Archive for the 'Democracia' Category



21
Jun
13

Democracia fascisoide

nuno crato departamento de bandalhos

Depois de a JSD ter vindo  criticar veementemente não a classe docente, mas sim os sindicatos, deputados do PSD porem em causa o valor transferido do Estado para os sindicatos do sector da educação, o ministério da Educação está a descontar o dia completo de trabalho aos professores que fazem greve a apenas duas horas de reunião por dia.

Ultimamente tem-se visto por parte deste governo um ataque cerrado contra os sindicatos e sempre que uma greve é decretada contra os trabalhadores que a ela aderem. Normalmente porque prejudicam alguém atirando com as culpas para o lado dos sindicatos e nunca para quem cria as razões que justificam a greve. Aconteceu com os estivadores, com a Carris, o Metro, os comboios e agora com os professores. Primeiro culpam os sindicatos, depois os trabalhadores e tentam sempre voltar o resto da população contra quem defende os seus direitos. A velha estratégia do dividir para reinar. Mas, como cada vez mais cada um de nós tem mais razões para fazer greve perante o ataque imoral deste governo aos salários, direitos e ao Estado Social o Passos Coelho já veio dizer que o melhor é modificar a lei da greve, certamente para dificultar ainda mais as sua realização.
Agora, perante uma luta mais que justa dos professores não hesitam em recorrer à ilegalidade de descontar um dia inteiro de salário mesmo que os professores só façam duas horas de greve. Esta gente não presta e são tão zelosos a fazer cumprir leis e normas aos outros mas consideram que eles não estão obrigados a cumprir com o que está escrito. Nem a Constituição os demove e acusam quem exige o seu cumprimento de ser culpados da sua incompetência e desonestidade. O não pagamento dos subsidios de férias em Junho como resulta da resolução do Tribunal Constitucional é só mais um exemplo da longa lista de aldrabices desta gente. Uns bandalhos para não lhes chamar pior.

16
Jun
13

Que grande democrata

passos coelho o tal malandro

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, considerou que as greves significam que a democracia funciona, defendendo que os mecanismos democráticos “não devem criar excessivos níveis de incerteza ou prejudicar reputações”.

E se fosses à merda com a tua concepção de democracia. Democracia é verdade e respeito pela vontade dos cidadãos. Quem é mentiroso e prepotente não é democrata e merece ser corrido a pontapé. E este Coelho já vai tarde.

 

03
Jun
13

Mais uma aldrabice

antonio jose seguro jeronimo sousa joao semedo catarina martins venham a mim criancinhas

O líder do PS vai reunir com as chefias dos partidos representados na Assembleia da República na ‘demanda’ pelo consenso.

Como anda a ser tão mal tratada a palavra “consenso” na boca destes políticos. Consenso pressupões busca da melhor solução através do debate e não negociação de interesses partidários económicos ou pessoais. A actual forma de a politica ser exercida é uma fantochada,  uma corrente de enganos e favores. temos de exigir a mudança, a participação popular e a democracia verdadeira. Esta suposta convergência à esquerda é mais uma mentira, uma forma de tentarem dar alguma esperança, na esperança que isso crie a exigência e possibilidade de novas eleições. Depois ou governa o PS com uma maioria absoluta que já pede ou acaba coligado com o CDS a fazer mais do mesmo. E, isso até é natural já que as ideias do PS quanto ao pagamento da dívida, da renegociação, da subjugação à Europa e aos mercados estão bem mais próximas do CDS que dos partidos de esquerda. Mais uma mentira e mais um engano para apanhar tolos. Vamos ser tolos outra vez?

31
Maio
13

Há umnovo líder no maior partido da oposição?

mario soares pacheco pereira antonio jose seguro soartacus

Lisboa – O ex-chefe de Estado Mário Soares declarou esta sexta-feira, na conferência «Libertar Portugal da austeridade» na Aula Magna de Lisboa, que não considera este Governo legítimo e que a austeridade está a levar Portugal para o «abismo».

«O Presidente da República tem feito tudo para proteger este Governo, que considera legítimo, mas não é verdade que o seja. Quando o povo, que é quem mais ordena, se manifesta praticamente todos os dias contra um Governo que elegeu com base em falsas promessas, que ignora a Constituição da República, não pode nem deve ser considerado legítimo», afirmou esta sexta-feira Mário Soares.
Mário Soares considera que Cavaco Silva «será o responsável pela perda de paciência e de pacifismo que temos tido até agora». O antigo Presidente da República adverte que, se a situação não mudar, o povo pode tornar-se «progressivamente mais violento». «Pense senhor Presidente da República nas responsabilidades que lhe serão assacadas», disse.
Segundo Mário Soares, Portugal está a passar por esta situação «porque o Governo é totalmente incompetente, está agarrado à ideologia neoliberal e à chamada austeridade, que destrói o Estado social, empobrece o povo”, numa conjuntura que regista já “mais um milhão de desempregados».
«As pessoas estão desesperadas, sofrendo os cortes sucessivos e anticonstitucionais. A austeridade imposta pela troika (Banco Central Europeu, Fundo Monetário Internacional e Comissão Europeia) está à vista de todos: leva-nos ao desastre se não mesmo ao abismo», sustentou.
Mário Soares apelou à acção dos portugueses contra «o medo, pela liberdade, pelo diálogo, pela conjugação de vontades», em nome de uma atitude patriótica.

Quando este, que tantas culpas tem em que tantos bandidos sejam hoje o que são e Portugal esteja no estado em que está, ainda acaba como o líder da oposição isso só mostra os estado a que chegámos. Está na hora de ir para as ruas, ocupá-las e exigir a dignidade que nos roubaram.

29
Maio
13

Mais um tiro no submarino

paulo portas pedro mota soares o segredo de portas o desprezivel

“Paulo Portas tem sido chantageado pelo governo por causa do processo dos submarinos e dos carros de combate Pandur. Quando, pela primeira vez, Portas admitiu que estava a ponderar se ficava ou não, o caso dos submarinos voltou à primeira linha. E isso obriga-o a continuar no governo. O medo é que manda na vinha…”, afirma Mário Soares numa entrevista publicada  no jornal i.

O Mário Soares que tantas vezes e tanto tempo esteve no poder, de quem tanto se falou por isto e por aquilo, deve saber daquilo que fala. Será para os ter na mão que a mão do poder, daquelas por detrás dos arbustos, os vai livrando da justiça e os inquéritos terminam todos em nada. Uma mão lava a outra e outras mãos lavam as duas. Se é a isto a que chamam democracia então está mesmo na hora e é mesmo necessário exigirmos uma outra democracia mais verdadeira e controlada por todos nós. Quanto aos submarinos e aos Panduros há muito que muita gente devia estar presa.

17
Maio
13

Apocalypse Now

vitor gaspar cavaco silva apocalipse now

 Ultimamente, por mais que eu queira variar acabo sempre com o Vitor Gaspar e o Cavaco Silva nos meus bonecos.  O Vitor porque é o Vitor, o tal da “Goldman Sucks”, o funcionário dos Mercados, das grandes corporações e está a fazer diligentemente o seu trabalho para os seus donos e por isso temos realmente que correr com ele rapidamente. O outro, o Aníbal, por se fazer passar por idiota mostrando, se assim for,  uma total desonestidade politica, uma hipocrisia, e um tal desrespeito pelos cidadãos que não merece perdão, ou então é realmente um idiota chapado e não deve ocupar o cargo de Presidente da Republica. Afinal o que isto mostra é que realmente considero urgente correr com este governo e com o Gaspar, mas não chega. Fica um Presidente que, quer seja ou se faça passar por idiota, perdeu, por indignidade, toda a capacidade de ser Presidente da Republica.  O mal não está por isso só no governo, está no próprio sistema que permite que isto aconteça. Temos de resolver o problema rapidamente removendo estes dois personagens do poder, mas temos também de mudar o sistema para que isto nunca, mas nunca mais se possa repetir.

24
Abr
13

Aqui está um filme que eu gostava de ver amanhã

passos coelho 25 Abril remake

11
Abr
13

Os nossos amigos alemães

Wolfgang Schäuble dr strangefriend

 

31
Mar
13

O Grande democrata

alberto joao jardim o apego ao poder

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Alberto João jardim afirmou que, “Tanto quanto eu conheço, ou julgo conhecer as pessoas que estão neste Governo da República, não acredito que se demitam por causa de qualquer decisão do Tribunal Constitucional”. “Penso que o actual Governo tem o mesmo apego ao poder que tinha o engenheiro Sócrates e a sua gente”.

Ora ai está um verdadeiro democrata a colocar o dedo na ferida. Não havia ninguém com mais moral e prática que o pudesse dizer sem nos fazer rir. Talvez o Salazar mas esse felizmente já enterrou as botas. Será que não têm vergonha na cara?

22
Mar
13

O consenso nacional…uma porra

passos coelho miguel macedo vitor gaspar miguel relvas governo consenso politico

Muito se fala na necessidade de haver um Consenso Nacional sobre um governo para aplicar as  politicas da Troika e da União Europeia. Perante o descrédito que este governo já atingiu e a não alternativa que o PS representa já muitos falam de um governo em que se unam todos os partidos do alterne. Teríamos assim uma espécie de unanimidade politica em que nem a integridade da constituição estaria salvaguardada. Chamar democracia a uma porra destas só pode ser uma brincadeira de mau gosto. Isto já não é um país e a soberania é uma palavra sem sentido quando somos governados por gente para quem o seu único objectivo é a obediência aos mercados e à gorda alemã.

Se desejam um governo PS/PSD/CDS ao menos tenham a coragem de levar essa ideia a eleições com os três partidos a concorrerem em coligação. Talvez viessem a ter uma surpresa. Está na hora de encontrar alternativas e exigir o fim desta farsa em onde dos partidos do chamado arco governamental se pode dizer sem errar que eles sim, são todos diferentes, todos iguais. Diferentes no nome, iguais na mentira, no desemprego e miséria a que nos condenam.

20
Mar
13

Quando a Rua lhes diz não

passos coelho a viagem do fdp

O que tem o poder de tão cativante que quem o tem parece que fica agarrado a ele e tudo faz para não o perder? Será só dinheiro ou haverá algo mais que vicia? É de tal forma que mesmo quando já viram que não os querem, que são odiados, que não podem sair à rua sem serem maltratados, lhes chamam os piores dos nomes e estando sujeitos a serem vitimas de algum cidadãos mais desesperado, não o largam por nada.

Eu, que não o quero e troco de boa vontade qualquer poder por paz de espírito e uma consciência tranquila, custa-me a entender. Mas se realmente para alguns é assim tão difícil abdicar do poder, a solução só pode passar por nunca o terem e assim não caírem em tal tentação. Democracia directa e sobretudo a possibilidade de revogação de qualquer cargo a qualquer momento por vontade cidadã.

 

18
Mar
13

O Seguro é um cómico

antonio jose seguro escada do poder

O secretário-geral do Partido Socialista, António José Seguro, defendeu hoje que “chegou a hora da mudança” para Portugal e apelou à mobilização dos portugueses em torno do projecto do PS. Só muda se os portugueses se juntarem todos em torno de uma alternativa” e “esse caminho só poderá ser liderado em Portugal pelo PS”

Eu sei que isto parece uma piada, mas é mesmo verdade. O Seguro diz que a alternativa é juntarmos-nos em torno do projecto do PS. Saltemos da frigideira para o lume. Se este governo do PSD é uma vergonha continuar com o alterne politico não resolverá nada. Por cá continuará a troika, a dívida, a austeridade, o desemprego e a pobreza. É necessária uma mudança radical nas premissas, um repensar nas politicas e nos objectivos. Este caminho já mostrou não ter saída a não ser a miséria. Os cidadãos são gente, não são números e merecemos todos que a nossa dignidade seja respeitada. Deixem de mentir e de fazer de nós todos parvos. Cada vez há mais gente a compreender que esta democracia de alterne ao serviço do grande capital já não nos representa e exigem uma democracia mais verdadeira e directa em que os escolhidos possam ser exonerados a qualquer momento se não cumprirem com o que prometeram, em que sejamos consultados sempre que qualquer decisão mais importante tenha de ser tomada e em que a justiça seja despolitizada com zero tolerância para a corrupção. Já chega de mentiras e de hipocrisia.

14
Mar
13

Mais uma reunião de Donos e dos seus Sabujos

passos coelho trela

Mais um Conselho Europeu para chefes de Estado e os seus  sabujos de estimação. Os Senhores da Europa vão-se reunir mais uma vez para decidirem a melhor forma de resolverem os seus problemas e dar as suas ordens a outros que também por lá andarão de língua de fora a beijar mãos e engraxar  sapatos. Se estamos à espera que dali saia alguma coisa que ajude a resolver os nossos problemas bem podemos perder já a esperança pois tudo o que podemos contar é com um Passos Coelho ainda mais obediente e submisso. Dali só virá mais austeridade, mais cortes e mais problemas. Talvez esteja na altura de se pensar se queremos realmente fazer parte de um clube como este que nos retira soberania, liberdade e democracia. A Grécia está como está e até já existem ordens de a calamidade social que por lá se vive não poder ser noticiada pelos órgãos de informação em toda a Europa. Nós estamos a correr para lá rapidamente.

14
Mar
13

(A)normalidade democrática do sistema

macario correia anormal

Quando comecei a fazer este boneco tinha lido a notícia que o Macário Correia, Presidente da Câmara de Faro, a quem o Tribunal Constitucional já por três vezes condenou à perda de mandato por actos quando era Presidente da Câmara de Tavira, voltaria a ser candidato. Fiz o boneco e quando fui procurar a notícia para escrever este texto, tudo tinha mudado e ele já não seria candidato. De volta à imagem para fazer as mudanças necessárias que se o boneco estava feito era para aproveitar. Na verdade há muito que lhe devia ter dedicado um post, afinal ele é a prova real de que as leis que temos existem para impedir que mesmo quem age ilicitamente não é apeado do seu cargo de poder. Há sempre mais um recurso, um procedimento, um truque ou um esquema para o garantir. O Isaltino de Morais, mesmo depois de condenado à prisão por corrupção lá continua sentado na cadeira de Presidente da Câmara de Oeiras e este Macário Correia na de Faro mesmo após a decisão do próprio Tribunal Constitucional.
Se esta é a normalidade nesta democracia então esta democracia está podre. É urgente reformá-la e transformar os eleitos em pessoas que só deverão executar as suas tarefas enquanto os cidadãos o desejarem podendo ser demitido em qualquer momento. Uma democracia em que sejam os cidadãos a ter o poder e a escolher. (Embora seja assustador saber que um ser que provavelmente já lambeu cinzeiros e nunca deve ter beijado uma mulher que fuma, foi eleito).

11
Mar
13

Disciplina de voto e democracia directa

passos coelho nuno montenegro grupo parlamentar psd disciplina voto

Peço desculpa por não colocar todos os nomes dos personagens, neste caso deputados do PSD, mas podiam ser de qualquer outro grupo paralamentar porque não os conheço e acredito que a grande maioria dos portugueses também não. Tirando uma dúzia mais mediáticos o resto são personagens pardas escolhidos pelas direcções e que representam interesses, ou de grande empresas de advogados ou de outros quaisquer interesses instalados. Raramente falam e vivem nas sombras do parlamento e as suas grandes tarefas partidárias são o baterem palmas sempre que fala alguém da sua cor política e terem o cuidado de perguntar ao seu líder de bancada se devem votar sim, não ou abster-se nas votações. Todos estão sujeitos a uma coisa a que chamam pomposamente “disciplina partidária” que mais não é que um limpar de consciências. Concorde ou não concorde, vá lixar ou não quem o elegeu, o partido manda e ele obedece porque sabe que só assim voltará a ser candidato ao seu cadeirão no hemiciclo em futuras eleições.
Quero eu ser representado por gente desta? A minha resposta é não e por isso acredito ser urgente lutarmos por uma democracia mais directa. Ideias há várias, umas dentro do próprio sistema instalado, outras com pequenas alterações legislativas e outras ainda que obrigariam a alterações constitucionais. O debate deste tema é importante  e exige a participação de todos. Existem vários grupos a trabalhar estas ideias separadamente e parece-me ser necessário que se juntam e as debatam com maior profundidade para se encontrar um caminho e uma estratégia. Esta parece-me ser uma alternativa a explorar e um trabalho a fazer já por cada um de nós e para isso todos devemos tentar informar-nos do trabalho já feito e procurar saber de como outros grupos, noutros países têm tentado avançar.




Indignados Lisboa
Julho 2020
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Blog Stats

  • 716.631 hits


%d blogueiros gostam disto: