Archive for the 'Ditadura' Category

11
Out
13

Um dia a coisa rebenta

passos coelho paulo portas maria luis albuquerque orcacento bum

Um dia a coisa rebenta e é assim, ou rebentamos nós porque esta gente nos mata de fome e de miséria ou rebentam eles quando os povos compreenderem que são sempre eles que têm o poder para mudar tudo ocupando as ruas e fazendo a revolução. Eu sei que quando se está numa ditadura há revolucionários e que quando vivemos no que chamam de democracia (embora fajuta, aldrabada e controlada) o poder gosta de apelidar de terroristas a quem não acata o seu poder de cabeça baixa, mas isso não os salvará. Isto vai ter de rebentar por qualquer lado e só espero que seja onde deve ser, pelo lado do poder corrupto, imoral e desumano. Enquanto aceitarmos que o poder governe em nome do dinheiro, do grande capital, dos mercados e nós sejamos meras ferramentas descartáveis para o lucro e para a criação desse vil metal nada mudará. Meus amigos, não serão os meus bonecos nem o que aqui escrevo que mudará nada. Não é o eu ir para a rua sempre com os mesmos que vai mudar nada. Não serei eu nem nenhum de vocês. Seremos todos e só quando formos todos algo poderá mudar, porque não somos terroristas e o que queremos é uma revolução para que se implante uma verdadeira democracia, em que, como o poder corrompe o distribuamos por todos, em que quem comande seja a voz de todos, em que os corruptos e os ladrões sejam responsabilizados, em que a fome e a miséria sejam erradicadas e as pessoas voltem a ser o objecto da politica que voltará a ser algo de nobre e digno porque praticada por todos com o objectivo de servir todos. O poder somos nós, só temos de o exercer.

09
Out
13

Em crise a lei é para cumprir só mais ou menos

durao barrosos Herman van Rompuy passos coelho caca TC

Depois do Durão Barroso vir avisar que se o Tribunal Constitucional chumbasse mais medidas do governo o “caldo estava entornado” foi a vez de um alto responsável do Eurogrupo afirmar que “É um Tribunal Constitucional activista comparado com qualquer outro Tribunal Constitucional que eu conheça” e que em momentos de crise é necessário mostrar mais flexibilidade. Começou por cá com as afirmações do Passos Coelho e agora já é a Europa a querer pressionar e a fazer chantagem sobre o país para obrigar a aceitar ir5 contra a sua lei fundamental. Se o nosso Presidente da Republica não fosse uma múmia a quem se esqueceram de avisar que tinha morrido, teria, de acordo com a sua função principal de defender o escrupuloso respeito e cumprimento da Constituição bem como a soberania do país, apresentado imediatamente um protesto por este abuso e pelo desrespeito pelas leis deste país. Aliás já deveria há muito ter posto o bandalho do Passos Coelho na ordem mas prefere manter-se no silêncio dos culpados. Um Zombie que não só não faz nem serve para nada como acaba a legitimar o desrespeito pela nossa lei fundamental e pelos direitos dos cidadãos. Agora é para permitir que nos roubem ainda mais mas um dia destes é para aprovarem leis que nos retirem o direito à indignação, à greve, à manifestação ou à liberdade de expressão. Afinal estamos em crise e com isso tudo parecem querer legitimar. Filhos-da puta.

01
Out
13

O segundo resgate

pires de lima sapato roto

“Não, não e não, no que depende das famílias e dos cidadãos, no que depende da economia e das suas empresas, no que depende do Governo de Portugal, e creio que de todas as instituições com responsabilidade em Portugal, não haverá segundo resgate para ninguém. O esforço dos portugueses não se pode afundar quando estamos com a praia à vista”, afirmou o ministro António Pires de Lima.

Eu podia esperar mais uns dias para colocar esta afirmação do Pires de Lima quando chegar a noticia do segundo resgate, sempre tinha mais piada. Na realidade se o governo não quer. as famílias não querem, a economia e as empresas pelos vistos não necessitam e todas as instituições dizem Não, não , não e que não haverá resgate para ninguém e porque não vai haver. Mas vai porque quem decide isso não somos nós, são os mercados, os especuladores, os grandes grupos financeiros, os que se estão nas tintas para se morremos todos de fome ou de doença. E são eles que decidem porque quem nos governa trabalha para eles, porque são lacaios dos seus interesses.

“A really efficient totalitarian state would be one in which the all-powerful executive of political bosses and their army of managers control a population of slaves who do not have to be coerced, because they love their servitude.”
― Aldous Huxley, Brave New World

Somos portante um eficiente estado totalitário e enquanto não o substituirmos por um verdadeiramente democrático e livre não temos escolha.   por isso que a vinda ou não do segundo resgate não está nas mãos deste governo, mas está nas nossas, nas de todos nós. Só temos de pesar os prós e os contras e escolher o nosso caminho.

04
Abr
13

O Portugal de ontem e de hoje

cavaco silva futebol fátima e fado

Ministro da Economia apresentou novo plano estratégico nacional do turismo, porque o anterior era «demasiado ambicioso e pouco realista» tendo o Turismo Religioso passado  constar como aposta estratégica.

Acrescentem-lhe uma PIDE e já não falta nada. Já temos Fátima, o Futebol nunca deixámos de ter e já conseguimos que o Fado seja património mundial. O governo diz-nos que é em Angola que está o futuro e manda avançar em força nos investimentos, a pobreza e a miséria aumentam de dia para dia assim como a emigração de quem procura um futuro. A solidariedade é substituída pela caridadezinha, os serviços sociais desvanecem-se e deterioram-se de dia para dia, cada vez mais pessoas perdem as casas e brevemente voltaremos a ver bairros de barracas a crescer em volta das maiores cidades. O poder esse está concentrado nos grandes grupos económicos e na banca que agora, como então está nas mãos de meia dúzia de famílias. Antes tínhamos um Presidente a quem chamávamos “Cabeça de Abóbora”, agora temos um Cavaco. Não é por ai que a diferença é muito grande. Como disse falta ainda a PIDE, mas vemos o estado a tornar-se de dia para dia mais policial, mais repressivo e mais violento, com a nossa privacidade a ser cada vez mais invadida e os serviços secretos a serem cada vez mais opacos.

O dia 25 de Abril de 1974 foi um dos dias em que vi este país mais feliz e cheio de esperança pelo fim de uma ditadura e pela conquista da esperança e da liberdade. Talvez esteja na altura de ter de ver outro

18
Fev
13

Tal pai …tal filho

passos coelho salazar

Um amigo enviou-me a imagem e deu-me a ideia para este boneco. Penso que diz e tudo e nem necessita de legenda.

20
Jan
13

O Rei Coelho

passos coelho rei coelho

Passos Coelho disse no debate quinzenal que “este governo só não concluirá o seu mandato se os partidos que apoiam o governo, ou o próprio governo, não quiserem”.

Este personagem saído dos quintus dos infernos deve pensar que é Deus ou coisa do género. pensa que por ganhar umas eleições dizendo mentiras e aldrabices isso lhe dá um poder absoluto para governar como quer e bem lhe apetece durante 4 anos. O programa eleitoral que foi a eleições nata tem a ver com a sua governação e em nenhum lado estava escrito que ia destruir o Estado Social. É claro que toda esta confiança vem da incapacidade de um Presidente da Republica sem qualidade ou qualquer moral para fazer qualquer coisa. Mas esquece que há mais variáveis no sistema, o aprofundar da crise vai transformar o desagrado popular em fúria e talvez ainda se venha a arrepender quando ela lhe bater à porta.
Há uma outra alternativa que já aqui defendi por mais de uma vez, o abandono da Assembleia da Republica dos deputados da esquerda para impedir a destruição do que ainda resta do país e do estado social, mas para isso era necessário que tivessem a coragem e mostrassem ser diferentes dos outros, não pactuando com o sistema. Será que estar sentados naquelas cadeiras é assim tão importante que aceitem ser cúmplices do que está para vir? Se saíssem algo teria de acontecer. Seria uma pedrada no charco e muito provavelmente o Presidente ver-se-ia forçado a fazer alguma coisa.

Todos dizem que os partidos são todos igual e que só querem poder e mordomias. Está na hora de mostrarem que assim não é e de oferecerem aos cidadãos uma nova esperança. Terão coragem e vontade para isso?

 

04
Dez
12

A Serpente Gaspar

vitor gaspar o ovo da serpente laranja

Hoje de manhã já ouvi alguém falar da necessidade de mudar a lei da greve para evitar abusos e outros a dizer que se os estivadores continuarem com a sua luta pode começar a haver despedimentos. A casca do ovo está a partir-se e o monstro da tirania já mostra a sua face. Agir já antes que seja tarde é essencial.

01
Dez
12

Até as paredes nos observavam

cavaco silva passos coelho quadros escola fascismo

Ontem quando escrevi aqui sobre a vontade do Passos Coelho em colocar propinas no secundário, destruindo aquilo a que hoje chamamos de Escola Pública, o boneco que tinha feito para acompanhar o texto era este que hoje estou a publicar. Embora represente a velha Escola do tempo do Estado Novo, em que em todas as paredes de sala de aula havia uma fotografia do Primeiro-ministro, outra do Presidente da Republica a ladearem um crucifixo, preferi fazer uma outra que então publiquei, mas como tanta gente parecia desconhecer a intenção dos gatunos que nos governam pareceu-me que era bom voltar a referir o assunto. Não podemos deixar que destruam tudo o que Abril conquistou. Comparar o Portugal do tempo do velho Botas com aquele que se construiu é algo quase impossível, tantas foram as coisas feitas. Saneamento básico e electividade em todo o país, um serviço Nacional de Saúde de que nos podíamos orgulhar, direitos no trabalho e direitos sociais bem como uma Escola pública para acabar com o analfabetismo reinante. Tudo esta gente está a destruir e o país que ganhou cor no dia 25 está de novo a ficar cinzento e triste. Está em cada um de nós a possibilidade de revertermos tudo isto e reconquistar o que nos estão a roubar.

PS: Não imaginam o prazer que foi enfrentar o continuo da escola que não queria deixar retirar os quadros da parede no dia 26 de Abril, só suplantado pelo retirá-los mesmo.

30
Nov
12

Estreia da Semana

05
Nov
12

Ditadura democrática

 

Manuela Ferreira Leite afirmou que a democracia dificulta a resolução de problemas complexos. “Aquilo que eu na altura disse (quando falou da suspensão da democracia por seis meses) e que, provavelmente, neste momento é actual, é que em situações de extrema complexidade em que para ultrapassar os problemas complexos não se vê outra solução do que enfrentar ou afrontar determinado tipo de corporações, determinado tipo de interesses, possivelmente isso não é muito possível, na prática, ser feito em democracia”, argumentou a antiga governante. Adiantou que a intervenção da ‘troika’ em Portugal põe em causa a soberania nacional e que o sistema democrático “nem sempre” consegue enfrentar elementos externos.

Eis um estranho novo modelo, a ditadura democrática.Enquanto uns, como eu defendem uma verdadeira democracia, mais directa e participativa para resolver os problemas do país, outros há que desejam vê-los resolvidos através da força e do fim, até desta falsa e incipiente, democracia. Se os bandalhos que nos governam são maus, os que por trás lhes desejam roubar o lugar não são melhores. Defender a nossa vida e a nossa subsistência é muito importante, derrotar os que desejam condenar-nos a isso em silêncio e em repressão é essencial. Cuidado com os cantos de sereia de alguns e com as certezas de outros. Só os cidadãos podem encontrar a solução pois só eles sentem na carne as consequências da violência a que são sujeitos. São eles que perdem empregos e salários, são eles que vêem os filhos a chorar com fome, os idosos a não fazerem tratamentos que necessitam por falta de dinheiro e o país a resvalar para um abismo sem fundo. Estes, os que nos governam e os que lhes querem ocupar o lugar nem imaginam as tragédias que se vivem por detrás de muitas janelas fechadas e de muita miséria envergonhada.

31
Out
12

Contra os Salazarentos, insultemos o Gaspar

O ministro de Estado e das Finanças considerou hoje “insultuosas” afirmações dos deputados João Galamba (PS) e Honório Novo (PCP) que o aproximaram ou da linguagem ou das teses ideológicas do regime do Estado Novo.

Obrigado Sr. Ministro por considerar que compara-lo a Salazar é insultuoso. Já lhe chamei ladrão, gatuno, incompetente, mentiroso, aldrabão e muitos outros nomes de mais forte vernáculo mas pelos vistos nunca consegui ser considerado insultuoso. Agora já sei como o insultar e o atingir e ainda por cima nem tenho de mentir ao abusar. És Salazarento. E, na actual situação em que vivemos nem fica mal esta comparação, porque se temos um Ministro das Finanças, Vitor Salazar, um Primeiro-ministro que se comapara bem com o Marcelo Caetano e um Presidente que em nada fica a dever ao velho cabeça de abóbora, o Américo Tomaz.  Com gente desta a ocupar os mais altos cargo do poder não admira que o país esteja como está e por isso parece que lá teremos de fazer um novo Abril só que no Outono.
Para o boneco escolhi um das mais famosas fotografias desse glorioso dia em que, como aconteceu umpouco por todo o lado, escolas, hospitais e serviços públicos as fotografias dos fascistas eram retiradas da parede e parece que está na hora de fazermos ficar vazias mais umas paredes. è que o 25 de Abril, sempre, mas também quando um homem quiser, e eu quero.

14
Set
12

Ditador e palhaço

11
Set
12

O bandido

Creio que todos sabemos que este Ministro das Finanças é um dos principais culpados por esta politica ultra-liberal que está a destruir o país e a vida de quem cá vive. Há depois o parvinho do Passos Coelho, que leu uns livros sobre o assunto quando era mais novo, e fez dessa ideologia uma profissão de fé mesmo nunca ter entendido bem o que leu. Destruir tudo que foi construído, todos os avanços civilizacionais alcançados em nome de um regresso ao quem pode manda, recusando o estado social e os direitos dos cidadãos é uma ideologia aplicada como uma inevitabilidade das necessidades do país. É mentira. há alternativas e há soluções. Esta gente mente, engana e procura que só pensemos dentro das palas que nos colocam através de uma comunicação social ao serviço dos grandes grupos económicos. Acordem, vão para as ruas, falem uns com os outros, debatam, troquem opiniões e procurem soluções. Elas existem, só temos de as encontrar e só as poderemos encontrar todos juntos. Indignem-se e juntem-se.

30
Ago
12

Troika nossa que estás em Lisboa

De acordo com Marcelo Rebelo de Sousa, esta quinta avaliação pode ser uma de duas situações (mais austeridade ou mais tempo) e falou de formas “imaginativas”. A imaginação humana, quer a portuguesa, quer a europeia é ilimitada”, sublinhou. “Se eu fosse ao Governo não pedia coisa nenhuma, dá sempre péssima impressão, estar a pedinchar é a pior coisa que se pode fazer para conseguir alguma coisa. Deixar à ‘troika’ que é constituída por gente inteligente, o perceber o que é preciso fazer se for preciso fazer”, disse.

Concordo quando diz que não devíamos pedir mais tempo ou mais dinheiro, devíamos simplesmente informar a troika das nossas decisões e da forma que estaríamos dispostos a pagar o empréstimo. Todos sabemos que, aproveitando as dificuldades que estamos a passar, muitas delas criadas,  incentivadas e impostas por eles, estamos a ser vítimas de um assalto colossal dos Mercados e dos Senhores do Mundo dispostos a sangrar o país até ao fim. Todos sabemos que esta gente se está nas tintas para os Portugueses, assim como para os Gregos, Espanhóis ou outro qualquer que consigam abocanhar pelo que a solução não é a resignação mas sim mostrar que não nos subjugamos à sua ditadura financeira. Somos um país e um povo soberano e não podemos aceitar que três Zé Ninguém aqui desembarquem e decidam o nosso futuro. Não aceitamos negociar com moços de recados e só nos sentaremos à mesa em igualdade de direitos e de soberania. Juntos, Portugueses, Gregos, Espanhóis, Italianos, e todos os que se desejarem juntar para combater e ditadura dos mercados encontraremos certamente melhores soluções que aquela que esta escumalha nos oferece. Quanto ao Professor martelo pode muito bem ir fazer crónicas para um qualquer televisão alemã ou participar nas Universidades da Juventude Merkleniana que nós agradecemos.

21
Ago
12

O Punk Gay Russo

O Tribunal Supremo de Moscovo não volta atrás. A celebração do orgulho gay na capital russa está proibida nos próximos 100 anos, repetiu o tribunal municipal nesta sexta-feira, após o recurso interposto pelo defensor dos direitos dos homossexuais, Nikolai Alexeyev.

Na Rússia quem se manifeste contra o Putin, (filho da Putina), pode ter quase a certeza que acaba preso, com a cabeça partida ou as duas coisas. Quem lhe seja oposição não está livre de desaparecer ou aparecer assassinado. É assim que funciona este regime a quem também dão o nome de democracia (tem as costas muito largas a democracia).
Chegam agora mais duas noticias do país dos Czares, a condenação à prisão do grupo Punk anti-Putin “Pussy Riots” por terem cantado numa igreja e a proibição do Tribunal de Moscovo da celebração do orgulho gay durante os próximos 100 anos. Finalmente pode o Ocidente ficar feliz pois tem agora a Democracia e os direitos humanos porque tanto berraram na altura em que a Russia ainda era chamada de União Soviética.




Indignados Lisboa
Agosto 2020
S T Q Q S S D
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Blog Stats

  • 716.830 hits


%d bloggers like this: