Archive for the 'governo' Category

25
Out
13

O diabrete

paulo portas diaba reforma estado

Tinha sido anunciado que o Conselho de Ministro ia discutir na quinta-feira a famosa reforma do Estado que o Paulo Portas tinha ficado de fazer. Se a discutiram e aprovaram ou não é coisa que fiquei sem saber porque nada foi dito. O preferiram não deitar mais lenha na fogueira do descontentamento e adiaram a sua divulgação, ou o Paulo Portas não fez o trabalho de casa ou simplesmente não sabem o que fazer. Agora que era importante correr com esta canalha antes que destruam o pouco que ainda sobra disso não tenho dúvidas.

23
Out
13

Burros e mentirosos

pires lima mete o sobretudo

O ministro da Economia, António Pires de Lima, garantiu nesta segunda-feira em entrevista à Reuters que o Governo quer negociar um programa cautelar com Bruxelas e que o executivo conta começar as negociações deste programa nos primeiros meses de 2014. (Lusa e PÚBLICO 21/10/201)

O ministro da Economia afirmou nesta terça-feira que o Governo não está a preparar um programa cautelar, garantindo que o executivo “está totalmente coeso e unido” para concluir o actual programa financeiro. “Não há nenhuma preparação nem eu tenho autoridade [para isso] porque não é o Ministério da Economia [que trata]. Não está a ser preparado”, acrescentou. (Lusa e PÚBLICO 22/10/2013).

 

Esta gente parece acreditar que o que dizem lá por fora não é ouvido em Portugal e consequentemente que o que dizem cá não é ouvido lá por fora. Que a sua credibilidade não vale um chavo já nós sabemos, agora o que pensarão nesta Europa e neste mundo os que o ouvem dizer uma coisa e no dia seguinte o seu oposto? Esta gente nem trafulha sabe ser e mente com todos os dentes e ainda espera que acreditemos neles. Quanto tempo mais vamos ter de aturar gente destas? Já todos sabemos que mais dia menos dia estaremos a assinar mais um memorando ou programa cautelar ou o que lhe quiserem chamar que nos vai obrigar a mais austeridade, mais sacrifícios e mais pobreza. Já todos sabemos que os mercados e os ladrões internacionais do grande capital não vão largar o osso enquanto houver uma empresa pública, um direito ou um euro que possam vira cá saquear. Só é pena que nem todos saibamos ainda que a única solução que nos resta é correr com esta cambada e cortar com este sistema que nos escraviza em nome do lucro especulador. Pena é que permitamos que esta gente nos continue a roubar impunemente.

 

14
Out
13

Conselho de Ministro extraordinário …mas muito ordinário

passos coelho paulo portas rui machete maria luis albuquerque paulo macedo assuncao cristas pedro mota soares conselho ministros

11
Out
13

Um dia a coisa rebenta

passos coelho paulo portas maria luis albuquerque orcacento bum

Um dia a coisa rebenta e é assim, ou rebentamos nós porque esta gente nos mata de fome e de miséria ou rebentam eles quando os povos compreenderem que são sempre eles que têm o poder para mudar tudo ocupando as ruas e fazendo a revolução. Eu sei que quando se está numa ditadura há revolucionários e que quando vivemos no que chamam de democracia (embora fajuta, aldrabada e controlada) o poder gosta de apelidar de terroristas a quem não acata o seu poder de cabeça baixa, mas isso não os salvará. Isto vai ter de rebentar por qualquer lado e só espero que seja onde deve ser, pelo lado do poder corrupto, imoral e desumano. Enquanto aceitarmos que o poder governe em nome do dinheiro, do grande capital, dos mercados e nós sejamos meras ferramentas descartáveis para o lucro e para a criação desse vil metal nada mudará. Meus amigos, não serão os meus bonecos nem o que aqui escrevo que mudará nada. Não é o eu ir para a rua sempre com os mesmos que vai mudar nada. Não serei eu nem nenhum de vocês. Seremos todos e só quando formos todos algo poderá mudar, porque não somos terroristas e o que queremos é uma revolução para que se implante uma verdadeira democracia, em que, como o poder corrompe o distribuamos por todos, em que quem comande seja a voz de todos, em que os corruptos e os ladrões sejam responsabilizados, em que a fome e a miséria sejam erradicadas e as pessoas voltem a ser o objecto da politica que voltará a ser algo de nobre e digno porque praticada por todos com o objectivo de servir todos. O poder somos nós, só temos de o exercer.

10
Out
13

Serenata orçamental

passos coelho tocador de alaude

Há dias em que ando à procura de uma imagem para fazer um boneco para falar de um determinado assunto e encontramos outra que nos chama e à qual não resistimos. Há vezes  em que a guardo para fazer no futuro outras faço logo, como foi o caso desta. Não serve muito bem o que ia falar mas temos de nos adaptar às circunstancias. Afinal o que eu queria fazer era um aviso para não gastarem já a contar com o subsidio de Natal porque até à data do seu pagamento ainda falta um mês e meio e, com orçamentos rectificativo a caminho, nunca se sabe. No meio das cantorias da entrevista de ontem, onde não ia para dizer nada daquilo que pretende fazer, fiquei ainda mais com a ideia de quem vem ai mais um temporal a juntar aos crimes já cometidos contra este país e quem cá vive. A função pública, reformados e direitos sociais já se sabe que vão ser cortados a direito falta agora saber que outras malfeitorias virão a caminho. Preparem-se para ir para a rua contestar, mas por favor não nos fiquemos por simples manifestações, que por maior que sejam, se não tiverem continuidade nada resolvem. Insisto na necessidade de debater alternativas, (um bom exemplo com o Debate do grupo “Democracia e Dívida” no dia 15, dia da entrega do orçamento em frente à Assembleia da Republica pelas 18 horas) mas sobretudo da necessidade da ocupação do espaço público. Manter-nos na rua o tempo que for necessário até esta escumalha ter de fugir. Exigir respeito pela dignidade deste país e deste povo, exigir o fim da fome e da miséria, a responsabilização de todos os que andaram a engordar à nossa custa com aldrabices, swaps, submarinos,  BPN’s e sei lá que mais. Foram muitos milhares de milhões que todos somados fariam com que não existisse nem crise nem dívida. Ou lutamos a sério e mostramos que não vamos aceitar menos que isto ou então não temos futuro que não passe pela pobreza e trabalho sem direitos. Pensem nisso quando ficarem em casa e não lutarem pelas vossas vidas. Afinal só depende de nós mudarmos ou não o nosso futuro e o dos nossos filhos.

09
Out
13

Rui Machete no Parlamento…para lamentar

rui machete comissao paralamentar

Vitima, competente, pronto umas frases infelizes e uns esquecimentos de quem afinal só tinha 0,01% da SLN e na entrevista em Angola só queria pedir desculpa pelas fugas de informação nos processos, isso sim um crime muito grave. Nem sequer foi necessário falar dos dinheiros em que era pago em Seguros de Saúde em offshores para fugir ao fisco para percebermos que o homem é de uma honestidade a toda a prova e que tudo o que fez foi a bem da nação e das boas relações. Ainda hesitei se deveria fazê-lo de anjinho mas resolvi que de palhaço ficava muito melhor e um boneco mais realista.

04
Out
13

Cidadão exemplar

rui machete gangster e cidadao

Rui Machete, à época presidente do Conselho Superior da SLN, terá sido pago nessa qualidade, recebendo por presença em cada reunião mais de mil euros, através de uma das principais sociedades offshore do grupo BPN, a Jared Finance.
O esquema montado pelo grupo de Oliveira Costa passava por transformar esse capital em seguros de vida, fugindo assim às Finanças. O dinheiro das apólices era depois levantado com direito a juros.
O actual ministro dos Negócios Estrangeiros e os outros membros do Conselho Superior foram, naquelas datas, pagos em espécie, através deste mecanismo constituído em seu nome na Real Vida Seguros, pertencente ao grupo.

Mentiroso quando disse que nunca tinha tido acções da SLN no Parlamento, trafulha e agora Ministro. Um percurso limpinho, limpinho, de quem nos exige sacrifícios e nos fala de moral. Um cidadão exemplar sem dúvida. E o pior é que este esquema não foi só utilizado no BPN, nas grandes empresas onde os grandes moralistas, os que nos falam da necessidade de pagar a dívida, de reduzir salários, de fazer sacrifícios, os pagamentos por debaixo da mesa são coisa comum. Bandalhos.  Morre tanta gente que faz falta.

23
Set
13

Ai o novo resgate

cavaco silva passos coelho paulo portas segundo resgate

E este é culpa de quem? É do Tribunal Constitucional que lhe corta as inconstitucionalidades, é o Paulinho que se demitiu irreversivelmente , é do Gaspar que não sabia trabalhar com o Excel, é da chuva que caia, do Sol que brilhava, dos Bombeiros que morriam, da oposição que se abstinha violentamente, dos trabalhadores que querem ter salário, dos velhos que não morrem, dos pobres que insistem em comer, da merda que teima em cheirar mal, dos desempregados porque não querem trabalhar, dos doentes porque adoecem, dos estudantes porque precisam de professores, só não é sua. A culpa afinal é de todos que não a têm e não é de ninguém que a tem. Puta-que-os pariu a todos.

22
Set
13

Uma familia de pinóquios

passos coelho maria luis albuquerque Rui machete mentirosos familia

Hoje resolvi fazer aqui um retrato de família. Família politica alaranjada , família governativa mas sobretudo familiares que comungam de uma mesma característica. São mentirosos. Mentem com todos os dentes e como todos os mentirosos são apanhados mais facilmente que qualquer coxo. Do Passos Coelho já sabemos que a sua palavra vale tanto como a bosta de qualquer cão. Quem disse o que disse na campanha eleitoral, e há registos vivos disso em diversos vídeos que correm pela net, e agora faz exactamente o contrário é não só mentiroso como também hipócrita, aldrabão e trafulha. No caso da Ministra das Finanças foram os Swaps que o demonstraram quando negou ter aprovado swaps que têm a sua assinatura. Para terminar o Rui Machete, que há uns anos afirmou numa carta escrita a uma comissão parlamentar, nunca ter possuído acções da SLN, a dona do BPN de triste memória e responsavel por muita da austeridade que sofremos,  e que  agora vem desculpar-se afirmando que não passou de uma “incorrecção factual”. Claro que podia acrescentar à lista, o Nuno Crato, o Paulo Portas e muitos outros. Grave é que não se trata de um miúdo que parte uma jarra lá em casa ou de alguém que dá uma bufa e diz que não foi ele. Estamos a falar de Ministro de um governo, gente com responsabilidades e que deveriam ser impolutos e um exemplo de seriedade num país que se respeitasse. Grave é que as suas mentiras representaram o desemprego, a fome e a miséria para milhões de cidadãos. Grave porque isso nos condena a sermos um país que regride na educação, na saúde e nos direitos sociais. Grave porque nos coloca nas mãos dos mercados e do grande capital. Grave porque transformou Portugal naquilo que ele é hoje.

19
Set
13

Os manequins da loja da Troika

maria luis albuquerque passos coelho antonio jose seguro swap shop

Agora que anda por ai a Troika e a campanha para as autárquicas obriga esta gente não se cala e todos os dias aparecem a falar mesmo quando nada têm para dizer. Na verdade tudo isto não passa de uma feira de vaidades e se uns não se importam de ser manequins dos mercados e dos senhores do grande capital, outros olham-mos com inveja e muita vontade de ocuparem os seus lugares. Lixamos-nos nós.

 

30
Ago
13

Lágrimas de crocodilo

passos coelho lagrima de crocodilo

Não, estas lágrimas que o Passos Coelho verte não são pela morte de mais um jovem bombeiro na luta desigual contra o fogo criminoso e a falta de prevenção nas nossas matas e florestas. Estas lágrimas são de crocodilo pelo chumbo do tribunal Constitucional à lei que permitia os despedimentos na função pública. São de crocodilo porque há que dramatizar e usar este chumbo para justificar os maus resultados que inevitavelmente virão à tona quando se fizerem as contas do descalabro destas politicas. São de crocodilo porque servirá de justificação para outras medidas ainda mais gravosas e duras para todos nós.

Já aqui o disse e repito. esta gente que nos governa não presta, não em termos técnicos que para ladrões são bons, mas em termos de dignidade e respeito pelos cidadãos que não sejam ou ricos ou amigos. Esta gente não se importa que a pobreza suba, que cada vez haja mais gente sem dinheiro para comer e que veja a esperança no futuro a desaparecer de dia para dia. Esta gente é má, mesquinha, mentirosa, hipócrita e uma cambada de filhos da puta.

 

26
Ago
13

Terminator…Estado Social

passos coelho terminator

Passos Coelho centrou parte do seu discurso na leitura dos dados da execução orçamental, divulgados na sexta-feira, para dizer que a despesa pública está a baixar. “Os dados vieram confirmar que continuamos a reduzir a despesa efectiva do Estado abaixo do fixado”, afirmou, garantindo: “O Estado tem de gastar menos e está a gastar menos”.

Claro que a despesa pública está a baixar. Se cortam na saúde, nas reformas, nos salários, nas prestações sociais, despedem funcionários, cortam no investimento a despesa tem de estar a baixar. O problema é que cortam no essencial para os cidadãos e não nos privilégios dos políticos, mas despesas desnecessárias, nas parcerias público privadas e nas negociatas e compadrios com os amigos. O problema é que mesmo gastando menos no que é essencial, também há menos gente a trabalhar, mais gente a necessitar de receber subsídios de desemprego, menos dividendos das empresas privatizadas que rendiam dinheiro ao Estado e a dívida pública não pára de subir estando já acima dos 131% do PIB. Quem os oiça até parece que vamos no caminho certo e já se vêm resultados, mas quem olhe sabe que tudo não passa de enganos para tentar salvar os resultados das autárquicas e mais cedo ou mais tarde a realidade imporá um novo resgate e mais austeridade, sacrifícios, fome e miséria. Mas, enquanto houver pedra sobre pedra no Estado Social não vão parar, nem de o destruir nem de apregoar as virtudes e necessidade disso.

25
Ago
13

Ingenuidade e inocência… uma porra

maria luis albuquerque a inocentezinha

Os papéis de trabalho que serviram de base a cinco dos oito relatórios de auditoria sobre os ‘swaps’ realizados no final de 2008 foram destruídos pela Inspeção-Geral de Finanças (IGF) depois de janeiro 2012, numa altura em que este dossiê já merecia atenção especial dentro do Ministério das Finanças.
O ministério de Maria Luís Albuquerque considera que a destruição respeitou o prazo legal, mas diz que vai apurar “com precisão” as datas da eliminação dos papéis, quem a autorizou e porque aconteceu numa altura em que o problema dos ‘swaps’ estava já identificado.
Quanto ao prazo, o Regulamento Arquivístico da IGF define 20 anos de conservação

Houve tempos em que isto seria considerado grave e rolariam cabeças. Agora tais práticas devem antes gerar promoções para quem tão diligentemente destrói as provas que podiam implicar gente que nos anda a roubar a todos nós. Já não há vergonha nem o mínimo de dignidade nesta gente e, mesmo sabendo que a justiça nunca chega aos que nos governos saqueiam o país, preferem não arriscar. Vivemos tempos tristes governados por gente sem escrúpulos ou moral e onde até continua como Ministra quem se comprova ter mentido no Parlamento. Até quando vamos aceitar isto

24
Ago
13

Que ardam no inferno

miguel macedo man on fire

Recentemente morreu mais um Soldado da paz que infelizmente são comandados por estes senhores da guerra. O ministro afirmou que os fogos são uma inevitabilidade, o mesmo que há uns tempos criticava outros ministros, só porque eram de outro partido, exactamente por não os evitarem e vai estar presente no funeral da Bombeira. Mas será que são assim tão inevitáveis? Porque não estão as matas limpas se a lei no obriga? Porque se escolheu o sistema de contratar aviões de combate a incêndios pagos à hora de trabalho? Porque se cortam nos meios oferecidos aos bombeiros? Mas mais importante ainda, neste caso como em outros, que garantia de subsistência é oferecida às famílias destes heróis que morrem a lutar contra fogos em situações terríveis.

Todos os anos o fogo consome milhares de hectares de floresta, todos os anos morrem bombeiros, todos os anos são identificadas as causas e prometidas soluções. O fogo posto é considerada uma das principais causas, mas não se evitam as causas que fazem com que o fogo se posto. Quando o fogo é um negócio é difícil entender que esse negócio não seja combatido e se prefira combater os males que causa. Mas, talvez aqui já estejamos a seguir o conselho do Pires de Lima e também aqui a função do Estado seja desamparar a loja. Talvez os Bombeiros que sofrem e morrem sejam danos colaterais que sejam perfeitamente justificáveis, se o negócio assim o exigir. A minha solidariedade e respeito por todos os que heroicamente combatem estes fogos e um enorme, ardam no inferno aos que os provocam ou não o impedem.

15
Ago
13

A festa dos vampiros

passos coelho paulo portas rui machete poiares maduro maria luis albuquerque paula teixeira da cruz cavaco silva pires lima festa vampiros

Sem tempo para escrever muito só quero dizer que a festa que vemos os governo fazer, com os cagagésimos que caiu o desemprego, ou subiram as exportações ou até do anémico crescimento cedo se vai tornar em pesadelo. Tudo isto não passa de uma encenação para eleitor autárquico ver e em Outubro a realidade voltará a ser o que era, triste, profunda e injusta. Os mercados por cá continuarão e o país a ser vendido aos bocados. Para os outros, todos nós, restará mais pobreza, mais miséria e mais dificuldades. Esta festa é uma festa de vampiros.




Indignados Lisboa
Julho 2020
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Blog Stats

  • 716.685 hits


%d bloggers like this: