemas que isso causa ao orçamento de milhares de famílias e empresas é a economia que sofre numa altura em que já passa por uma grave recessão. São os mercados responde o governo lavando as mãos, mas os lucros das gasolineiras e de todos os que delas mamam não param de aumentar. Quando se cortam salários e subsídios a milhões outros aumentam os seus rendimentos em 23%. É a riqueza de uns feita à custa da miséria de outros.

03
Abr
12

Pare-se o país, bloqueio total

Preço da gasolina bate novo recorde fazendo com que Portugal tenha os mais elevados preços dos combustíveis antes e depois dos impostos, de acordo com um relatório da Comissão Europeia.

Quando na semana passada, após semanas e semanas de aumentos constantes dos combustiveis e perante o som dos protestos que se começavam a ouvir, como normalmente acontece anunciaram a queda de um cêntimo no preço. Sol de pouca dura e na semana seguinte já os aumentaram em mais dois cêntimos para compensar. O petróleo nos mercados internacionais sobe umas vezes e baixa outras mas por cá é sempre a subir como também não param de subir os lucros das gasolineiras.  Ainda me lembro desta cambada que está agora no governo criticar o governo do Sócrates por os preços da gasolina estarem em valores incomportáveis para a a economia portuguesa, questionar a entidade reguladora sobre os lobies das gasolineiras e apregoar um abaixamento dos impostos sobre os combustiveis como forma de minorar o problema. Agora, depois de mais aumentos nos impostos, desculpam-se com os mercados e nada fazem. Mas, se em nome da Troika e da Europa a economia parece não ser uma prioridade e o super-Ministro da pasta parece já não ter pasta nenhuma, o governo prefere arrecadar mais uns milhões em impostos. Ganham as gasolineiras, ganha o Ministro das finanças, ganham os especuladores financeiros, pagamos nós.

28
Fev
11

120 quilometros hora e 5% depois

O Zapatero em Espanha reduziu a velocidade máxima nas autoestradas para 110 km por hora e reduziu o preço dos bilhetes de comboio em 5% para incentivar o seu uso e poupar combustível numa altura em que o petróleo já chegou aos 120 dólares. Embora duvide da utilidade desta redução de velocidade, imagino que por cá o governo já pensa em reduzir  para 100 quilometras, (gostamos de fazer sempre mais que os outros), mas os bilhetes de comboio aumentarão mais 5%  para compensar o aumento da gasolina. .

13
Fev
11

Gasolina barata? Toma!

A Galp Energia divulgou, que em 2010, o lucro ajustado da petrolífera nacional disparou 43% para 306 milhões de euros, mas o lucro real aumentou para 441 milhões. O primeiro é influenciado pelas cotações do petróleo e o segundo valor resulta das normas contabilísticas, uma vez que é sobre ele que a Galp paga impostos.

Mesmo sem entender muito bem o que isto quer dizer, há uma coisa que entendo, é que a Galp aumentou os lucros em 43%  e o preço dos combustíveis não param de subir. Manuel Sebastião, presidente da Autoridade da Concorrência, deu uma entrevista em que mais uma vez nos vem dizer que não encontra nada de estranho no preço da gasolina e dá uma explicação tão complicada que chega a passar por Roterdão. A entidade pode ser reguladora, mas nós é que acabamos a não regular bem se tentamos entender como os combustíveis estão hoje muito mais caros com o preço do barril de petróleo a 100 dólares que há uma ano quando estava a 150.  Nós é que não entendemos como é melhor para os portugueses esta suposta concorrência entre petrolíferas, que só tem feito subir o preço, que haver uma Galp do estado onde os fabulosos lucros pudessem ser utilizados para baixar os preços. Eu pelo menos não entendo.

10
Jan
09

Já cheira mal na Europa

A Bufa

A Bufa

Muito gostam os Europeus de se gabar da sua grandeza, da sua história, do seu poder, mas no fim acabamos sempre por a ver vergar-se aos interesses económicos americanos e a depender das matérias primas de todos os outros para sobreviver. A Rússia, aproveitando a sua guerra do gás com a Ucrânia, acaba de o demonstrar claramente. A Europa sem o gás russo, gela, morre de frio. É por isso, por não ter matérias-primas para sustentar o seu modo de vida, (mas também por uma hipocrisia natural que lhe está no sangue), que esta Europa cala as criticas à falta de direitos humanos em muitos países deste mundo.
Em nome dos seus cidadãos não estaria na altura de a Europa pensar em mudar de vida? Será que não vê que esta globalização só lhe virá a diminuir a sua riqueza? É que estes líderes Europeus parece que ainda não sabem que, quanto mais se baixam mais se lhes vêm as cuecas (que ainda por cima não estão lá muito limpas com a merda que têm feito).

04
Jan
09

Pão – Uma iguaria só para alguns

Coitados

Coitados

«De acordo com o sector da panificação, o aumento do pão “nunca poderá ser inferior a 5 por cento“, valor bem acima da inflação. Carlos Alberto dos Santos, presidente da Associação de Comércio e Indústria da Panificação (ACIP), justificou à agência Lusa a subida com as despesas dos panificadores com os combustíveis e a energia.»

Eles dizem, dizem que a inflação vai ser só de 2,5%, que existe até o perigo de haver uma deflação, ou seja uma inflação negativa. Os preços vão ficar mais baratos. Não os impostos, mas os preços e tudo devido à crise. Se eu acreditasse neles e nos valores e na forma como medem a inflação, até dava vivas à crise. O que é que vai baixar? O caviar? Os carros de luxo ou os apartamentos do Belmiro em Tróia? É que naquilo que nos dói mais, naquilo que nem os reformados ou os mais pobres podem prescindir, a energia, a luz que nos ilumina e o calor que nos aquece vai subir 5%, o dobro da inflação prevista e também dos nossos aumentos, assim como no pão (da importância deste para os que menos têm nem vale a pena dizer nada).
Porque sobe o pão?
Lembro-me de no ano passado, quando no auge da crise especulativa, a gasolina chegou quase aos 150 dólares e os cereais bateram todos os recordes, a Industria de Panificação (ditos padeiros), vieram chorar baba e ranho que tinham de subir o preço do pão. Era incomportável. Resignados, pagámos e calámos o enorme aumento de então. Agora que os cereais baixaram 40% e os combustíveis ainda mais do que isso, em vez de proporem uma descida ainda o aumentam bem acima da inflação. Não há autoridade para verificar o que se passa? Ou será que como no caso da gasolineira ainda nos virão dizer que vão fazer um estudo para no fim usarem os dados fornecidos pela própria indústria para justificarem o aumento?

12
Out
08

A verdade da relatividade da mentira absoluta

Merry Go Round

Merry Go Round

O Banco Central Europeu resolveu baixar em 0,5% a taxa de juros, o que o Engenheiro disse ser mais “uma boa notícia para Portugal e para os Portugueses”. Uma boa noticia que acabou por ser mais uma ilusão do capitalismo, já que todos aqueles que pensavam com isso ver baixar a taxa do Euribor e com isso as suas prestações, mas não, viram-ma subir. A justificação agora é a de que “a subida das taxas Euribor deve-se sobretudo à falta de confiança no sistema financeiro e não do facto da taxa de juro de referência do Banco Central Europeu (BCE) estar elevada”. Aquilo que ontem justificava todas as subidas hoje já não é verdade porque justificaria a sua descida. O mesmo podemos dizer da gasolina, que justificavam com a subida do preço do petróleo, mas que quando este baixa, nunca desce devido ao preço da refinação. Escumalha, não passam de ladrões para quem as justificações que hoje são verdades, amanhã perdem todo o valor para inventarem uma nova que justifique o roubo a que impunemente se vão dedicando.

09
Out
08

O descanso do Ministro

Manuel Pinho

Manuel Pinho

«O presidente da Autoridade da Concorrência afirmou que o estudo aprofundado ao mercado de combustíveis só ficará concluído em Março do próximo ano. A AdC optou por fazer um estudo que englobasse os anos de 2007 e 2008 e há dados que só estão disponíveis no próximo ano. Manuel Sebastião explicou que só dentro de cinco meses o estudo poderá ser concluído devido ‘à vastidão de dados que para serem bem trabalhados precisam de tempo‘. Este relatório será feito utilizando os dados fornecidos pelas petrolíferas.»

Todos temos visto o preço do petróleo continuar a descer mas isso parece não fazer baixar os combustíveis em Portugal. Estranhamente, nesta queda do petróleo que de 150 dólares passou para menos de 90, bastou um intervalo de dois ou três dias em que subiu 4 Dólares para logo vermos a Galp subir os preços. A queda de mais de 60 dólares pouco se reflectiu na baixa do petróleo. (E no gás subiu, subiu mas desce, zero). Vem agora autoridade da Concorrência dizer que só nos vai apresentar o relatório só em Março de 2008, que tem de esperar pela entrega dos dados pelas petrolíferas, ou seja vamos estar mais meio ano à mercê de quem acreditamos terem estado a assaltar-nos nas bombas de gasolina. Meio ano de espera para depois recebermos um relatório feito com dados fornecidos pelas próprias petrolíferas e que quase posso aqui apostar que vai dizer que não foram encontradas nenhuma ilegalidade e que tudo isto é natural. Até pode ser, mas para quem sabe somar dois mais dois custa a entender como a subida do petróleo faz subir a gasolina muito e imediatamente, mas a sua queda quase não se note no preço a pagar. Bem pode descansar o Manuel Pinho que até Março já tem desculpa quando o chatearem com os preços da gasolina.

01
Out
08

A Manelinha do Gás

Menina do Gás

Menina do Gás

Só para levantar aqui uma questão sobre o preço dos combustiveis. Depois de meses a ver o preço do petroleo subir e imediatamente os preços na bomba de gasolina a acompanhar e, muitas vezes a ultrapassa-lo e só parando quando a comunicação social começou a fazer perguntas e a receber a indignação de todos nós. , vemos agora o contrário. Baixou o petroleo e os preços da gasolina só muito depois começaram a baixar lentamente e só quando a Comunicação social começou a questionar porque baixava o petroleo e não os preços do combustivel. Cairam logo os preços, mas se não me engano isso só aconteceu com a gasolina. E o gás, o da menina que anda com a bilha às costas, esse subiu com o petroleo e agora não desce? 22 Euros uma botija dessas que as meninas conseguem transportar? Será que só quando as televisões falarem disso é que o preço vai baixar?




Indignados Lisboa
Dezembro 2020
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Blog Stats

  • 718.195 hits


%d bloggers like this: